Afinal, a gravidade é uma lei ou uma teoria?

Muitas pessoas pensam que a gravidade é uma lei, pois aprendem a calculá-la nas aulas de físicas, mas, na verdade, existe algo a mais nessa força Universal.




A Lei da Gravidade

shutterstock_77659192

A Lei da Gravitação Universal de Newton é uma das mais famosas leis científicas do mundo, pois ela funciona perfeitamente e pode ser testada por qualquer pessoa. Quando você pega qualquer objeto e o larga de certa altura, o mesmo cai em direção ao chão.

Isso é tão natural para todos, que nem lembramos que essa força natural está sempre a nossa volta e pode ser calculada com precisão. Segundo a Lei da Gravitação: “Todo ponto de massa atrai outro ponto de massa através de uma força que aponta ao longo da linha que une os dois pontos. A força é diretamente proporcional ao produto das massas e inversamente proporcional ao quadrado da distância.”

Lendo dessa maneira parece complicado, mas o que ela diz é simples: Quanto mais massa tem dois objetos, mais fortemente eles se atraem e quanto maior a distância, menor fica essa força.

Com essa Lei é possível calcular os movimentos dos planetas, queda de objetos e descobrir a massa, distância e outros dados dos mais diversos objetos em todos o Universo. É também essa lei em ação que faz as coisas caírem em direção ao centro da Terra. Se pensarmos em nosso planeta como um ponto e qualquer objeto que estejamos segurando como outro, podemos calcular perfeitamente a força que a gravidade faz para puxar o objeto em direção ao chão.

Esse conceito da gravidade puxando coisas é muito importante para o mundo moderno, pois ajuda a calcular a força necessária para que um avião consiga decolar, a resistência que um prédio precisa ter, qual a potência de um foguete para escapar da gravidade da Terra e assim por diante.

Mas note que essa lei mostra valores, forças e descreve como a massa dos objetos afeta a interação gravitacional entre eles, porém, em nenhum momento, ela diz porque isso ocorre. É nesse ponto que entra a Teoria.




A Teoria da Gravidade

GPB_circling_earth

Como visto acima, a Lei é algo que simplesmente descreve um fenômeno. No mundo científico, ela normalmente está ligada a uma equação matemática. Quando algum acontecimento pode ser previsto com “total” precisão, normalmente ele acaba sendo descrito na linguagem mais precisa da humanidade: a matemática. Por isso, quase todas as leis científicas envolvem alguma conta para demonstrar o fenômeno.

Mas uma lei não entra no porque da questão, apenas em sua parte prática, por isso existem as Teorias, como a da Gravidade.

Você já deve ter ouvido falar na Teoria Geral da Relatividade de Einstein. Nela um dos conceitos abordados é a gravidade. Segundo o gênio alemão, a matéria distorce o espaço/tempo e o resultado dessa curvatura é a gravidade.

Para entender melhor, imagine um lençol perfeitamente estendido em cima de uma cama. Caso você colocasse no meio dessa cama uma bola de boliche, o que aconteceria? O lenço se enrugaria e curvas se formariam na volta da bola, afundando o colchão e formando uma espécie de U em volta de toda a bola. É exatamente isso que a massa faz com o espaço em sua volta, gerando essa atração para si, exatamente como a bola de boliche faria se houvessem outros objetos em cima da cama.

Isso pode ser chamado de teoria, pois explica o porque da gravidade. Por isso que não existe uma competição na ciência tentando transformar qualquer teoria em lei, pois as duas coisas estão no mesmo patamar e se completam.




A Teoria da Evolução

maxresdefault

No meio dessa história de Teoria versus Lei, existe uma grande discussão envolvendo a Teoria da Evolução por Seleção Natural de Darwin. Muita gente fala: “Se ela é tão boa assim, porque ainda não virou uma lei?”.

Existe um porque disso acontecer. Na maioria dos casos, as leis só existem para descrever fenômenos simples, como o movimento de uma bola ou o comportamento de correntes elétricas. Quando algum conhecimento envolve coisas muito complexas, como a vida, é quase impossível criar uma lei. Isso porque a vida é influenciada por tantas coisas, que a equação para explicá-la não caberia em uma folha.

O movimento de um objeto no vácuo, por exemplo, é afetado apenas por sua força inicial e aceleração. Já a evolução de um ser vivo é afetada por sua alimentação, habitat, época em que nasceu, variações genéticas, sorte, capacidade física, capacidade mental, doenças, e tudo mais que se puder imaginar que aconteça a um ser vivo. Por isso, criar algo que consiga somatizar tudo isso e prever com precisão cirúrgica a evolução é impossível.

Por isso A Teoria da Evolução provavelmente jamais será uma Lei, assim como muitas outras teorias famosas, como Big Bang, Teoria da Relatividade Geral, Teoria Quântica e assim por diante.

