7 mitos que você provavelmente acredita por causa dos filmes

Quando nós assistimos algum filme ou série, nos deparamos com uma série de circunstâncias que acreditamos serem verdadeiras, mas que na realidade não são. É comum que os roteiristas utilizem este tipo de situação para causar mais emoção ou para ajudar no enredo. Aqui estão 7 mitos que você provavelmente acredita por causa de Hollywood.




1 - Clorofórmio não deixa pessoas inconsciente como nos filmes

1Clorofrmio_thumb

É comum vermos histórias em que criminosos atacam sua vítima com aquele paninho encharcado de clorofórmio. Mas a verdade é que ele não funciona como no cinema. É preciso que a pessoa inale a substância por, pelo menos, 5 minutos para ela ficar inconsciente. Depois disso necessita-se administrar um fornecimento contínuo de clorofórmio para que a pessoa continue desacordada, e, se deixar de manter o queixo da pessoa apoiado, a língua da vítima pode bloquear a suas vias aéreas, sufocando-a.




2 - A polícia pode rastrear uma chamada imediatamente

audio_imagem

Nos filmes, toda vez que a polícia tem que rastrear uma ligação, eles precisam manter a pessoa na linha por um período. Mas, desde os anos setenta, quando as operadoras de telefonia pararam de usar os operadores e os quadros de distribuição e começaram a usar mecanismos de comutação eletrônica isto deixou de ser verdade. A mesma tecnologia que permite a sua identificação para reconhecer uma chamada também permite que a polícia localize esta chamada.

Nos celulares o processo é diferente, já que estes não estão vinculados a um local específico. Mesmo assim, a polícia pode acompanhar instantaneamente um telefone que tem um GPS ativado, ou até mesmo usar torres de celular para triangular a localização de um telefone sem GPS. Apesar do processo de triangulação não ser instantâneo, podendo levar até meia hora, o fato é que a chamada só precisa ser conectada por um segundo antes que triangulação comece.




3 - Tortura não funciona

a99328_3350973206_ea8887a947_b

Estudos recentes tem mostrado que torturar alguém não é o melhor método para se obter informações.

Imagine você sendo torturado para revelar uma informação que você não sabe ou que já revelou. O que você faria? Certamente inventaria alguma história que seu torturador quisesse ouvir só para que tudo acabe. Terroristas e criminosos pensam da mesma forma. Sendo assim, a tortura não só se revela ineficiente como também atrapalha a investigação com pistas falsas.

O que a CIA diz funcionar melhor que a tortura é você falar com alguém como ser humano e ser bom pra ele. Mas não veremos muito isso na ficção, já que a tortura rende mais bilheteria.




4 - Você nunca deve administrar uma droga diretamente para o coração de alguém

xihawsan00a7dj3qs59v

Os amantes de Tarantino devem se lembrar da clássica cena do Pulp Fiction em que Vincent Vega (John Travolta) injeta adrenalina diretamente no coração de Mia Wallace (Uma Thurman). Apesar da cena ter sido muito legal, provavelmente a personagem de Uma Thurman não teria sobrevivido

Injetar medicamento na corrente sanguínea de uma pessoa através de uma veia é um método muito eficaz de distribuição de uma droga, uma vez que o sangue circula através de todo o corpo em menos de um minuto. Aplicar diretamente no coração iria entregar a droga instantaneamente, mas também iria deixar a pessoa com um buraco no coração. O que poderia facilmente levá-la a sangrar até a morte, e há uma alta probabilidade de atingir o pulmão no processo, o que também pode ser fatal. Colocar uma agulha em uma veia pode não ser tão emocionante, mas é um método muito melhor de salvar a vida de alguém.




5 - A ciência forense não resolve crimes magicamente

CSI_S9_3L

Quem nunca assistiu CSI, NCIS ou Law & Order e pensou em se tornar um perito forense. É verdade que a perícia criminal é importante para desvendar um crime, mas ela não faz isso sozinha.

É comum na TV os peritos encontrarem na cena do crime um fio de cabelo, um pedaço de roupa, uma xícara usada, ou qualquer outra coisa que possa de identificar o criminoso. Só que na vida real uma cena de crime é repleta de DNA, não só do assassino, mas de qualquer pessoa que apenas tenha passado pelo local.

