Até 2020 a Austrália pretende exterminar 2 milhões de gatos

O governo da Austrália declarou abertamente que pretende exterminar cerca de 2 milhões de gatos por envenenamento, até 2020.

img_999x556$2015_10_08_12_36_09_139348

Isso porque, apesar do companheirismo doméstico, gatos são exímios caçadores de pequenas presas. O mesmo acontece com os gatos selvagens. Porém, como não podem distinguir o que podem e o que não podem caçar, acabam, de forma indireta, exterminando algumas espécies em risco de extinção. Este é, justamente, o motivo pelo qual as autoridades pretendem tomar a medida extrema, com o intuito de proteger a fauna do país.

De acordo com uma pesquisa financiada pelo governo, das 29 espécies de mamíferos extintas nos últimos 200 anos, 28 delas foram de responsabilidade felina. Outra estimativa mostra que cerca de 4 milhões de pássaros são mortos, anualmente, pelos gatos. Greg Hunt, Ministro do Meio Ambiente da Austrália, disse que as medidas extremas serão necessárias e de forma ‘humana’. “Precisamos reverter as ameaças às espécies endêmicas do país”, disse ele em entrevista.

Porém, a medida é controversa e precipitada. Segundo alguns outros estudos, apesar dos gatos, de fato, contribuírem para a extinção de algumas espécies, é preciso levar em conta inúmeros outros fatores de maior incidência, como a mudança de habitat, queimadas florestais, desenvolvimento industrial e agricultura.

naom_55aacdf47f60a

A comunidade internacional tentou fazer um apelo para os grupos ambientalistas da Austrália, mas eles apoiam a medida do Governo. Porém, eles alegam que existem falhas cruciais na defesa de habitats naturais, e isto poderia ajudar muito mais na preservação das espécies do que a caça aos gatos.

Kelly O’Shanassy, executiva principal da Fundação de Conservação Australiana, acredita que quatro ações podem ser realizadas para conter o crescimento da extinção de espécies. “Precisa ocorrer o extermínio de gatos selvagens, fornecimento de lugares seguros para as espécies em perigo, melhorias no habitat e intervenção contra ações que ameacem os animais”, disse ela.

Por conta do forte apelo repulsivo da ação, o governo pretende fazer campanhas para ter o apoio da comunidade local. Assim, foi criado o aplicativo para smartphone ‘FeralCatScan’. Nele, os moradores podem entrar em contato com as autoridades para denunciar locais com grandes concentrações de gatos selvagens.




Não é ódio

Segundo o governo australiano, o extermínio acontecerá por envenenamento, através de utilização de iscas contaminadas. Gatos selvagens são os alvos principais da caça, e, normalmente, não se relacionam bem com os humanos. “Não odiamos os gatos. No entanto, não podemos mais tolerar o mal que eles estão fazendo para a vida selvagem do país. Mais de 120 espécies nativas estão em risco de extinção por conta deles”, disse Gregory Andrews, da Secretaria de Meio Ambiente da Austrália.

Apesar da medida extrema tomada pela Austrália, outros países cogitam ações ostensivas para conter a extinção por responsabilidade de gatos selvagens, como Estados Unidos, Inglaterra e Alemanha. Muitos grupos de ativistas estão indo contra a ação, afirmando que uma simples castração resolveria o problema de forma humana, diminuindo a quantidade de seus bandos nas ruas.

177850160-1024x537

Fonte: Jornal Ciência

Deixe seu comentário! E não se esqueça de curtir nossa página no Facebook e nos seguir no Twitter!

  1. Transã1 da America

    10 de dezembro de 2015 em 10:13

    Eu ouvi um Gloria a Deus ??!

  2. Ione Vitória

    8 de dezembro de 2015 em 10:24

    Eles precisam pensar mais, vão exterminar um animal que só está seguindo seu instinto, como os ativistas disseram eles pelo menos poderiam castrar ele.

  3. Peagha

    7 de dezembro de 2015 em 15:50

    que maldade gente, o mais certo na minha humilde opinião seria castrar esses gatos

  4. Everton Silva

    6 de dezembro de 2015 em 20:26

    Se for pensar pro lado humano, isso é mais que crueldade. Mas já que é pra salvar outras espécies de animais, talvez pode-se levar em conta.

  5. TheSuperSaturos GS

    6 de dezembro de 2015 em 13:22

    Só vejo hipócritas na zona dos comentários.

  6. Marlon de Arruda Antunes

    6 de dezembro de 2015 em 12:55

    A natureza sempre conseguiu de reequilibrar. Extinguir gatos é inútil se o principal parasita do planeta continua na ativa, nós humanos. Se existissem dinossauros, será que tentariamos extinguir eles também? Acho que sim.