  1. Stark Tony

    10 de março de 2015 em 11:11

    Em outras palavras, para se acreditar na Teoria da Evolução, exige fé. Afinal, o próprio Diego disse que :” a evolução de um ser vivo é afetada por sua alimentação, habitat, época em que nasceu, variações genéticas, sorte, capacidade física, capacidade mental, doenças, e tudo mais que se puder imaginar que aconteça a um ser vivo. Por isso, criar algo que consiga somatizar tudo isso e prever com precisão cirúrgica a evolução é impossível.”

  2. VY Canis Majoris

    7 de março de 2015 em 15:49

    Mentes estraordinárias…realmente é fascinante.

  3. Jeff Dantas

    7 de março de 2015 em 03:07

    Por um instante, me lembrei dos Simpsons, e daquele episódio 3D: http://cdn.minilua.org/wp-content/uploads/2015/03/GPB_circling_earth-600×442.jpg

  4. RICARDO CAPIBERIBE

    6 de março de 2015 em 23:45

    Esse é o problema do Brasil, o professor de Ciências, Física, Química e Biologia vomita uma série de informações que são memorizadas para as provas, mas o essencial nunca é ensinado.

    Teoria em Ciências é diferente de Teoria usada habitualmente. Uma Teoria Científica é um modelo científico expresso por equações ou fatos que podem ser mensurados em laboratório, totalmente diferente da Teoria Habitual que está associada a ideia de Especulação sem Base.

  5. Doge

    6 de março de 2015 em 23:04

    A ultima parte do post não teve nada a ver com gravidade mas ok xD

    • Greengineer

      7 de março de 2015 em 00:52

      A última parte foi para exemplificar uma teoria que não pode ser lei. Mas também foi responsável por uns debates religiosos.

      • Doge

        7 de março de 2015 em 07:05

        Sim, foi para cumprir a cota de tretas religiosas que todos os posts científicos tem que ter,

        • Frank the Rabbit

          9 de março de 2015 em 02:27

          Aí você vai ver quem postou a matéria: Diego Martins.
          Ah! Tá explicado.

  6. Blue

    6 de março de 2015 em 19:21

    O espaço é algo interessante, não há como chamar de plano, esfera ou qualquer coisa, é simplesmente nada, mas ainda assim algo, não sabemos se acaba, não sabemos 1% sequer sobre o espaço, talvez exista algum planeta por aí onde a gravidade é diferente, muitas possibilidades, será que seríamos muito diferentes do que somos se a gravidade da Terra fosse diferente?

    • Jhonatan Francisco

      10 de março de 2015 em 07:22

      Seria sim Blue… Segundo vários documentários (como por exemplo, O universo S03E04, que fala sobre o sexo no espaço, segundo os especialistas a diferença gravitacional trouxe algumas sequelas para filhotes de ratos que nasceram no espaço.

    • Raphael Oliveira

      8 de março de 2015 em 08:51

      realmente cara , eu não sou religioso nem ateu , acredito em algo que possa ter criado tudo , mas não exatamente deus (que controla tudo , guia as pessoas etc) , e nem precisa estar exatamente vivo , por isso expandi muito minha mente , o universo é muito complexo , a gente não sabe nada sobre ele , se ele tem limite , o que tem “depois” dele, existe uma teoria que fala que sempre existe uma coisa maior que outra , num ciclo infinito da mesma maneira que sempre tem uma coisa menor.

    • Kuzan

      6 de março de 2015 em 21:48

      Imagina que louco se existisse um lugar no espaço onde nossa imaginação criasse o que quisesse, ia ser bem louco e empolgante, agora eu vou voltar pra minha erva.
      Viva a erva natural!! É só uma plantinha!

  7. Greg

    6 de março de 2015 em 17:18

    A unica Lei que vale, É a lei de DEUS…. .chorem ateus…

    • Amom Mandel Lins

      30 de junho de 2015 em 01:43

      Q

    • Kuzan

      6 de março de 2015 em 21:46

      Deus é um cara muito foda, tão foda, que eu queria ser o filho dele e humilhar satanás, espero que a lei dele permita isso.

    • chapolim do mal

      6 de março de 2015 em 20:23

      É por isso que sempre que eu pulo eu saio voando por ai, ainda bem que vc me explicou o que estava acontecendo.

    • Elisson Alan

      6 de março de 2015 em 17:53

      Ou a lei de Gaga (Lady Gaga)

      • Greg

        6 de março de 2015 em 18:21

        [img]http://40.media.tumblr.com/5bc4528267b93ab4535e41b6a7f6a7b1/tumblr_mlzo8dJHkt1rsii5ko1_400.jpg[/img]

  8. Greengineer

    6 de março de 2015 em 16:24

    Quanto maior a massa e menor a distância, maior a força de atração. Pois é amigos, ele foi uma vítima da gravidade…

    [img]http://i2.wp.com/butecologia.com.br/wp-content/uploads/2015/02/traiu-a-namorada-com-a-prima07-Butecologia.jpg?resize=720%2C960[/img]

    • Jeff Dantas

      7 de março de 2015 em 03:09

      Em outras palavras, o casal mais belo que eu já vi… (sqn) ^^

    • Kuzan

      6 de março de 2015 em 21:43

      O cara trai a namorada gostosa com esse mina feia pra caralho, tem q se fuder mesmo.

