Minilua

Biografia Minilua – Edgar Vivar

Senhor Barriga, Nhonho e Botina. Na certa, você se lembrará desses personagens. Todos eles foram interpretados com maestria por Edgar Vivar, um dos maiores ícones da TV mexicana. Confira, no post abaixo, um pouquinho de sua rica biografia. Uma boa leitura!

– Edgar Vivar é natural da Cidade do México. De família humilde, ele nascera em 28 de dezembro de 1944.

– Ainda jovem, o futuro comediante forma-se em medicina. Na área, permanece por dois anos, atendendo e clinicando em diferentes espaços.

-Insatisfeito com a profissão, decide partir para a carreira artística. Já no de 1964, ingressa no Centro Universitário de Teatro.

– A partir de então, participa de dezenas de trabalhos, somando ao longo da década, mais de 40 peças realizadas.

-Nos anos 70, a convite de Roberto Gómez Bolaños, passa a fazer parte do cast da Televisa. No canal, o ator encenaria os personagens Nhonho e Senhor Barriga.

– Suas aparições seriam feitas nos seriados Chaves, Chapolin e Chesperito. Entre os bordões criados, destaque para: “Tinha que ser o Chaves de novo”, “Pague o aluguel” e “Olha ele, olha ele”.

– No Brasil, sua voz foi dublada por Mário Vilela. O profissional, já falecido, foi responsável pela dublagem de diferentes tipos, entre eles: Mr. Green (Hey Arnold) e Mr. Jenkins (Caillou).

– Ainda sobre Edgar, ele atuaria, já nos anos 90, em novos espetáculos teatrais. Entre os mais importantes, destaque para: "Marcelino pan y vino" e "En Roma el amor es broma".

– Na teledramaturgia, participaria, no ano de 1997, de “Alguna vez tendremos alas”. A trama, por sua vez, seria dirigida por sua antiga colega Florinda Meza.

– No ano de 2003. a convite do SBT, concede uma longa entrevista para o programa “Falando Francamente”. Ainda na atração, é homenageado pela apresentadora Sonia Abrão.

– Em 2010, participa, juntamente com Carlos Villagrán (kiko), do Programa do Ratinho.

– Na mesma semana, é agraciado com uma nova homenagem, prestada, dessa vez, no chamado Festival da Boa Vizinhança.