    • Transã1 da America

      10 de dezembro de 2015 em 10:15

      se mata então fera

    • Lenyyfla Lenyy

      6 de dezembro de 2015 em 13:02

      Iriamos traficar eles…

  7. BlueHorse Water

    6 de dezembro de 2015 em 08:49

    Engraçado vocês falam pra exterminar os humanos então devem ter ficado super contentes no que aconteceu
    na frança, se vocês estão tão preocupado com o planeta tira a bunda da cadeira e vai ajudar o meio ambiente !!

    • André Silva

      7 de dezembro de 2015 em 02:34

      Acontece que na França morreram inocentes, se o mesmo número de mortos fosse dos terroristas que não tem o mínimo respeito pela vida aí sim seria justo.

  8. Siren

    6 de dezembro de 2015 em 02:49

    Quanta ironia.. Por que não exterminam humanos tbm? Isso sim resolveria. Os maiores responsáveis por desequilíbrio na natureza somos nós, e não os pobres gatos.

    • TheSuperSaturos GS

      6 de dezembro de 2015 em 13:22

      Então porque ainda não se matou? Faça sua parte, contribua para o extermínio de humanos.

      • Siren

        6 de dezembro de 2015 em 15:05

        Realmente dá muita vontade de fazer isso, acredite, mas a questão não é essa, se pensam em exterminar gatos por motivos tão idiotas, então humanos deveriam entrar na lista também. Por que nos consideramos mais especiais? O que nos dá o direito de fazer algo do tipo? Porque somos seres “racionais”? Vejo nada de racional em atitudes do tipo, até porque somos bem piores quando o assunto é desequilíbrio entre espécies. Gatos ao menos agem apenas por instinto, nós destruímos por diversão, egoísmo e burrice mesmo, tá ai a prova do que falo.

        • TheSuperSaturos GS

          6 de dezembro de 2015 em 17:51

          É sério que você só vê destruição no no ser humano? E os professores que ensinam as crianças? E os médicos que salvam vidas? E as instituições de caridade que ajudam gente necessitada? Não somos superiores por sermos racionais, somos superiores porque somos nós, os humanos, que temos potencial de melhorar o mundo. Somos os piores em desequilibrar as espécies? Já ouviu falar em praga de insetos ou ratos, que podem
          causar epidemias e matar milhares de espécies? Adivinha que combate essas pragas, pois é, os humanos. O Homem faz muito mais pelo mundo do que você julga.

          • André Silva

            7 de dezembro de 2015 em 02:48

            Como assim temos o potencial de melhorar o mundo? A gente só destrói o mundo! Merda atrás de merda! A única coisa que fazemos na intuição de melhorar é concertar estragos provocados por nós mesmos. E sabe quem provoca o desequilíbrio que faz com que espécies se espalhem e acabem provocando extinções e doenças? A gente também! Já ouviu falar dos caramujos por exemplo que são uma praga no Brasil? Sabe quem trouxe? Os gatos que não foram! Na moral, não vou falar que o melhor seria a extinção dos humanos, não sou maluco, sou um ser humano também e devo defender a continuação de minha espécie, mas se a gente desaparecesse por completo do planeta, de repente todos os humanos morressem, ninguém sentiria a mínima falta da gente, talvez os cachorros, mas com o tempo o planeta melhoraria, o verde tomaria conta, a poluição iria baixar drasticamente, a o planeta voltaria a ser tão bom como já foi um dia. Tudo o que ALGUMAS pessoas fazem pra ajudar o planeta e algumas espécies, é apenas pra concertar besteiras que nós mesmos fizemos. E antes que pense que sou apenas alguem que fala mal da humanidade mas fica apenas casa um a bunda colada no sofá sem fazer nada, farei faculdade de biologia porque amo a natureza e pretendo dar o meu máximo pra concertar nossas merdas.

          • André Silva

            7 de dezembro de 2015 em 02:50

            Com a *

          • Mutley

            6 de dezembro de 2015 em 20:05

            Se fosse o caso de matar pessoas teria que ser através da pena de morte nas prisões do mundo inteiro , assim puniria as pessoas que realmente ”mereceriam” morrer , mesmo assim creio que não chegaríamos ao tal equilíbrio , mas voltando ao assunto , essa extinção de espécies nativas causadas pelos gatos , nada mais que a lei de seleção natural , onde o mais fortes sobrevivem , lembrem-se que esses são gatos selvagens , é óbvio que vão caçar para sua própria sobrevivência , o que o ser humano esta fazendo é apenas interferir no meio animal , só que isso é por pura conveniência , pois vemos que ao longo da história inúmeras espécies se extinguiram por serem mais fracas , as fortes se reproduziram e perpetuaram até hoje , mas emfim , o que digo é que a extinção de espécies nativas da Austrália não tem influência do homem e sim dos próprios animais , mesmo que não existissem humanos eles continuariam se matando e as espécies fracas pereceriam.

