Apple: a maior empresa do mundo

A Apple é uma das poucas empresas do mundo que vende muito mais do que produtos. Ela investe bilhões em propagandas, trata seus clientes de uma maneia especial e cobra caro por cada item, ao mesmo tempo, ela entrega uma das melhores experiências do mundo. Não é à toa que ela se tornou a empresa mais valiosa do planeta:




Dificuldade

01

As lojas da Apple são conhecidas por seu atendimento sem igual. Cada vendedor é escolhido a dedo e uma seleção pode levar meses, com muitas e muitas entrevistas. O processo seletivo da Apple é tão rigoroso, que é mais fácil ser aceito em Harvard do que conseguir um emprego de vendedor na empresa da maçã.




Empregado

02

Ao total, a Apple possui 98 mil empregados em 15 países do mundo. Porém, a maioria desses trabalhadores gostaria mesmo de trabalhar no quartel general da empresa. Por lá, o salário médio de um funcionário é de 125 mil dólares ao ano.




Samsung

05

Há anos que a Apple e a Samsung lutam nos tribunais, em uma briga que movimenta bilhões para lá e para cá. Contudo, apesar de todo esse ódio entre as duas, existem grandes contratos nas quais as duas são parceiras. Por exemplo: todas as telas dos iPad’s da Apple são produzidas pela Samsung, assim como 30% dos processadores que rodam no iPhone 6.

Já do lado competitivo, a Samsung chega a vender o dobro de telefones, porém consegue apenas um lucro igual ao da Apple.




Dinheiro

06

Atualmente, no meio do ano de 2015, a Apple vale 741 bilhões de dólares e fatura 300 mil dólares por minuto, ou seja, 5 mil por segundo. A empresa possui tanto dinheiro, que seu caixa tem mais grana do que o caixa central dos EUA. Sozinha, a Apple é mais valiosa que todo o mercado de ações da Rússia.




Curiosidades curiosas

03

A Apple patenteou o “deslizar para desbloquear”.

Um japonês esperou por sete meses na fila para comprar o iPhone 6.

Tudo que é dito para a Siri (assistente pessoal da Apple) é analisado e guardado nos servidores da empresa.

04

Em 2014, a Apple vendou 326 iPhones por minuto.

Quando pegou o primeiro protótipo do iPod na mão, Steve Jobs jogou o aparelho em um aquário e usou as bolhas que saíram dele para provar aos engenheiros que ainda havia mais espaço para diminuir o aparelho.

O criador do iPod tentou vender a ideia para a Philips, mas a empresa não viu futuro no produto.

  1. Weliton Ferro

    4 de junho de 2015 em 02:28

    galera só eu que me assustei com as cifras ??!! a empresa vale 2 trilhoes 297 bilhoes e 100 milhoes de reais !! com o dolar a 3,10 !! maior que o PIB da maioria dos paises !! pqp

  2. Gato Endiabrado

    4 de junho de 2015 em 00:52

    Como fingir ser rico em 3 passos:
    – Compre um celular da Samsung.
    – Compre uma capinha de celular com o logo da Apple.
    – Coloque a capinha no celular da Sasung.
    ~Fin~

  3. Mickael Fernandes

    4 de junho de 2015 em 00:10

    A Philips ficou triste em saber do sucesso que fez esse produto “sem futuro”, assim como a Nintendo recusou o Playstation. Vivendo e aprendendo!

  4. Yuri Panisset

    3 de junho de 2015 em 16:11

    mas e aquela para usuário final e a melhor opção seria os produtos da apple, pena que são caros, mas há uma facilidade para usar o aparelho, o monopólio e grande mas da na mesma, a Google te acesso a tudo que vc tem, então qual e a diferença? tudo e marketing e nos temos que aceitar e utilizar o que queremos, não tem essa de um ser melhor q o outro, todos tem seu ponto forte e fraco isso e fato, para usuário final produtos apple são ideais.

    • Yuri Panisset

      3 de junho de 2015 em 16:12

      mas e aquela para usuário final e a melhor opção seria os produtos da apple, pena que são caros, mas há uma facilidade para usar o aparelho, o monopólio e grande mas da na mesma, a Google te acesso a tudo que vc tem, então qual e a diferença? tudo e marketing e nos temos que aceitar e utilizar o que queremos, não tem essa de um ser melhor q o outro, todos tem seu ponto forte e fraco isso e fato, para usuário final produtos apple são ideais.

