5 coisas malucas que você não sabia sobre a Coréia do Norte

1732836_orig

Tratando-se de um país com um regime extremamente fechado e com um líder autoritário que ocupa a posição de ditador, diversas vezes não é possível saber até que ponto as informações que circulam na mídia são realmente verídicas.

Entre os inúmeros e incansáveis rumores que dizem respeito a Coreia do Norte, já se ouviu falar que pessoas são executadas, da existência de lugares semelhantes a campos de concentração e que os líderes esbanjam dinheiro enquanto algumas pessoas passam fome e vivem em condições precárias.

Abaixo você confere uma lista com mais algumas curiosidades interessantes sobre o país asiático:




1 - A maconha é legal e não é nem classificada como droga

1

Não há tabu em torno de fumar maconha na Coreia do Norte. Muitos moradores conhecem a droga e a fumam regularmente. A utilização e distribuição de drogas pesadas como a metanfetamina cristal é condenada a pena de morte, mas a maconha não é vista como ilegal ou de forma alguma policiada. A erva nem sequer é considerada uma droga. Como resultado, é extremamente normal cavalheiros norte-coreanos darem algumas tragadas diárias. Para os fumantes da erva daninha, pelo menos, a Coreia do Norte pode ser apenas o paraíso depois de tudo.




2 - Seis soldados americanos fugiram para a Coréia do Norte em 1962 e viveram lá desde então

a98571_NK2

“Eu estava farto de minha infância, meu casamento, minha vida militar, tudo. Eu era um caso perdido. Há apenas um lugar para ir”, disse James Dresnok, o último desertor USA vivo na Coréia do Norte. Em agosto de 1962, ele entrou no campo minado e cruzou para o país asiático.

Logo após sua chegada, Dresnok conheceu Larry Allen Abshier, outro desertor americano. Eventualmente, houve quatro deles: Abshier, Jerry Parrish, Charles Robert Jenkins, e Dresnok. Os quatro homens viviam juntos e participaram de vários esforços de propaganda em nome do governo norte-coreano. Eles apareceram em capas de revistas e usaram alto-falantes para tentar persuadir mais soldados americanos na fronteira para que desertassem. No entanto, no início eles não queriam permanecer na Coreia do Norte por tempo indeterminado. Em 1966, tentaram deixar a o País, buscando refúgio na embaixada soviética em Pyongyang, mas foram imediatamente entregues a autoridades norte-coreanas pela embaixada. Depois, Dresnok decidiu estabelecer-se na Coreia do Norte e aceitar seu destino. Casou-se algumas vezes e está atualmente com a saúde debilitada.




 3 - A Coreia do Norte é o único país do mundo, atualmente, a ter  um navio capturado da Marinha dos Estados Unidos.

a98571_NK3

Em 23 de janeiro de 1968 em águas internacionais mais de 15 milhas da Coreia do Norte, o USS Pueblo, um navio de inteligência eletrônica, foi cercado por sub caçadores e torpedeiros, com jatos MiG gerais. Os marinheiros no Pueblo foram reunidos e colocados em campos de prisioneiros. A tripulação suportou fome e tortura durante quase um ano.

Eventualmente, o governo norte-coreano decidiu liberar todos os membros da tripulação. O Pueblo ainda é mantida pela Coreia do Norte e continua a ser o segundo navio mais antigo existente da Marinha dos EUA.




4 - Coreia do Norte é oficialmente NÃO Comunista

a98571_NK4

Em 2009, as referências ao comunismo foram retiradas da constituição do país, e “Juche” tornou-se a ideologia oficial do estado, substituindo o marxismo-leninismo, quando o país adotou uma nova constituição em 1972. Criada por Kim Il-sung, essa afirma que o povo coreano é o mestre do desenvolvimento do país, com ênfase na política econômica e defensiva e auto-sustentabilidade.




5 - Por 20 anos, o hotel mais alto do mundo foi uma pirâmide vazia de 105 andares em Pyongyang

a98571_NK10

Com 105 andares, o Ryugyong Hotel foi projetado para ser o hotel mais alto do mundo no final dos anos 80, mas a construção foi interrompida em 1992, pois o país entrou num período de crise econômica após a queda da União Soviética.