  9. Darkblaydeath

    6 de dezembro de 2015 em 02:32

    E as espécies extintas por causa do ser humano? Com a humanidade crescendo mais e mais as outras espécies vão perdendo seu espaço no mundo. O que fazer em relação à superpopulação humana? Exterminar uma parte?

  10. Lynn Rock

    6 de dezembro de 2015 em 02:03

    Só podia ser na Austrália mesmo
    Esse país é o erro

  11. chapolim do mal

    5 de dezembro de 2015 em 21:37

    Por que não manda pra China, eles fariam um uso melhor do que só matar.
    Mas sendo racional e não apenas emocional, se a medida ajuda a manter tantas espécies e manter o equilíbrio do ecossistema, está certo.

    • Eduardo Lima

      6 de dezembro de 2015 em 13:10

      Vc vive no mundo de fantasia eh, jovi? Pense bem, se for pra enviar pra China vai existir custos e nenhuma arrecadação, agora imagine o custo pra levar 2kk de gatos, tbm imagine se a china pagaria por gatos mortos, imagine como ficaria a reputação da China, como seria o impacto na economia interna e na reputação interna/externa do país. O mundo não é assim, onde vc pensa aa pra economizar vamos dar pra outro país pq evitaria desperdício. Sua mentalidade ainda precisa amadurecer e olha q so citei coisas de maneira superficial.

      • chapolim do mal

        6 de dezembro de 2015 em 14:55

        Mano, eu tava só tirando onda, é claro que não se faz esse tipo de negócio, que doença levar tudo a sério.

    • Wyvern Björk

      6 de dezembro de 2015 em 01:55

      Concordo com você. A galera aqui nos comentários está partindo muito para o lado emocional, esquecendo até que essas medidas estão sendo cogitadas para salvar outras espécies de animais.

  12. Jean Silva

    5 de dezembro de 2015 em 21:00

    ‘-‘

  13. Leonam

    5 de dezembro de 2015 em 20:01

    Por mim, podem exterminar todos os gatos do planeta, não, pera, do universo, não mexendo com os cães tá ótimo.

  14. Mari

    5 de dezembro de 2015 em 19:29

    Que absurdo, deveriam exterminar os humanos de lá isso sim

    • Lynn Rock

      6 de dezembro de 2015 em 02:05

      O q esperar de um país q tem aranha pra todo lado, morcego gigante e mais milhões de bizarrices

  15. Dan Pery

    5 de dezembro de 2015 em 19:16

    Se exterminassem essa quantidade de seres humanos o equilíbrio seria global! #fato

    • TheSuperSaturos GS

      6 de dezembro de 2015 em 13:19

      Então faça já a sua parte, se mata.

      • Transã1 da America

        10 de dezembro de 2015 em 10:14

        vai se foder

    • Mutley

      6 de dezembro de 2015 em 11:40

      [img]http://geradormemes.com/media/created/fcif10.png[/img]

    • chapolim do mal

      5 de dezembro de 2015 em 21:35

      Não, não mesmo. Para haver um equilíbrio precisaria de pelo menos 66% a menos de humanos.

      • Lenyyfla Lenyy

        6 de dezembro de 2015 em 13:00

        diria 99% incluindo a DIlma… Principalmente a Dilma

    • HackerSTUTORIAS TUTORIAS

      5 de dezembro de 2015 em 20:22

      Não. Não seria

  16. Cold

    5 de dezembro de 2015 em 19:03

    “Não odiamos os gatos. No entanto, não podemos mais tolerar o mal que eles estão fazendo para a vida selvagem do país. Mais de 120 espécies nativas estão em risco de extinção por conta deles”. Troque a palavra “gatos” por “humanos”. A natureza sempre dá um jeito de ficar em equilíbrio, se há uma quantidade grande de gatos e pequenas de suas presas, já sabemos de quem é a culpa.

    • Lenyyfla Lenyy

      5 de dezembro de 2015 em 19:11

      Verdade Sr Gato Cold…

      • Cold

        5 de dezembro de 2015 em 22:26

        Obrigado por compartilhar da minha opinião.
        [img]https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/d8/4d/3e/d84d3efe8b59213ffe612b955b70b3b5.jpg[/img]

  17. Rodrigo Duarte

    5 de dezembro de 2015 em 18:58

    E o Brasil vai importar tudo pros churrasquinhos de esquina.

38 Comentários
mais Posts
Topo