5 desaparecimentos inexplicáveis

Milhares de pessoas desaparecem todos os anos e grande parte delas são encontradas, vivas ou mortas, mas algumas desaparecem em condições tão misteriosas que fazem suas histórias serem lembradas para sempre:




Azaria, a saga da morte do bebê australiano

Placa na Austrália alertando sobre o perigo dos dingos

Na noite de 17 de agosto de 1980 Lindy Chamberlain e sua família acampavam perto da rocha de Ayers, nas savanas australianas. Lindy viu um dingo diante da porta aberta da barraca e balançando um objeto pequeno em sua boca. Quando foi checar o berço de sua filha, Azaria, havia apenas uma poça de sangue no chão. Exames iniciais indicavam que um dingo (uma espécie de cão selvagem) havia matado e levado o bebê, mas Lindy e seu marido acabaram sendo acusados e depois inocentados.

A investigação final sobre a morte de Azaria, em 1995, considerou o caso oficialmente não-resolvido. Em 2002 foi sugerido que talvez a irmã de Azaria, Reagan Chamberlain, na época com 4 anos pudesse ter assassinado o bebê. O corpo nunca foi encontrado. Hoje a mãe afirma que “Todas as respostas foram encontradas.” Mas será mesmo?




Virgil Wade Tackett, o menino que esqueceu quem era

Alasca

Em maio de 1986, Virgil Wade Tackett, de 17 anos, deixou a cidade de Hillsboro, Ohio para trabalhar no Alasca.

O jovem garoto conseguiu um emprego em uma fábrica de enlatados. Durante um fim de semana ele, outro garoto e um cachorro entraram em um bote de 14 pés e saíram para pescar. Segundo o outro garoto, Tackett o deixou e ao cachorro em uma ilhota e saiu com o bote. Como o amigo não voltou, o adolescente fez sinal para um barco que passava. A Guarda Costeira realizou extensas buscas, mas só encontraram o bote, encalhado em um banco de areia perto de Chichagof, com o motor ainda engatado. Tackett passou a ser visto ocasionalmente em vários locais e em todas às vezes parecia não se lembrar de quem era e o caso permanece sem solução até hoje.




Um desaparecimento fantástico em Stonehenge

Stonehenge
Era agosto de 1971 quando um grupo de “hippies” decidiu armar tendas no centro do círculo de pedras de Stonehenge para passar a noite. O acampamento foi abruptamente perturbado por volta das duas da madrugada por uma severa tempestade. Um fazendeiro e um policial que estavam nas redondezas viram as pedras do antigo monumento serem iluminadas por uma luz azul e escutaram gritos de socorro vindos do local, os dois rapidamente correram para ajudar mas para sua surpresa não encontraram ninguém, o acampamento estava vazio e todos os seus membros sumiram sem deixar rastros em um dos muitos eventos misteriosos envolvendo a planície de Stonehenge.




Percy Fawcett e a cidade Z

Percy Fawcett
Em 1925 o arqueólogo britânico Percy Fawcett, seu filho mais velho e Raleigh Rimell partiram para a Amazônia em busca da mítica cidade Z. Eles nunca mais voltaram. Surgiram inúmeras teorias envolvendo fome, doenças, condições do tempo, loucura, tribos canibais e até a suposição de que tivessem encontrado a tal cidade e por algum motivo ficado por lá. Em 1927 uma das placas de Fawcett foi encontrada por moradores locais e em 1933 uma bússola do mesmo tipo das usadas pelo arqueólogo também foi achada. Mais de 100 pessoas morreram em várias expedições realizadas para descobrir o destino final de Fawcett e seus companheiros, destino esse que provavelmente nunca será conhecido.




A vila perdida

Vila esquimó/inuit abandonada

Em novembro de 1930, um caçador chamado Joe Labelle caminhava em direção a uma comunidade de esquimós com cerca de 2000 habitantes perto do Lago Anjikuni, no norte do Canadá. Quando chegou ao local ele estava deserto,  mas a comida estava nos armários e os trenós  continuavam em seus lugares. Os corpos do cemitério também haviam desaparecido. Para tornar as coisas mais complicadas – ou não – a Polícia Montada do Canadá afirmou que nada havia acontecido e que Labelle havia mentido ou se enganado, uma vez que era normal as tribos abandonarem suas casas já que muitas eram seminômades. Um livro publicou mais tarde que 30 e não 2000 pessoas haviam desaparecido, mas a falta de provas desacreditou a história e assim o suposto desaparecimento da Vila Inuit continua sendo um mistério.

Aqui eu reuni os 5 desaparecimentos que considero mais bizarros, de um bebê morto cujo corpo nunca foi encontrado até uma aldeia de existência duvidosa, obviamente que outras histórias igualmente interessantes acabaram ficando de fora da lista, mas caso você conheça alguma boa história de sumiço, deixe o seu comentário para que possamos relata-la em uma próxima matéria.

