Minilua

Biografia Minilua – Roberto Gómez Bolaños #2

El Chavo de Ocho: 20 de junho de 1970, sem dúvida alguma, uma data marcante para a história da tv mundial. A partir de então, nascia um dos seriados mais queridos por todos, “El Chavo del Ocho”. Chaves, como ficou conhecido no Brasil, é um garoto de 08 anos, órfão, e que reside em um pequeno vilarejo. Seu dia-a-dia, entre outras coisas, é composto de brincadeiras como os amigos Kiko (Carlos Villagrán), Chiquinha (Maria Antonieta de Las Nieves) e Nhonho (Edgar Vivar).

Repercussão

Na década de 70, diversos foram os países que exibiram o seriado. Por aqui, a atração ganhou força a partir dos anos 80, registrando elevados índices de audiência. Não menos importante, coube a Marcelo Gastaldi, a dublagem da voz do personagem no Brasil.

Frases marcantes do Chaves

– “Foi sem querer, querendo!”

– “Ninguém tem paciência comigo”.

– “O gato ou o kiko?”

– “É mais fácil sustentar burro a pão-de-ló!” (intervenção durante a fala de Seu Madruga (Ramón Valdés).

– “Olha, o dia que você for trabalhar na televisão, vai ter que trabalhar em cinco canais ao mesmo tempo” diálogo com Nhonho (Edgar Vivar).

– “Eu vou comprar roupas pra todo mundo que precisa de roupa, como aquelas pobres senhoras que aparecem naquelas revistas que o senhor lê” (diálogo com o Seu Madruga).

Outros personagens

Doutor Chapatin: Poucos sabem, mas o personagem nem sempre atuou como médico. Em 1968, por exemplo, no programa “Los Supergenios de la Mesa Cuadrada”, ele ficava a cargo de satirizar as cartas enviadas pelos supostos telespectadores do programa. Ainda sobre o personagem, ele ficou bastante conhecido pelos bordões: “Isso me dá coisas”, “Insinua que sou velho” e “Agora sim, vou ao futebol”.

Chómpiras: Sua primeira aparição ocorreu em um dos esquetes de Chesperito, “Los Caquitos” (Os gatunos). Chómpiras, entre outras coisas, contava com o suporte do amigo Peterete (Ramón Valdés).

Chaparrón Bonaparte: Um dos personagens mais carismáticos de Bolaños. No Brasil, ele ficou conhecido a partir da década de 90, durante a exibição do programa “Chesperito” pela Rede CNT. Durante suas aparições, era comum encontrá-lo dialogando com Lucas Pirado (Rubén Aguirre).

Curiosidades

– Roberto Gómez Bolaños é o segundo filho do casal Francisco Gómez Linares e Elsa Bolaños- Cacho Aguilar. Seu pai era conhecido por seu talento como pintor e desenhista. Atuava também como ilustrador de importantes veículos da imprensa mexicana.

– Sua mãe, Elza, se vê em uma situação bastante difícil aos 32 anos de idade. Na época, seu marido havia falecido, e ela, mais do que depressa, necessitava garantir o sustento dos filhos Francisco, Roberto e Horácio.

– Ainda sobre a mãe de Bolaños, graças a uma vivência nos Estados Unidos, durante a Revolução Mexicana, ela conquistaria um emprego na empresa “Petróleos Mexicanos”, atuando como secretária bilíngue.

– Roberto Gómez, após a conclusão do segundo grau, ingressaria na Universidade Nacional Autônoma do México. Por lá, ele se dedicaria aos estudos da engenharia elétrica.

– É bom que se diga nosso biografado jamais concluiria o curso universitário. Paralelamente a isso, começava a tomar gosto pelas letras.

– Já na década de 50, após uma bem sucedida passagem pela agência Darcy, começa a colaborar com atrações televisivas da TV mexicana.

