Minilua

O backup mundial contra o apocalipse

Nós vivemos em uma aparente paz e o mundo parece estar a salvo de maiores problemas, só que existem algumas pessoas que estão preocupadas com possíveis catástrofes, principalmente com aquelas que podem extinguir a vida no planeta. Por isso um dos lugares mais seguros da Terra está guardando nossa esperança de vida pós-apocalíptica:

Svalbard Global Seed Vault

Caso um grande meteoro ou alguma outra catástrofe tomasse o mundo, as chances de sobrevivência de humanos e de todo o ecossistema são bem baixas. Por causa disso, uma super fortaleza para a vida é essencial para toda a humanidade e o esforço para a criação de tal coisa está sendo feito.

O local escolhido foi uma montanha, na Noruega. Esse lugar traz diversas vantagens no que diz respeito à segurança contra catástrofes. O depósito, que guarda sementes de plantas de todo o mundo, fica enterrado a 130 metros de profundidade na rocha. Ao mesmo tempo, ele está 100 metros acima do nível do mar, o que impede uma inundação em caso de derretimento da calota polar.

O depósito de sementes está longe de falhas em placas tectônicas, ficando livres de terremotos e problemas com vulcões. Para completar o pacote de segurança, o lugar está enterrado perto de carvão, que é usado para gerar a refrigeração necessária, assim, mesmo no meio a alguma catástrofe, as sementes se manterão vivas.

Investimentos e futuro

O Seed Vault é administrado pela Noruega e conta com a ajuda de vários órgãos de muitos governos. O instituto Bill e Melinda Gates é um dos que mantem o local em funcionamento. O investimento inicial foi de 45 milhões de dólares e, desde 2008, esse lugar é o centro de sementes do mundo.

O depósito tem mais de 10 mil espécies de sementes de todo o mundo e 118 países fazem parte do projeto. Todos que contribuem tem acesso as sementes, mas para isso é necessário que haja um pedido oficial, pois só os cientistas locais possuem acesso a elas.

O local, que é capaz de guardar até 4,5 milhões de amostras, conta com um terço desse número atualmente. Todo país, que desejar, pode enviar sementes para lá e assim ajudar na preservação da biodiversidade, caso algum problema acabe com o planeta ou com parte dele.

Siga Diego Martins no Google+: gplus/diegomartins

Ou adicione no Facebook: http://www.facebook.com/diegominilua

Faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/