Jornais japoneses estimaram o custo do hotel em $750 milhões, o que representa 2% do PIB da Coréia do Norte. Por mais de uma década, o edifício inacabado permaneceu vago e sem janelas, luminárias, ou acessórios, aparecendo como uma concha de concreto maciço. No final de 1990, a Câmara de Comércio da União Europeia na Coréia inspecionou o prédio e concluiu que a estrutura era “irreparável”.

O que você achou? Diga-nos a sua opinião nos comentários!

  1. Joao Oliveira

    1 de agosto de 2015 em 14:27

    Vai morar lá, imbecil.

  2. Fabio Rodrigo Soares Machado

    31 de julho de 2015 em 21:16

    País pior que brazil não existe, até a Coréia do Norte é melhor…

  3. Marcelino Lucas

    21 de julho de 2015 em 13:08

    Só dizem da coreia do norte porque! Existe país democrático com problemas gravíssimo, pobreza, menopotismo, ditadores, corrupção no nível exorbitante, massacre, violação do direitos humano, elevado cusro de vida baixo salário enfim muita merda, nunca ninguém diz nada tenhe petróleo para oferecer, diamante, expatriado com bom salário, mas a correia pq ameaço guerra e diz ter bomba nuclear é o centro da atenções…

    • Erick Renan

      30 de julho de 2015 em 17:15

      E você acha que ameaçar uma guerra nuclear é pouca coisa? A diferença é que nos outros países pelo menos da pra sair e, na maioria, as pessoas podem criticar o governo.

  4. Diego

    20 de julho de 2015 em 10:37

    Cuidado, ele está te observando!

    [img]http://www.google.com.br/search?q=ditador+norte+coreano&biw=1366&bih=639&source=lnms&tbm=isch&sa=X&sqi=2&ved=0CAcQ_AUoAmoVChMIs_7A2unpxgIVAn2QCh0JDwZM#imgrc=BDaRITGW3A55jM%3A[/img]

  5. Li Syaoran

    19 de julho de 2015 em 15:06

    Recentemente houve eleições na Coréia do Norte para o Executivo. Para muitos cargos só havia um candidato disponível na cédula. O voto é obrigatório e a frequência foi de 99,7% dos eleitores, pois abster-se é considerado “traição” e é um crime passível de morte (com direito a fuzilamento).
    Kim Jong-Un possui aprovação de 100% dos votos. Por que será?

  6. Douglas

    19 de julho de 2015 em 02:14

    ”os líderes esbanjam dinheiro enquanto algumas pessoas passam fome e vivem em condições precárias” isso acontece em quase todo lugar.

    • Erick Renan

      30 de julho de 2015 em 17:12

      Então isso mostra que a única coisa que essa ideologia tem a oferecer de inovador é a falta de liberdade de expressão, imprensa e isolamento.

  7. Canal LF

    18 de julho de 2015 em 21:37

    Por isso o Jackie Chan fugiu pra Hollywood

  8. Atrelegis Valgard

    18 de julho de 2015 em 03:22

    kkkkkkkkkkkkkk que matéria mais tendenciosa, esse país é um lixo, conheço pessoas que já até tiveram a infelicidade de morar nele, e todas afirmam o povo vive com medo, é um país de merda mesmo…

  9. Miroouuww

    17 de julho de 2015 em 22:09

    Eh um país que quero passar longe ‘-‘

  10. chapolim do mal

    17 de julho de 2015 em 20:18

    Esse Juche é apenas um nome bonitinho para comunismo, é aquela velha lenda que o socialismo acaba e o comunismo assume em sequência com o desaparecimento do estado.

  11. Douglas

    17 de julho de 2015 em 18:43

    Pais estranho esses dias li tres noticias uma dizia que alguns membros do governo foram executados por assistirem novelas,outra que um chefe de um aquario foi executado pelas mortes de tartarugas mesmo ele nao sendo culpado e outa que o ditador mando executar um ministro porque ele dormiu durante um evento.

    • Yuki Nagato

      27 de julho de 2015 em 00:43

      esse lugar é bizarro mesmo, n dá pra negar. mas metade do que a mídia divulga de lá (especialmente noticia desse naipe) é sensacionalismo q se espalha

    • Miroouuww

      17 de julho de 2015 em 22:10

      Eh bem recorrente isso

15 Comentários
mais Posts
Topo