Fonte: fernandowilliams

  1. Edinei M Mendes

    15 de dezembro de 2015 em 15:42

    As luzes do caso de Stonehenge a descrição é parecida com as luzes do caso do escoteiro desaparecido em 85 no Picos dos Marins

  2. Ophelia Soares

    21 de maio de 2014 em 15:53

    Nossa , ate que essas matérias dão um certo receio , eram boas até

    Stonehange hum que lugar estranho…

  3. Frodo, o frodedor de novinhas

    18 de abril de 2014 em 03:52

    Aliens

  4. Jonathan Henrique

    21 de setembro de 2013 em 17:52

    Outra historia inconsistente é a do desaparecimento supostamente inexplicável de um certo David Lang um lavrador do Tennessee de quem se diz sumiu da face da terra em 1880. A historia, repleta de nomes, datas e outros detalhes de aparências convincentes , começa com o juiz August Peck, amigo da família Lang, foi com um companheiro fazer uma visita à fazenda dos Lang perto de Gallatin, no Tennessee. A chegada da charrete, a senhora Lang e seus filhos George e Sarah saíram correndo da casa para receber as visita. Atrás deles, o juiz Peck avistou David Lang atravessando o campo. O lavrador acenou enquanto avançava para o grupo, a umas poucas centenas de metros de distancia.
    Segundo a historia, muitas vezes publicadas nos EUA, David Lang, sem qualquer aviso, e bem vista da família Lang, do juiz Peck e do amigo deste, simplesmente sumiu. Todas as cinco testemunhas correram para o lugar, pensando que Lang havia caído em algum buraco. Em vez disso encontraram terra lisa e endurecida pelo sol de verão. Quando a senhora Lang começou a soluçar histericamente o juiz Peck convocou uma busca pelo campo, cerca de 20 hectares. Até o anoitecer, não encontraram nada. A busca por ele durou mais de um ano. As autoridades chegaram ate a cavar o local onde ele foi visto por ultimo. Acharam apenas calcário solido.
    No ano seguinte, segundo a historia, os dois filhos de David e Sarah, que tinham então 12 anos notaram que a relva no local havia ficada escura e dura e o gado não queria pastar ali. Sarah subitamente ficou muito animada, acreditando ter sentido a presença do pai na área. Chamou-o aos gritos, mas não obteve resposta. Entao quando as crianças estavam se afastando, ouviram uma voz de homem pedindo socorro. Imediatamente as crianças trouxeram a mãe para o local. A senhora Lang também chamou pelo marido e ouviu uma voz fraca responder, como se viesse de muito longe. Os vizinhos não hesitaram em organizar uma nove busca, mas não acharam coisa alguma. Todos os dias Sarah e George voltavam ao local e chamavam pelo pai. A cada dia, seu grito de resposta se tornava mais longínquo. Passado algum tempo desapareceu completamente.

  5. Flavio Resende

    2 de setembro de 2011 em 20:30

    Mesmo comentando assim tanto tempo depois da publicação, sobre o caso da bebê Azaria e sua mãe Lindy Chamberlain, gostaria de fazer uma correção ao escrito, diz  da possibilidade de q Azaria tenha sido assassinada pela irmã, Reagan Chamberlain q havia na época quatro anos. Bem, a irmã nasceu enquanto a mãe estava presa, ou seja, depois do julgamento.

  6. Rafael Cardoso

    30 de abril de 2011 em 15:56

    Essa da Stonehange me deixou intrigado, pois o lugar jah eh cheio de mistérios e mais como mais esse

  7. Muller Lira

    31 de janeiro de 2011 em 23:43

    Aaah…. tá me dando um sono… vou lá no Stonehenge dormir… uqem sabe eu nao acorde em outro planeta? 😛

    • Rafaela Doniak

      30 de julho de 2013 em 15:14

      Sera ?? kkkk imagina que loko

    • Gabiel Zika !

      28 de fevereiro de 2011 em 12:39

      jah eh …. bora lah …. mas tem q chamar umas mina ….. kkkkkkkkkkkkkkk

  8. luisguilhermesm

    20 de janeiro de 2011 em 12:18

    pow ficou faltando a história de Croatoan.mas mesmo assim ficou muito bom

  9. Gabiihh Cristina

    6 de janeiro de 2011 em 17:21

    A primeira me deixou batendo os queixos (risos)As outras..  BOOQUIABERTA (mais risos)

    Amei, Parabéns!!

  10. Luiz fernando Maurina

    16 de dezembro de 2010 em 02:34

    Gosto muito desse tipo de histórias!

    Muito bom esse site.

  11. Gorgar

    6 de outubro de 2010 em 11:40

    Em primeiro lugar, parabéns por esse site. Passo horas e horas lendo suas matérias. Nota 1000!
    Você se esqueceu do vilarejo de Roanoke que também desapareceu (acho que na Carolina do Norte), há muito tempo atrás, deixando somente inscrito em uma árvore a palavra CROATOAN.
     

    • Nicolas Almeida Ferreira

      1 de outubro de 2013 em 11:12

      MEU DEUS DO CÉU, cara você me assustou agora…eu lembro de uma série de Minecraft que em uma árvore tava escrita essa palavra, onde diziam ter muitas pessoas desaparecidas

    • Edson Da Silva

      9 de setembro de 2011 em 11:04

      Verdade. A gente começa a ler 1 matéria e quando se percebe tá lendo há horas infinitos posts! É muito bom!

  12. Gilmar JunioR

    2 de agosto de 2010 em 09:43

    Cara essa historia de Stonehenge é muito louca, adoraria ver outras envolvendo esse lugar.

  13. Anônimo

    5 de maio de 2010 em 13:24

    eu gostaria de pedir para comentar o caso da Madeleine McCann e da emily rose a historia real

    • Rafaela Doniak

      30 de julho de 2013 em 15:13

      Eu também morro de curiosidades sobre esse caso.

  14. valdir ferreira

    4 de maio de 2010 em 22:32

    gostaria de pedir ao minilua(megacubo),para comentar o caso aqui no rio de janeiro sobre priscila belfor e a engenheira patricia que sumiu ma barra da tijuca.essas duas ate agora nao foram encontradas.a sim sem contar tambem as pessoas que sumiram no periodo da ditadura(DOPS),gostaria de ver essas materias citadas no minilua(megacubo)

    • Diego Martins

      4 de maio de 2010 em 23:16

      Opa, com certeza vamos fazer uma pesquisa e se o material for bom logo verá um post sobre o tema, obrigado pela dica. ^^

20 Comentários
mais Posts
Topo