10 coisas que você não sabia mas concordou via termos de serviço

Os termos de serviço, que se refere ao documento que você deveria ler antes de se inscrever para um site ou plataforma, é um documento de diretrizes legais, normas e permissões que poucas pessoas realmente se preocupam em ver.

Mas existem algumas coisas que você está concordando, escondidos dentro do documento, que podem mudar a maneira como você usa a web. Algumas permissões, como manter a informação pessoal, proteção de direitos autorais e impedir a representação, são bem conhecidas e relativamente inócua. Dessa forma, há uma chance de você já estar violando um termo de serviço, mesmo sem perceber.

Aqui estão 10 coisas que você provavelmente não sabia e concordou em nos termos de serviço de redes sociais.




Facebook

facebook_2015_logo_detail




1. Facebook tem permissão para usar suas fotos e vídeos para o que ele quiser.

Alguma vez você já quis ver a foto do por do sol incrível que você tirou ou um vídeo engraçado de seus gatos em um anúncio do Facebook? Não? Bem, que pena, porque quando você se inscreve para o Facebook, você dá a ele uma licença livre de royalties expansivo de usar qualquer coisa que você postar que poderia ser considerado propriedade intelectual.

Você ainda é dono de tudo seu conteúdo, mas o Facebook é permitido a usá-lo e dar a outras pessoas o direito de usá-lo também. A única maneira de revogar a licença é de excluir o conteúdo do Facebook.

Até parece absurdo, mas na realidade é muito comum entre os outras redes sociais. Twitter, Instagram e Google têm cláusulas semelhantes em seus termos.




2. Você não pode usar o Facebook se você for um criminoso sexual condenado.

Este é bastante simples. Se você tiver sido condenado por um crime sexual, você não tem permissão para se registrar para o Facebook.




3. Você é obrigado a manter suas informações de contato atualizadas.

Facebook exige que todos os usuários mantenham seus perfis atualizados com todas as alterações de informações de contato para que possa ter certeza que sua conta é mantida em segurança. Apesar dele não especificar um prazo para endereços de e-mail, os termos dizem que você precisa atualizar o celular dentro de 48 horas após mudança de número.




Twitter

logo_twitter_withbird_1000_allblue




4. Como você usa o Twitter, e como você chegou lá.

política de privacidade do Twitter permite à empresa rastrear “o seu endereço de IP, tipo de navegador, sistema operacional, a página web de referência, páginas visitadas, a localização, a sua operadora móvel, dispositivos e IDs de aplicações, termos de pesquisa e informações de cookies”. Google faz praticamente a mesma coisa.




5. Você não está autorizado a guardar um nome de usuário.

Você está planejando a criação de uma conta no Twitter para o seu filho usar quando ele for mais velho? De acordo com os termos de serviço do Twitter, isso não é permitido. O Twitter tipicamente exclui a maioria das contas dentro de seis a nove meses de inatividade, por isso é pouco provável que você consiga manter a conta.




Instagram

instagram-logo-old




6. Você não tem permissão para postar conteúdo sexualmente sugestivo.

Este pode parecer bobagem, mas não é só nudez que é proibido. A regra em si não é muito específica, mas seus termos definem regras supostamente inferiores à regras similares do Facebook e Twitter, que visam limitar conteúdo ofensivo.




7. Você não deveria enviar idéias para o Instagram, mas se a empresa realmente lê-las e gostar, poderá usá-las.

Nos termos do Instagram é definido uma política: “não aceitar ou considerar conteúdo, informações, idéias, sugestões ou outros que não sejam os que solicitaram especificamente.” Mas, há uma ressalva: Se, por algum motivo, a sua ideia brilhante chama a atenção de uma “olheiro”, então o Instagram pode usá-lo e não te dar um centavo.




