Minilua

11 coisas que você não sabe sobre gatos

Quem possui animais de companhia, sabe que tentar decifrar certas coisas curiosas que eles fazem de vez em quando é um desafio, afinal, o porque dessas coisas está geralmente ligado à uma explicação científica gerada por profissionais da área de etologia (ciência que estuda o comportamento dos animais).

Desse modo, o Minilua traz hoje algumas respostas para essas curiosidades possivelmente não sanadas.

1 – Eles podem sentir terremotos:

Bem, possivelmente. As almofadas dos pés de um gato são muito sensíveis, e alguns gatos se comportam de maneira estranha pouco antes de um terremoto ocorrer. Embora não seja uma teoria comprovada, alguns cientistas acreditam que os gatos podem detectar vibrações da terra através de suas almofadas de pé.

2 – Eles podem engolir e digerir comida sem precisar mastigá-la.

Isso é uma ótima notícia para esse gatinho na imagem acima. Lil Bub, como é conhecido na internet, nasceu com uma disfunção rara, que consiste na não existência do material necessário para a formação da dentição.

3 – Eles realmente são manipuladores

Os gatos podem adaptar seus sons vocais para demonstrarem o nível de suas necessidades. Se eles querem comida, eles podem fazer seus gritos soarem mais urgentes.

4 – Eles podem dormir!

Gatos preferem sonecas, porém, se eles estão relaxados o suficiente a ponto de entrar em um sono profundo, eles produzem os mesmos padrões de ondas cerebrais, que nós, humanos, fazemos quando sonhamos.

5 – Eles não podem entender punições como humanos fazem.

Não adianta você xingar gatos. Eles não dão a mínima pra isso. Eles devem ser elogiados e recompensados pelo comportamento desejado em vez disso.

6 – Nós apertamos as mãos, eles roçam narizes, às vezes.

Nariz com nariz, é um tipo de cumprimento entre gatos, e é muito incomum. Isso os coloca em uma posição vulnerável, devido a uma possível confusão no reconhecimento. Somente gatos que se conhecem bem sentem-se seguros o suficiente para fazer isso, isso os ajuda a confirmar o reconhecimento visual.

7 – Cientistas ainda não sabem exatamente de onde vem o ronronar.

Alguns acreditam que o ronrom se origina no sistema cardiovascular, em vez da garganta.

8 – Quando os gatos ronronam quer dizer que eles estão satisfeitos – geralmente.

No entanto, um ronronar profundo também pode indicar dor. Se você conhece bem seu gato, você vai ser capaz de notar a diferença em seu comportamento.

9 – Eles podem ronronar continuamente enquanto inalam e exalam o ar.

Começam a ter esse controle a partir de uma semana de vida.

10 – Gatinhos novinhos, ronronam em um tom.

Os mais velhos fazem de duas a três notas de ressonância.

11 – Eles diminuem o tom de seus miados para se comunicarem com seus donos.

Porém, eles usam um repertório enorme de outros sons para se comunicarem com outros gatos.