  9. chapolim do mal

    6 de março de 2015 em 16:01

    Me dá uma raiva da poha quando alguém fala ” se é tanta certeza então porque é só uma teoria” dá vontade de jogar um livro de biologia na cara pra ver se aprender a argumentar melhor.

    • rodrigo

      7 de março de 2015 em 04:35

      Pensei que a teoria da gravidade fosse sobre física…: ( …rá!

      • chapolim do mal

        7 de março de 2015 em 12:01

        Eu estava falando sobre a evolução mas vc está certo pq meu comentário foi aberto a interpretação.

    • rodrigo

      7 de março de 2015 em 04:32

      Nossa pensei que a teoria da gravidade fosse sobre física….:( …rá!

    • RICARDO CAPIBERIBE

      6 de março de 2015 em 23:53

      Pauli previu a existência dos Neutrinos, baseado na Conservação de Energia.
      Dirac previu a existência da Antimatéria e da Energia Negativa baseada na Equação que carrega seu nome.
      O mecanismo de Higgs foi teorizado para explicar um problema com Bóson de Goldstone…

    • RICARDO CAPIBERIBE

      6 de março de 2015 em 23:50

      Esse é o problema do Brasil, o professor de Ciências, Física, Química e Biologia vomita uma série de informações que são memorizadas para as provas, mas o essencial nunca é ensinado.
      Teoria em Ciências é diferente de Teoria usada habitualmente. Uma Teoria Científica é um modelo científico expresso por equações ou fatos que podem ser mensurados em laboratório, totalmente diferente da Teoria Habitual que está associada a ideia de Especulação sem Base.

    • Greengineer

      6 de março de 2015 em 16:21

      Se é tanta certeza então porque é só uma teoria…

      [img]http://rolanarede.net/wp-content/uploads/2014/08/emorreu.jpg[/img]

      • Wayne Griffin

        6 de março de 2015 em 22:12

        Já dei vontade de fazer isso, mas era com uma tia minha…

      • chapolim do mal

        6 de março de 2015 em 16:25

        Sinceramente, dá vontade de mandar uma vuadora no mei dos peito.

        • Greengineer

          6 de março de 2015 em 16:40

          Eu defendo que todos têm o direito em acreditar no que bem entender, desde que não haja extremismo nesta crença.

          Eu por exemplo creio na evolução, mas em nenhum momento descarto a existência de Deus. Infelizmente eu acho muito difícil crer que tudo que somos hoje é pura obra do acaso.

          E não é porque há pessoas que pensam diferente de mim que irei discriminá-las, não entrando no meu caminho a vida vai seguir e as perguntas vão continuar.

          • Felino

            7 de março de 2015 em 15:05

            é como diz aquela frase… “Não concordo com uma palavra do que dizes, mas defenderei até a morte o teu direito dize-las”

          • RICARDO CAPIBERIBE

            7 de março de 2015 em 23:33

            Voltaire.

          • Frank the Rabbit

            9 de março de 2015 em 02:25

            Na verdade essa frase foi da escritora da biografia de Voltaire, Evelyn Hall. Mas sim, Voltaire defendia a liberdade de expressão.

          • RICARDO CAPIBERIBE

            6 de março de 2015 em 23:48

            Esse é o problema. A ciência não é baseada em crenças, mas sim em fatos. Um cientista não crê na Teoria da Evolução, um cientista aceita a Teoria da Evolução porque ela é consistente com os fatos, fez previsões que se provaram corretas e acima de tudo pode ser refutada e, nesse caso, substituída por uma teoria ainda mais consistente.

          • chapolim do mal

            6 de março de 2015 em 20:25

            Não falei mal sobre os que acreditam, apenas disse que me dá nos nervos alguém querer refutar algo dizendo que é só uma teoria.

          • Greengineer

            7 de março de 2015 em 00:50

            Eu entendi seu ponto. Eu sinto o mesmo quando um religioso extremista vomita a frase “se Deus não existe então prove”. Como provar a inexistência de algo fosse resolver a dúvida.
            Para cada problema resolvido sempre haverá uma nova pergunta, este é o karma da curiosidade humana e temos que aceitar. É esta curiosidade que move a sociedade.

          • Greg

            6 de março de 2015 em 17:24

            Belo comentário Greengineer….

38 Comentários
mais Posts
Topo