Minilua

As mais belas visões do Universo #3

A primeira vista o Universo parece um lugar escuro e sem graça, mas quando olhamos ele com mais atenção, vemos que na verdade é um lugar cheio de cores e belezas, mesmo que nossos olhos as vezes não as vejam.

Aglomerado de galáxias

Também conhecida como Stephan’s Quintet (nome dado em homenagem ao seu descobridor), esse aglomerado de galáxias é uma das cenas mais incomuns que podemos observar a nossa volta.

Nela é possível enxergar cinco galáxias de uma vez. Um fato interessante é que, apesar de parecerem todas estarem bem próximas, na verdade algumas estão mais para trás ou para frente, mas do nosso ponto de vista elas aparentam estar bem juntinhas.

Nebulosa de Orion

Poeira estrelar, estrelas em formação e até mesmo água. Essas são algumas características de uma das mais belas visões do Universo. A nebulosa de Órion, que pode ser vista a olho nu, é um espetáculo no céu, pois ela é uma grande nuvem de poeira iluminada por diversas estrelas em formação, assim as diversas substâncias químicas que lá existem, fazem com que a luz brilhe em diversas cores, criando um belo espetáculo.

Nebulosa da borboleta

Provavelmente originada de uma estrela gigantesca, a nebulosa da borboleta é um espetáculo no céu. Graças a sua forma, que realmente lembra uma borboleta de asas abertas, e de sua grande iluminação causada por uma das estrelas mais quentes de nosso galáxia, essa nebulosa realmente chama a atenção:

Nebulosa M2-9

Essa nebulosa é uma das mais belas e incríveis descobertas que a humanidade já fez em sua observação espacial. Acredita-se que ela tenha esse formato diferente, porque se originou de um sistema solar binário, onde duas estrelas viviam juntas e por isso o que restou foi esse belo objeto:

Acidente das galáxias

Essa imagem nos lembra e nos faz pensar quanto nossa vida é insignificante para o Universo, pois ela mostra duas galáxias que atualmente estão se chocando para formar uma nova. E adivinhe quanto tempo vai levar até esse pequeno acidente estrelar se resolva? Apenas um bilhão de anos. Isso nos mostra como as medidas dos Universo são infinitamente maiores do que as nossas:

Quer conhecer mais belezas de nosso Universo? Então curta e compartilhe esse post!

Siga Diego Martins no Google+: gplus/diegomartins

Ou adicione no Facebook: http://www.facebook.com/diegominilua

Faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/