Minilua

Ainda existe esperança para a humanidade

Todos os dias nós vemos desgraças, guerras, mortes, doenças e todo tipo de coisas ruins se espalhando pelo mundo, mas em alguns momentos coisas belas e incríveis aparecem, reascendendo nosso espírito de humanidade, como foi o caso de Cameron Lyle.

Imagine se você tivesse passado toda sua vida se preparando e lutando para conquistar algo, desde muito pequeno até seus vinte e poucos anos, e de repente fosse colocado na seguinte situação: Escolher entre salvar a vida de uma pessoa ou continuar lutando por seu sonho.

Muitas pessoas talvez não abrissem mão de seu sonho e do seu futuro fazendo o que ama, mas Cameron Lyle fez exatamente o oposto, abrindo mão de seu sonho para salvar a vida de um completo desconhecido.

Quando ainda era jovem, Cameron fez alguns exames para o time em que jogava e o registro de sua medula foi salvo em um banco de dados para posteridade, afinal algum dia alguém poderia precisar de tal coisa. Mesmo que a probabilidade de encontrar uma pessoa compatível com ele fosse de uma em cinco milhões.

Durante anos aquele exame inofensivo nada fez, até que um dia a notícia bateu a porta de Cameron: Um homem de 28 anos, que tinha pela frente apenas seis meses de vida, precisava de uma doação de medula rapidamente, caso contrário ele iria morrer e Cameron era o único doador compatível no banco d dados.

Só que para a doação ele teria que ficar um mês ou mais sem poder levantar nenhuma peso, sendo que ele é arremessador de pesos, assim ficaria impossibilitado de disputar o torneio mais importante de sua carreira, que poderia ser decisivo para seu futuro. Mas Cameron em nenhum momento hesitou e jamais pensou em abrir mão de ajudar o outro.

Assim ele fez a operação e ficou de fora do campeonato para o qual se preparou a vida inteira, mas salvou a vida de um homem: “Você pode ir para o jogo ou dar a um homem mais três ou quatro anos de vida. Eu não acho que há uma grande questão aqui. Este não é um dilema moral. Há apenas uma resposta.”

Siga Diego Martins no Google+: gplus/diegomartins

Ou adicione no Facebook: http://www.facebook.com/diegominilua

Faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/