Minilua

Apenas uma coincidência?

Talvez você já tenha ouvido falar que nós, na verdade, somos feitos de pó de estrelas que explodiram. Caso não, basta acessar aqui e ler sobre o tema: http://minilua.org/somos-todos-po-estrela/.

E se mesmo assim ainda duvidar disso, existem alguns fatos que mostram que nossa relação com todo o Universo pode ser muito maior do que a de simples habitantes dele, nós “somos o Universo” e ele está dentro de nós:

O Homem e o Universo

O Universo, assim como tudo que existe a nossa volta (tirando algumas partículas estranhas que ainda estão sendo estudadas), é composto por elementos químicos. Ou seja, uma estrela lá do outro lado do Universo usa o mesmo tipo de elemento químico que temos aqui.

E o Universo possui um clara composição química, indo dos elementos mais abundantes para os menos: Hidrogênio, hélio, oxigênio, carbono, nitrogênio e assim vai.

E nós humanos, como vivemos nesse Universo, também somos feitos de elementos químicos, afinal não poderia ser de outro jeito.

Como todo mundo sabe, nós somos feitos basicamente de água, que nada mais é que hidrogênio e oxigênio, depois nós temos muito carbono e também um boa dose de nitrogênio.

Mas peraí… Tirando o hélio, que é um elemento químico inerte, nosso corpo possui exatamente o mesmo tipo de composição do Universo! Seria isso apenas uma grande coincidência cósmica ou será que, do mesmo modo que as estrelas criaram os elementos pesados, elas criaram a nós?

Nem tão especiais

A humanidade adora pensar em si como especial, como o centro do Universo ou a grande escolhida por alguma coisa, mas vendo o fato de que nós nada mais somos do que pequenas reproduções do Universo a nossa volta, talvez não sejamos tão especiais nem tão únicos. E se isso acontece aqui, porque não iriai acontecer em bilhões de outros lugares por aí?

Talvez não sejamos especiais por sermos os únicos, mas sim por sermos uma pequena parte desse grande “ser” que é o Universo! Então quando olhar para as estrelas de noite, não pense como se elas fossem coisas inatingíveis, mas sim como irmãs, pois há milhões de anos outra estrela ardia e os mesmo átomos que lhe compõe hoje, estavam dentro dela.

“Nós aprendemos nos últimos 50 anos, não apenas que existimos no Universo, mas o Universo existe na gente.” Neil deGrasse Tyson.

Siga Diego Martins no Google+: gplus/diegomartins

Ou adicione no Facebook: http://www.facebook.com/diegominilua

Faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/