Minilua

Afinal, é possível nascer de uma virgem?

O Natal, que atualmente é um feriado muito mais capitalista do que religioso, representa o nascimento de Cristo (apesar dele não ter nascido nessa data, confira mais aqui). Mas o surgimento desse conhecido profeta foi diferente de todo o resto dos seres humanos, pois ele, supostamente, nasceu sem que seus pais fizessem sexo! E será que tal coisa é possível?

 

Partenogênese

A resposta para a pergunta no título desse post é: Sim, uma pessoa pode ter um filho sendo virgem… Mas, para que tal coisa aconteça, seria necessário uma inseminação artificial. Contudo, neste caso, vamos falar apenas de acontecimentos naturais.

O nascimento a partir de uma virgem desperta muita discussão, principalmente porque existe algo na natureza chamado partenogênese, que é uma espécie de nascimento sem sexo.

Esse fenômeno permite que um ser sozinho, nesse caso a mãe, consiga engravidar sem ter que transar com um macho. Isso ocorre em animais invertebrados (abelhas, pulgas) e também em alguns vertebrados (lagartos, salamandras, peixes). Entretanto, esse fenômeno não é muito comum, sendo que a reprodução tradicional é priorizada caso possa acontecer.

 

Humanos

Uma pesquisa feita pela The University of North Carolina, com milhares de mulheres americanas, revelou um fato para lá de curioso: Meio por cento delas acredita ter engravidado virgem! Ou seja, a cada mil grávidas, cinco acham que sua gravidez foi milagrosa ou algo assim.

Contudo, um número tão alto de nascimentos sem sexo teria que ser relatado, só que não existe nenhum único caso, em toda a história da humanidade, onde haja um relato documentado e estudado de partenogênese em humanos! Ou seja, se pegarmos os 7 bilhões de nascimentos modernos, nenhum tem a mínima evidência de ter sido criado por uma geração espontânea sem fecundação de algum tipo.

Como todo o ano nascem milhões de pessoas e o número de casos de virgens tendo filhos é zero, existe uma grande certeza de que mulheres que não fazem sexo, não conseguem engravidar, mesmo que elas pensem o contrário.

Mas claro, estamos falando dos dias de hoje, não confundir com os tempos bíblicos onde havia toda sorte de milagres que, mesmo hoje, ainda somos incapazes de explicar, não é. 

 

Siga Diego Martins no Google+: gplus/diegomartins

Ou adicione no Facebook: http://www.facebook.com/diegominilua

Faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/