Minilua

Algumas das melhores interpretações de diabo no cinema

Telly Savalas, em Lisa e o Diabo (1973)

Embora nunca diretamente referido como sendo de Satanás, uma pintura ao ar livre na praça da cidade deixa claro que Leandro é realmente o Diabo. Lisa tem um encontro ao acaso, aparentemente com Leandro em uma loja onde ele está comprando um manequim de tamanho real. Leandro é maravilhoso aqui com uma irônica e divertida presença, vigiando suas vítimas. 

 

 

Viggo Mortensen em A Profecia

Lúcifer não faz nenhuma tentativa para esconder sua identidade na profecia. Um rebelde Arcanjo Gabriel pretende destruir a humanidade e ganhar o controle dos céus. Lúcifer gosta das coisas como elas são e intervém em nome dos bons (mas deixa claro que ele está agindo fora de seus próprios interesses).

 

 

Al Pacino em O Advogado do Diabo (1997)

John Milton pode seduzir mãe e filha ao mesmo tempo, além de membros de gangues no metrô.

 

Jack Nicholson em As Bruxas de Eastwick

Ninguém melhor para fazer este papel que Jack Nicholson. Ironicamente, quando atua como Diabo, ele exibe uma espécie de loucura contida. 

 

Jeff Goldblum no Mr. Frost (1990)

 

O Diabo em Frost é muito diferente de outros filmes de diabo. Ele não é sedutor e confiante, mas inseguro e incerto. 

 

Tim Curry em Legend (1985)

É difícil imaginar como Tim Curry não tombou durante as filmagens de Legend, com aqueles chifres enormes presos em sua cabeça. Ele ficou absolutamente aterrorizante.

 

Peter Stormare, em Constantine (2005)

Stormare mostrou-se um extraordinário ator, ainda que fora do figurino. Sua interpretação de Lúcifer é sem surpresa, mas assustadora. Assistindo Stormare, você pode sentir algo muito demoníaco sobre ele, que acrescenta ao mal subjacente de seu caráter.

 

Adaptado de blog.koldcast