– Foi com 28 anos de idade, que Roberto Gómez Bolaños, receberia o apelido de “Chesperito”. Ele, por sua vez, fazia referência ao dramaturgo William Shakespeare.

-“El Ciudadano Gómez”, marcava a estreia de Chesperito na chamada TV TIM (Televisión Independiente de México). O personagem, por sua vez, era apresentado aos sábados, dentro do programa “Sábados de La Fortuna”.

– Foi em “Los Supergenios de La mesa Cuadrada”, que um dos principais personagens de Chesperito, Dr Chapatin”, ganhava sua primeira aparição. O programa, aliás, fazia uma sátira ao clássico “Os cavaleiros da távola Redonda”.

– Ainda sobre a atração, ela foi responsável pela popularização dos atores Rubén Aguirre, Ramón Valdés e Maria Antonieta de Las Nieves. Diga-se de passagem, foi a partir daí, que nasceria uma das mais sólidas amizades do meio televisivo, a de Roberto Gómez Bolaños com Dón Ramon Valdés.

-Com o prestígio conquistado, Chesperito, ainda em 1970, ganharia um programa próprio na TV Tim.

– El Chapulin Colorado- Um fato curioso: A ideia inicial de Roberto Gómez era a de que outro ator pudesse dar vida ao personagem. Inúmeros testes foram feitos para tal, todos é claro, sem sucesso. Diante disso, coube, uma vez mais, ao grande comediante, levar a cargo a função.

-Chapolin, por sua vez, era baseado em uma espécie de anti-herói, algo diferenciado, e que fugisse dos demais personagens da época: Batman, Superman etc. Isso, aliás, ficou demonstrado no episódio em que o comediante contracena com o chamado “Super Sam” (Ramón Valdés).

– Em relação ao traje do personagem, seu criador, tinha 04 opções: Branco, preto, azul e vermelho. No caso do branco, a cor em si, causaria uma série de problemas durante as gravações. O tom preto indicaria luto, o azul, prejudicaria os efeitos em Chroma Key, restando então, o vermelho, utilizado no decorrer da série.

– El Chavo del Ocho: Seu título fazia referência ao canal 08, emissora onde a série era exibida. Anos mais tarde, a rede passaria a se chamar Televisa.

– Por sua vez, coube a rede mexicana, a comercialização do seriado, ainda na década de 70, para diversos países latinos.

– No Brasil, a atração foi exibida a partir de 1984, no SBT, dentro do extinto programa do Bozo. Por aqui, os primeiros episódios apresentados foram “Caçando Lagartixa” e “Seu Madruga Sapateiro”.

– Ainda na década de 80, Gugu Liberato, através de seu “Viva a Noite”, realizaria uma longa entrevista com Roberto Gómez Bolaños.

– Certo tempo depois, em 1989, é lançado o primeiro e único LP da série. Entre as faixas do disco, destaque para “Aí vem o Chaves”, “Tchuim Tchuim Tchum Clain”, “Kiko”, “Chiquinha”, “Seu Madruga” e “Barulhos da Cidade”.

– Além destas, outras faixas, popularizadas ao longo dos anos 80, conquistariam os brasileiros, entre elas: “Se você é Jovem Ainda”, “”Quando me Dizes”, “Peludinho” e “Boa noite vizinhança”.

– Voltando ao nosso biografado, ele é casado com Florinda Meza (dona Florinda), e tem seis filhos, frutos de seu primeiro casamento.

El Chavo, La Serie Animada: Lançado em 2006, o trabalho contaria com a direção de seu filho, Roberto Gómez Fernández. Na versão animada, a dublagem do personagem Chaves ficou a cargo de José Otávio Guarnieri, conhecido como Tatá Guarnieri.

– Atualmente, além do SBT, o seriado e o desenho são exibidos pelo Cartoon Network.

– E por fim, fechando o post, ficam o nosso carinho e homenagem a Roberto Gómez Bolaños. Até a próxima!