Mesmo que a polícia encontre uma amostra de DNA que com certeza pertença ao responsável pelo crime, eles ainda tem que encontrar um suspeito para combinar as amostras. No entanto, apenas 3% do DNA da população está nos bancos de dados do governo.

A investigação depende muito mais do trabalho braçal da polícia do que da ciência forense. Na maioria dos casos em que há provas forenses, esta é só um reforço para ajudar a provar a culpa de um suspeito.




6 - Você não precisa e NÃ DEVE esperar para declarar o desaparecimento de uma pessoa

a99328_3755101007_12dc7d6650_o

Na TV e em filmes, quando se vai reportar um desaparecimento, a informação que geralmente ouvimos é que é preciso esperar 24 horas. Mas, a única regra para declarar o desaparecimento de alguém, é que o declarante deve ser membro próximo da família, ou um responsável legal. Mas isso pode ser dispensável em alguns casos, especialmente em situações que envolvam crianças.

As primeiras 24 horas após um desaparecimento são na realidade as horas mais importantes, pois quanto mais tempo a pessoa está desaparecida menor é a probabilidade de encontrá-la.




7 - Silenciadores não são realmente silenciosos

a99328_5157240022_0ec3c282e3_z

Não há nenhum dispositivo que você acople a arma que oculte o som dela. Até mesmo os vendedores e portadores deste tipo de arma se referem a ela, não como silenciadores, mas como supressores de ruído. Esses dispositivos na realidade só servem para que diminuir o barulho do tiro, mas ele continua sendo suficientemente alto para ser identificado.

  1. VanDrak SubZero

    29 de maio de 2015 em 15:59

    “SILENCIADORES NÃO SÃO REALMENTE SILENCIOSOS”
    Sempre soube… Quando atiram com ele faz um barulho menor e mais curto, mas não deixa de fazer barulho u.u

  2. Celso Nagao

    25 de maio de 2015 em 05:53

    quanto ao silenciador, eu já vi gente atirando e realmente diminui muito o som, tornando o som mais parecido com algo batendo ou caindo do que com um tiro. Então creio que funciona sim.

  3. Renan Borges

    24 de maio de 2015 em 19:51

    É por isso que não assisto porra nenhuma! Ver filme ou ir ao cinema e também assistir TV. Enfim, é uma verdadeira e uma grande perda de tempo

  4. Akira Keito

    24 de maio de 2015 em 15:12

    Na verdade (pelo menos onde eu morro ) é necessário esperar 24h desde a ultima vez que a pessoa foi vista para a policia alegar desaparecimento e começar as buscas , pelo menos foi a informação que me foi passada pela policia de Campinas-SP em 2007 .

  5. Little Uchiha™

    23 de maio de 2015 em 20:16

    Em vários filmes dizem q s melhor tortura é privação de sono.
    Em criminal minds tem vezes tbm q os cara parecem mágicos, tipo o dr Farnsworth em Futurama no episódio do Da Vinci.

  6. Eddye Uchôa

    23 de maio de 2015 em 18:49

    a 3 nem importa tanto, jah q o torturado quase nunca fala nos filmes (“vai se fuder, eu tenho minha honra e blah blah blah”)

  7. André Silva

    23 de maio de 2015 em 01:26

    Acho que se eu estivesse sendo torturado eu admitiria qualquer coisa que eu não tivesse feito só pra pararem, diria que matei o Obama, que sou terrorista…

  8. Mestre Makarov

    22 de maio de 2015 em 23:26

    Também que nos Filmes os cara consegue fazer bomba com qualquer coisa …

  9. Mickael Fernandes

    22 de maio de 2015 em 21:58

    E o mais importante de todos
    [img]http://super.abril.com.br/imagem/homem-aranha-2002-filme.jpg[/img]
    Se você for picado por uma aranha, você não vai se tornar um herói

  10. Mutley

    22 de maio de 2015 em 21:30

    [img]http://cdn.minilua.org/wp-content/uploads/2015/05/CSI_S9_3L.jpg[/img]
    Putz , teve uma época que eu realmente sonhei em me tornar perito forense, essa série de CSI LA era a melhor entre as três , eu já sabia a algum tempo atrás que várias coisas dali não condiziam exatamente com a realidade , e confesso que eu fiquei um pouco decepcionando, porque eu sempre imaginei como era esse trabalho de verdade .

