Minilua

Anonymous anuncia ataque ao Facebook (atualizado)

Atualização:

Depois de muito alarde, o Anonymous decidiu se manisfestar, durante esta tarde de sábado foi desmentido pelo grupo o ataque ao Facebook, segundo ele a idéia de execução do plano partiu apenas de um dos integrantes que foi devidamente punido pelos seus colegas.

Sobre o comunicado:

“Nosso movimento é baseado na comunicação com diversas pessoas ao redor do mundo, não faz sentido atacar uma das plataformas que utilizamos para tal”.

“O nosso colega chamado Anthony, que mora em Ohio, Estados Unidos, decidiu criar essa operação e divulgá-la como algo oficial. Apesar de avisarmos que éramos contra suas ações, ele nos ignorou”.

“Se você é contra a forma como nos comunicamos no Facebook, Twitter, e anonops, por exemplo, então você é contra o Anonymous e se tornou nosso inimigo, já que você está tentando atrapalhar o nosso movimento”.

 

A cada dia que passa o grupo de hackers que se autodenomina como Anonymous vem ganhando mais espaço e gerando cada vez mais polêmica, para quem não lembra o grupo foi responsável pelo ataque à PSN e empresas de cartão de crédito e de bancos que se recusaram a receber doações referentes ao Wikileaks.

Ao que tudo indica o Anonymous vem ganhando mais força a cada dia que passa, após louváveis ações de combate a pedofilia e a recente invasão do site do BOPE, o grupo anunciou que vai atacar o Facebook em novembro, para ser mais preciso no dia 5 de novembro, hoje!

De acordo com um vídeo divulgado pelo Anonymous o ataque a Grande Rede teria sido motivado pela forma com que o Facebook age com a privacidade dos seus usuários.

Se você é um ativista hacker ou um cara que quer apenas proteger a liberdade de informação, junte-se à causa e mate o Facebook pelo bem de sua própria privacidade. O Facebook vende informações para agências do governo e dá acesso clandestino aos dados a empresas de segurança de modo que elas possam espionar cidadãos de todo o mundo. Algumas dessas firmas, como WhiteHat e InfoSec, trabalham para governos autoritários, como os de Egito e Síria.

Tudo o que você faz no Facebook fica lá independentemente de suas configurações de privacidade e deletar sua conta  é impossível. Mesmo que você a delete, suas informações pessoais continuam lá e podem ser recuperadas a qualquer hora (…) O Facebook sabe mais sobre você do que sua família. (…) Um dia você irá olhar para trás e perceberá que o que fizemos aqui foi a decisão certa!

Entretanto, parece que o novo ataque divide opiniões, supostamente nem todos hackers do grupo estão de acordo com a ação, pois mesmo que o vídeo tenha sido postado em nome do Anonymous, o Twitter do grupo, @GroupAnon, deixou claro que nem todos os anões (como são chamados) aderiram ao ataque.

“A #OpFacebook está sendo organizada por alguns dos anões, mas isso não significa necessariamente que todos os membros do Anonymous concordem com ela”.

Acredita-se que a mobilização tenha relação com a rede social AnonPlus, que o grupo Anonymous está desenvolvendo depois de ter sido banido em um dos seus perfis na Google +.

“Dar voz a milhões de pessoas, permitindo àqueles que outrora estavam com medo de enfrentar as corporações e os governos opressivos a se expressar sem medo de repercussões”, este é o proposito do AnonPlus divulgou o Anonymous.

 

Não esqueça de compartilhar com seus amigos no Twitter e no próprio Facebook!