Artistas que marcaram época: Ronald Golias #2

golias

Professor Bartolomeu Guimarães, Bronco e Pacífico. Estes são apenas alguns dos personagens que marcaram época na TV brasileira, e que foram interpretados com maestria por Ronald Golias. No post abaixo, você confere um pouco da biografia do humorista. Uma boa leitura!

Ronald Golias nasceu no município de São Carlos, São Paulo, em 04 de maio de 1929. Ele era filho de Conceição D’ Aparecida Golias e Arlindo Golias.

colman3

Seu nome, Ronald, faz referência a um dos maiores ícones do cinema internacional, Ronald Colman.

Ainda na infância, é matriculado na Escola Dante Alighieri, em São Carlos. No local, passa a se apresentar como artista amador.

No começo dos anos 40, muda-se com a família para a capital. Certo tempo depois, começa a trabalhar nos ofícios de alfaiate e funileiro.

Golias, na mesma época, ainda entraria para o grupo “Acqua Loucos”, um dos mais importantes do segmento da natação.




Cinema e televisão

-

Já nos anos 50, passa a integrar a equipe de artistas da Rádio Nacional. Foi nessa fase, aliás, que ele conheceria um dos importantes nomes da TV brasileira, Manuel de Nóbrega.

Nóbrega, por sua vez, o convidaria para fazer parte do programa “A Praça da Alegria”, na época, apresentado na TV Paulista (atual Rede Globo).

Seu personagem, o atrapalhado “Pacífico”, logo conquistaria o Brasil. Parte do sucesso, diga-se de passagem, graças ao bordão “Ô Cride Fala pra Mãe”.

dvd os tres cangaceiros 1959 ankito golias grande otelo recife pe brasil__51047D_7

Com o sucesso conquistado, o artista é convidado pelo produtor Herbert Richers para atuar no cinema. Nas telonas, ele participaria dos longas-metragens “Um Marido Barra-Limpa” (1957), “Os Três Cangaceiros” (1961), “O Dona da Bola” e “Golias contra o Homem das Bolinhas” (1969).

Não obtendo grande êxito no cinema, a atenção de Ronald Golias volta-se para a televisão. Neste período, alcança enorme projeção na mídia, especialmente pelo personagem Carlos Bronco Dinossauro, no humorístico “A Família Trapo”. da Rede Record.

-

Contracena ainda, com Jô Soares, Ricardo Corte Real, Otelo Zeloni e Cidinha Campos.

No final da década de 70, já na Rede Globo, comanda o programa “Superbronco”. Anos depois, já na Bandeirantes, inicia uma das melhores de sua carreira.

Na emissora, ele seria o grande responsável pelo sucesso do humorístico “Bronco”. Em seu elenco, destaque para os nomes de Nair Bello, Agnaldo Rayol e Sandra Annenberg.

-

Nos anos 90, muda-se para o SBT, onde passa a integrar o elenco do programa “A Praça é Nossa”. Na atração, comandada por Carlos Alberto de Nóbrega, ele ficaria a cargo dos personagens Pacífico, Bronco, Professor Bartolomeu Guimarães e O Profeta.

-

Ainda no SBT, participa dos programas “Escolinha do Golias” e “Meu Cunhado”. Na segunda atração, o artista contaria com o suporte do amigo Moacyr Franco.

-

Golias, já debilitado, viria a morrer no ano de 2005. Seu velório contaria com a presença do empresário Silvio Santos e do comediante Carlos Alberto de Nóbrega.

Dois anos depois, seria inaugurada na cidade de São Carlos, a Praça Ronald Golias. No local, o artista ainda receberia outra homenagem, a construção de um museu com o seu nome.

No mesmo ano, SBT e Band passam a reapresentar os programas “A Escolinha do Golias” e “Bronco”, respectivamente.

-
  1. Icleanes Sena

    18 de julho de 2011 em 05:38

    é muito bom msm …

  2. RaphaeL

    26 de março de 2011 em 08:28

    ta ai outro q não deveria morrer… pra min é o melhor comediante brasileiro. [2]

  3. Fabiano Ribeiro de Araújo

    25 de março de 2011 em 23:09

    Realmente, um comediante muito FODA !!!!!!

  4. Paulo Afonso

    25 de março de 2011 em 20:49

    pra min é o melhor comediante brasileiro.

4 Comentários
Topo