  5. PlayStation

    3 de junho de 2015 em 13:41

    o único motivo de querer ter um iphone é os jogos

  6. WJ

    3 de junho de 2015 em 09:34

    Deixando de lado o que muitos falam por que não tem ou não os satisfaz (geralmente por não poder fazer pirataria de musica e nem usá-lo como pendriver), temos de convir que os produtos da Apple, serviços e assistência são MUITO melhores que qualquer outra concorrente dela. Mas muitos vão falar de arrogância e tals mas fecham os olhos e torcem o nariz porque são incapazes de reconhecer. De fato, os produtos dessa empresa, de longe, é pensado pra que todos tenham acesso.

    OBS: Quer comprar mais barato? Vai pros “states” e compra um que sai bem mais barato e ai esquece essa tal arrogância. Afinal, quem não gosta de coisa boa?

    • Mutley

      3 de junho de 2015 em 10:48

      Acho que não é querendo contestar a qualidade do produto , mas é como Gênesis disse , lá nos EUA a Apple é algo mais acessível a ”todo mundo” , já aqui no Brasil é tão caro , que as pessoas que tem , se acham o último pedaço do bolo , como se fosse algo que diferenciasse um status social dos demais, eu não digo todos é claro , mas tem , e eles existem.

  7. Mestre Makarov

    3 de junho de 2015 em 08:34

    Não gosto da apple … prefiro os produtos da samsung ..

  8. Mutley

    2 de junho de 2015 em 17:22

    ”Um japonês esperou por sete meses na fila para comprar o iPhone 6.”
    Sacanagem entregar que o cara era japonês xD

  9. Fantasma Renegado

    2 de junho de 2015 em 17:18

    Acho que o único produto da Apple que eu gostaria de ter é o iPad, fora isso nada me interessa. Tudo bem que são produtos de excelente qualidade, mas a Microsoft é mais do que o suficiente pra mim. Vejo muita gente se matando por causa do iPhone, por exemplo, mas na boa, eu não tenho vontade nem dinheiro pra ter um! ahahahahahahahaha

  10. Gênesis

    2 de junho de 2015 em 17:16

    Esta sede pela ostentação dos produtos Apple se dá no Brasil pela alta carga tributada nos importados e pela baixa autoestima de nossa população que para se sentir “gente”, acham que precisam se cobrir de coisas “valiosas” a ver se se dão algo de “valor”.

  11. M_igor

    2 de junho de 2015 em 17:06

    Microsoft>>>>>>>>>>>>>>>apple

    • WJ

      3 de junho de 2015 em 09:35

      Em se tratando de aparelhos móveis: Qualquer merda>>>>>>>>>>>>>>>>>Microsoft 😀

  12. chapolim do mal

    2 de junho de 2015 em 16:54

    Não se tem dúvida da qualidade dos produtos da Apple mas os preços são abusivos e a arrogância que vem junto de seus gadgets são de outro mundo. Existem outros produtos de outras marcas que são tão bons ou melhores que a Apple e até com menores preços que deixam de ser usufruídos pela falta de status que ocorre na falta de um apple, status é o maior motivo para se comprar.

    • Gato Endiabrado

      4 de junho de 2015 em 00:50

      Já vi um menino reclamar que ele estava sem o celular dele da Apple e estava com um Samsung reserva e nunca se sentiu tão pobre. :’)

    • Guilherme Machado

      3 de junho de 2015 em 12:50

      Marketing ideológico. Você não busca a qualidade do produto, mas a marca que ele carrega e o status que o acompanha. Acho que esse deve ser o sonho de consumo de qualquer marca: se tornar um ideal. A qualidade da Harley-Davidson é muito inferior a outras marcas como BMW, MV Agusta e etc. Mas me pergunte se eu compraria uma H-D ou uma BMW… e olha que o twincam tem alguns problemas terriveis que ninguem fala.

    • kamikaze boy

      2 de junho de 2015 em 18:11

      A tekpix faz tablet.

    • Kuzan

      2 de junho de 2015 em 17:08

      Resumiu meu pensamento, eu daria dois likes se pudesse.

19 Comentários
Topo