O bolsa família não compra uma calça jeans para minha filha

bolsa familia calca

O programa bolsa família já ajudou e ainda tem ajudado muitas pessoas em situação de pobreza e extrema pobreza a manter suas necessidades básicas. Muitas famílias têm sobrevivido somente com este valor.

Porém, durante uma reportagem sobre o bolsa família em SP, uma senhora entrevistada disse que recebe o mesmo valor, R$ 134,00, há 8 anos e que este valor não paga nem uma calça jeans de R$ 300,00 para sua filha de 16 anos.

Pelo visto as “necessidades básicas” do ser humano evoluíram consideravelmente, nas quais devem incluir também roupas de marcas importadas.

Se continuar desse jeito, daqui a pouco o governo terá que criar uma bolsa calça, bolsa camisa…já que as últimas coisas a serem lembradas serão alimentação e educação. Infelizmente essa é a realidade!

  1. Clovis Pinto

    2 de agosto de 2013 em 23:05

    alguem indique um brecho pra esta criatura,e que elaponha os pes no chao

  2. Jonatas R Silva

    25 de julho de 2013 em 17:29

    Eu não costumo fazer comentário, mas o vídeo acima é uma piada de mau gosto… só mostra que as famílias estão despreparadas para administrar essa quantia. é pouco, sim mas é para a vida escolar. esta mulher não trabalha ? e o marido dela também não ? GENTE POE A MÃO NA CONSCIÊNCIA. isso é só um auxilio.

  3. Daniel Roberto Santos

    31 de maio de 2013 em 11:03

    O problema é que vivemos numa sociedade consumista. Somos bombardeados todos os dias que precisamos comprar, comprar e comprar. Tem que ter o celular mais novo, a camisa da marca tal, o carro do ano. Tenho certeza que isso ocorre com vários que estão lendo isso, e isso também ocorre com as pessoas mais pobres. Sei que muitos falam que é muito dinheiro para uma calça e com esse dinheiro dava pra compra comida que é um item mais importante para sobreviver, mas pensem quem tá na pobreza toda a vida, cresceu sem educação e sem um monte de coisas, tendo que se contentar apenas com o básico para sobreviver. A vida não é apenas para sobreviver, essas pessoas também tem desejo, tem vontades, claro que podiam ter lutado para sair dessa situação, mas digo que muitos nem sabem que é possível mudar essa situação. Nasceram assim, foram criados assim pelos seus pais, que também não tinham estudos, e com certeza estão criando os filhos da mesma maneira, é um ciclo sem fim, que cabe ao governo e a sociedade (isso mesmo nós) mudar isso. Concordo com muitos que o Bolsa-família do jeito que é feito hoje não vai funcionar, o dinheiro tem que ser algo provisório, algo que sirva para ajudar quem está realmente necessitado com suas necessidades básicas, só que apenas o dinheiro não basta, junto tem que vir a educação. Mostrar para as pessoas que é possível mudar de vida, que dá sim, basta esforço e planejamento. Para receber o auxilio, as pessoas têm que manter os filhos na escola, só isso já justificaria o auxílio, cabe agora a todos ajudarmos essas crianças a terem uma educação de qualidade para que quebrem esse ciclo para que tenham a consciência que o futuro delas pode ser diferente e que pagar R$ 300 numa calça jeans é um absurdo e que elas realmente não precisam disso.

  4. Kelcey Melo

    29 de maio de 2013 em 14:19

    Se o Julius ouve essa mulher falando, o bicho tem um micro avc.. uahauhahahua

  5. Texugo64

    28 de maio de 2013 em 03:58

    vejam aí a versão musical do video kkk, muito bom.
    http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=h5uyJFrwrcs

  6. Jamile Costa

    26 de maio de 2013 em 18:15

    que calça cara é essa minha tia?

  7. Bruno Siqueira

    25 de maio de 2013 em 22:20

    Muita gente que não tem mais necessidade de usar essas verbas ainda continuam ganhando.
    Uma vergonha que esse auxílio esteja sendo usado para fins supérfluos. Cade a fiscalização?

  8. Ivan Lobo

    25 de maio de 2013 em 22:08

    Não tiro o direito dessa mulher informar que o valor não paga nem uma calça para a filha jovem, de 16 anos, todo adolescente é assim, seja rico ou pobre, querem o que está na moda, o que os amigos usam, o que a mídia detona na mente do pobre ser humano que não entende, que deve ter aquilo, tem que ter aquilo para ser bonito, parecer bem sucedido, ser aceito na sociedade. Pois bem, mas a bolsa família está aí com outra intenção, por mim poderia cancelar a bolsa família desta criatura, não sei como ainda filmam e postam. Eu não daria o meu rico dinheiro suado para um bando de gente pagar a prestação de tv led, home theater, roupas de grife, baladinhas, bebidas, etc… Mas infelizmente o governo recolhe e distribui conforme os seus interesses.