    • Mutley

      23 de maio de 2015 em 09:30

      *CSI LV

      • Patrick Sobreira

        23 de maio de 2015 em 15:25

        Acho que seu “A” está desconfigurado .-.

        • Mutley

          23 de maio de 2015 em 15:37

          É que eu me lembrei da sigla ”LA” de Los Angeles , e acabei digitando xD

    • chapolim do mal

      23 de maio de 2015 em 08:49

      Piada né, dizer que o LA é o melhor, disparadamente o melhor é o Miami, seguido pelo NY.

      • Mutley

        23 de maio de 2015 em 09:38

        Você só pode estar de sacanagem cara , se ta ligado que NY e Miami surgiram só por causa de CSI LV .

    • meu nome é um grande texto que não faz sentido e que faz apologia a drogas e sexo, mas nem todas as drogas, esse nome não faz apologia a droga que é o DC he-he-he, onde será? que eu posso chegar aqui no nome, pois é óbvio que em algum momento o esp

      22 de maio de 2015 em 22:28

      Realmente não condiz mesmo, duvido que na polícia tenha as gostosas que tem na série.

      • Elyane

        22 de maio de 2015 em 22:37

        Tudo que é bom dura pouco, não garanto que tenham lindas mulheres na área de perícia mas tem alguns gatinhos que trabalham na perícia da região onde moro.

    • Elyane

      22 de maio de 2015 em 21:57

      Também me decepcionei como você, eu achava que eles eram praticamente ‘deuses’, quando vi um documentário com a profissão, vi que é chata, que se trabalha muito, quase não obtêm bons resultados, tem péssimo equipamento de trabalho, não é nada parecido com o CSI da TV que alias é meu seriado favorito.

      • meu nome é um grande texto que não faz sentido e que faz apologia a drogas e sexo, mas nem todas as drogas, esse nome não faz apologia a droga que é o DC he-he-he, onde será? que eu posso chegar aqui no nome, pois é óbvio que em algum momento o esp

        22 de maio de 2015 em 22:27

        …e foi cancelado

        • Mutley

          22 de maio de 2015 em 22:42

          Já tava ruim depois da saída do Grissom …

          • Elyane

            22 de maio de 2015 em 23:00

            Mas mesmo assim poderiam ter segurado mais algumas temporadas renovando o elenco.

          • Mutley

            22 de maio de 2015 em 23:44

            Eu acho difícil , Grissom era tipo a essência do CSI.

          • Elyane

            23 de maio de 2015 em 19:25

            Realmente ele fazia a diferença, deixa tudo mais misterioso e intenso com suas soluções muitas vezes não tão convencionais.

          • Mutley

            23 de maio de 2015 em 19:46

            Não sei se você vai se lembrar , mas tem um episódio em que os CSI’s tem que depor num julgamento contra um réu que eles ajudaram a por na cadeia , só que tinha uma promotora chata pra kct que fazia perguntas comprometedoras da investigação , ela acabava pegando muitas brechas nas respostas , tipo eles levaram uma surra nos questionamentos , não conseguiam nem responder direito , ai chega o Grissom , quase surdo por causa de um problema de ouvido , sabendo disso um velho que era aliado da promotora viu que isso poderia ser uma vantagem , e cochichou pra ela falar bem baixinho na hora das perguntas , assim o Grissom não conseguiria entender nada , funcionou até um certo ponto, só que ele acabou sacando e fez um tipo de leitura labial das perguntas huahuahua, ai começou o show de argumentos , enquanto a promotora ficava perplexa com o que via , Grissom respondia as perguntas com argumentos arrasadores e acabando com promotora e deixando o velho que tinha ajudado , com uma cara de ” o que que aconteceu aqui ?”.