LinkedIn

LinkedIn_Logo.svg




8. Você não pode adicionar qualquer pessoa que realmente não conheça.

Se você estiver familiarizado com a plataforma, você sabe que você precisa especificar como você conheceu alguém antes de convidá-la para se conectar no LinkedIn. Se você não pode dizer uma escola ou local de trabalho que trabalharam juntos, ou não tem um endereço de e-mail vinculado à conta dela, o LinkedIn não vai deixar você se conectar.

Mas provar que conhece essa conexão em potencial não é apenas um bloqueador de spam; ele também está escrito nos termos do LinkedIn. Dessa forma, muitas pessoas violam os termos, sem se importar. Networking as vezes é cruel, cara.




9. O seu perfil não pode promover serviços de acompanhantes ou prostituição - mesmo se onde você mora for legal.

Vamos dizer que você é o proprietário de um negócio lícito de acompanhantes, vamos dizer, de companheirismo íntimo. Não incomode a rede do LinkedIn, porque isso é contra as regras.




10. Você não tem permissão para mentir.

Diz-se que a honestidade é a melhor política. Pro LinkedIn, a honestidade é a política. Os termos de usuário da rede proíbe que os usuários adicionem informações imprecisas para seus perfis. Também, geralmente é mais fácil potenciais empregadores pegarem, então, em primeiro lugar, não vale a pena.

fonte: encontreinarede.com

  1. Elyane

    23 de julho de 2015 em 22:08

    Nunca leio estes termos de política das empresas, sempre marco que li e aceito só para acabar logo a instalação ou processo de inscrição, não tenho muita paciência qualquer dia desses vou acabar perdendo um rim num destes contratos. Como quase não uso estas redes sociais, por enquanto isso não vai me afetar. O Minilua também tinha isso na inscrição?Se sim, já era.kkk…

    • Lynn Rock

      24 de julho de 2015 em 14:47

      kkkk eu também nunca leio nada além da parte do “li e concordo”

  2. Dark

    23 de julho de 2015 em 20:43

    Faltou o Minilua nisso dai

    • Luciano Lobato

      23 de julho de 2015 em 22:09

      Os termos de serviço do minilua são mais limpos
      Aliás seus cadarços estão desamarrados :v

  3. Blue

    23 de julho de 2015 em 20:31

    Não ligo, se quer que essas grandes empresas não saibam dos seus segredos, saia da Internet, as pessoas postam de tudo em redes sociais, e as redes sociais usam sua informação sem seu consentimento, na verdade eles tem seu consentimento, você concordou com aquilo, estava escrito lá nos termos, depois as pessoas reclamam que são espionadas pelo governo.
    Sinceramente, eu não dou a mínima pro que esses filhos da mãe acham ou não de mim contanto que não me atrapalhem, se eu quisesse me esconder, eu me esconderia, meus segredos ficam entre mim e o governo secreto que manda em tudo por baixo dos panos.
    É ruim? é, assim eles tem controle de tudo, sem que você saiba que eles tem, faz diferença na sua vida comum? não, não tem motivo você se importar, a não ser que esteja fazendo algo que eles não gostam, mas nesse caso você não deveria estar na Internet comum.

  4. André Silva

    23 de julho de 2015 em 19:39

    Interessante, apesar de eu não usar nada disso.

  5. Noob Saibot

    23 de julho de 2015 em 19:38

    Essas redes sociais gringas não chegam aos pés do FLOGÃO!
    flogão era bom demais, saudades…

  6. Wagner

    23 de julho de 2015 em 19:37

    Só sabia da primeira. Não teria como eu saber sobre o Twitter e nem do Linkedin, já que não tenho nenhum dos dois.

  7. Junior Fodastico

    23 de julho de 2015 em 19:12

    legal

  8. sobrevivente do banco de dados

    23 de julho de 2015 em 18:53

    Que porra é essa? Pelo que eu vejo então, a maioria dos brasileiros não podem usar Facebook, twitter e instagram e eu nem sei o que é esse Linked.

10 Comentários
mais Posts
Topo