            Mas acho que só vendo pra você entender o quanto esse episódio foi foda.

          • Elyane

            23 de maio de 2015 em 19:58

            Eu me lembro bem deste episódio é bem dramático é com certezas um dos melhores episódios, com um desfecho surpreendente.

          • Mutley

            22 de maio de 2015 em 23:54

            Ele fazia o estilo ”cientista nerd que só se importa com o trabalho”.

  11. Elyane

    22 de maio de 2015 em 21:15

    A melhor forma de obter informações realmente não é com a tortura física, a troca de informações e a tortura psicológica aparentemente tem mais efeito, mas como estamos falando de filmes ficaria muito sem graça, se um cara virasse para outro e falasse “vou postar aquela foto de você com sua amante no face se não me der a informação”. Ficar cinco minutos segurando alguém só para ele apagar por alguns minutos, pega o vidro de clorofórmio e bate na cabeça da vítima deve ser mais eficaz…kkkk…(vale ressaltar que não estou incitando a violência, sou totalmente a favor de soluções amigáveis e atitudes pacíficas em qualquer situação).

  12. Kroco Mazo

    22 de maio de 2015 em 21:03

    A Mídia e o Governo faz a gente acreditar que a tortura é algo necessário.
    Que precisamos dela pra obter informações, para nos impor.
    Tortura é para o torturador. Ou o cara que manda no torturador.
    Se tortura pelo prazer, todo mundo deveria admitir isso. O procedimento é inútil para obter informações!
    As vezes, a gente tortura pelo torturado, mas só se ele estiver disposto a pagar.

  13. Miroslau

    22 de maio de 2015 em 20:43

    Acho que com a tortura certa eles contam tudo! Duvido que torturaram alguém ao extremo pra fazer essa pesquisa!!!

  14. Bru No

    22 de maio de 2015 em 20:24

    oddee.com agradece a tradução

  15. meu nome é um grande texto que não faz sentido e que faz apologia a drogas e sexo, mas nem todas as drogas, esse nome não faz apologia a droga que é o DC he-he-he, onde será? que eu posso chegar aqui no nome, pois é óbvio que em algum momento o esp

    22 de maio de 2015 em 20:23

    Se eu fosse torturar algum homem eu só daria um chute no saco, não como tem nos filmes que os caras usam lâminas, um chute nas bolas é bem mais prático.

    • Kroco Mazo

      22 de maio de 2015 em 21:05

      Segundo o texto, uma chupetinha é mais eficaz, mas eu prefiro dar um chute no saco.

      • meu nome é um grande texto que não faz sentido e que faz apologia a drogas e sexo, mas nem todas as drogas, esse nome não faz apologia a droga que é o DC he-he-he, onde será? que eu posso chegar aqui no nome, pois é óbvio que em algum momento o esp

        22 de maio de 2015 em 21:48

        Se eu levasse um chute nos saco eu dava até aquela coisa com duas letras e que tem um furinho no meio (o CD ^^).

    • Bru No

      22 de maio de 2015 em 20:27

      Há alguns problemas com essa tática. Você pode injuriar o indivíduo seriamente e inviabilizar a resposta. Além disso, esse método é tão inefetivo quanto a tortura normal, se não mais, pois depois de um tempo a dor provocará o desmaio, enquanto a dor de uma lâmina, uma batida de alicate, um arame quente na uretra (sério), ou a remoção de unhas não causará o desmaio, mas meramente uma dor excruciante.

      • meu nome é um grande texto que não faz sentido e que faz apologia a drogas e sexo, mas nem todas as drogas, esse nome não faz apologia a droga que é o DC he-he-he, onde será? que eu posso chegar aqui no nome, pois é óbvio que em algum momento o esp

        22 de maio de 2015 em 21:50

        seu comentário está bem embasado e escrito, por isso perde toda a credibilidade aqui no minilua.

      • Mutley

        22 de maio de 2015 em 21:11

        Se o torturador fosse tipo o Julius ,ele iria abrir a boca rapidinho …

        [img]http://i.ytimg.com/vi/GAlJySZo8Bw/hqdefault.jpg[/img]

36 Comentários
mais Posts
Topo