  9. Davi Paiva

    25 de maio de 2013 em 19:23

    Deixa eu ver se entendi: “(…) já que as últimas coisas a serem lembradas serão alimentação e educação”, certo?
    Mas como o Minilua critica a sociedade se fomenta a alienação como em postagens como esta?
    http://minilua.org/20-maneiras-irritar-professor/

  10. Nini

    24 de maio de 2013 em 19:30

    Eu nunca tive uma calça cara, e agora descubro que tô pagando a dos outros…

  11. kaka

    24 de maio de 2013 em 12:56

    Gente alguem me ajudaaaa, eu também to sem calsa aqui em casa… aiiii meu deus alguem ai que tenha o coração de ouro vai me ajudar néh ( chorando)…

  12. Cristiano Araujo

    23 de maio de 2013 em 23:49

    esta senhora devia tomar vergonha na cara na africa varias crianças estão morrendo de fome e a filhinha dela quer andar de calça de marca va trabalhar seus vagabundos

  13. Cristiano Araujo

    23 de maio de 2013 em 23:46

    isto e muta vaidade pessoas assim vão continuar miseraveis eu tenho e do

  14. André Stubinski

    23 de maio de 2013 em 21:18

    é aquela velha historia ,humildade não tem classe social.”só por jésuss, usa uma calça de 300 conto!,pfv!

  15. Augusto França

    23 de maio de 2013 em 20:36

    Essa mulher devia era perder acesso ao benéficio, cretina idiota!!!!

  16. Paulo

    23 de maio de 2013 em 19:35

    Adorei o que essa jornalista falou sobre a Bolsa Família, assisti ao vivo esse vídeo, acho ela um mulherão com muita lábia, ela deu uma lição de moral para o governo que defendem o Bolsa Família sem ajuda Social, ela falou que essas pessoas que dependem da bolsa família precisa crescer na vida para sair da bolsa família, porque senão o poço pode secar e se o poço secar!!!…como é lindo ver uma mulher linda falando assim e sobre isso…
    O nome dela é Rachel Sheherazade jornalista do SBT BRASIL.
    https://www.youtube.com/watch?v=EUYXHGTlXQk

  17. Lilian Leite

    23 de maio de 2013 em 15:37

    qe burra! Oo

  18. Mário Durães

    23 de maio de 2013 em 15:23

    O problema não é esse que você estão pensando: ” Se ela comprasse uma calça mais barata”. O Bolsa família é pra ajudar nas necessidades básicas, como a alimentação. compras. e não roupas…. Isso você tem que fazer com seu dinheiro. e Duvido que eles ganham apenas esse valor, pelo que pesquisei eles ganham bem mais. Esse povo que é preguiçoso e quem sempre mais. Quem paga por isso somos nós, quanto esse povo do nordeste se aproveita de “de várias bolsas” nós trabalhamos e pagamos.

  19. Tatá Menezes

    23 de maio de 2013 em 15:03

    Cara, eu compro calça de 70 reais parcelada em 5 vezes e essa pessoa quer bolsa familia pra comprar calça de 300 reais? Trabalhar que é bom ninguém quer

  20. Shun dlç

    23 de maio de 2013 em 13:23

    Pobre metido a rico é uma merda mesmo… não tem nem condições de moradia digna, mas quer mostrar pro mundo q anda na moda… se eu fosse rico, compraria calças caras, mas como não sou, tenho q me conformar e não ficar explorando a minha mãe com coisas fúteis… essa é a real

    • Pedro

      23 de maio de 2013 em 14:52

      não tem a ver com moda, tem a ver com fazer o quadradinho de 8 com estilo…

      • Shun dlç

        23 de maio de 2013 em 14:56

        aushuashuash seria uma boa se a calça rasgasse bem no meio da performance… xD

  21. Gabriele Gomes

    23 de maio de 2013 em 12:46

    acho q essa mulher foi mal interpretada, acho que ela iria comprar várias calças, pq até hoje nunca vi uma calça jeans custar 300 reais

  22. Carlos Alberto Caio Ferri

    23 de maio de 2013 em 12:07

    Por que ao invés de reclamar ela não vai procura um emprego.

  23. gato do apocalipse

    23 de maio de 2013 em 11:20

    por isso que sou contra esses tipos de bolsa, e fácil um partido dizer que é do povão, distribuir bolsa família, bolsa escola, bolsa faculdade, bolsa afro-descendente, bolsa sei la mais o que. O que tem que fazer e investir na educação publica pra que os mesmo conquistem seu dinheiro

    • Karin

      23 de maio de 2013 em 13:58

      Bolsa afro- descendente? kkkkk

  24. Karin

    23 de maio de 2013 em 10:22

    Essa mãe ai deve ser analfabeta e a filha ta passando a perna nela… ela nem deve saber oq esta falando T.T q absurdo não estou acreditando nisso… to puta da vida que vontade de explodir d raiva.. gente estou pasma que vontade de bater em alguém de quebrar a cara da filha dessa mulher q deve ser daquelas meninas desgraçadas q só ligam para coisas da moda, aparência e se não ganhar oq pede xinga os pais, capaz q essa mulher ai apanha da filha pq não pode um trem desse não aff

    • Iago Fernandes

      23 de maio de 2013 em 19:24

      afffs Karin se nem sabe como a menina é e já vai falando coisa sem saber vai que é a mãe dela que mima a própria filha, affs governo devia msm tirar esse bolsa famíla desse povo

      • Karin

        24 de maio de 2013 em 14:31

        Se mimasse tanto a filha ela diria > esse dinheiro não da nem pra comprar um carro do ano pq daq 2 anos minha filha vai fazer 18 e eu tenho q dar um carro do ano pra ela…

        Mais vc esta certo eu não sei de nada mesmo por isso disse> Deve ao invés de > é < , não afirmei nada... desculpa.

    • Matheus S.

      23 de maio de 2013 em 10:35

      Absurdo é a gente não se casar,sua linda.

      • Karin

        23 de maio de 2013 em 13:00

        Aé? então pode marcar a data do casório, seu lindo kkkkk sqn

        • Matheus S.

          23 de maio de 2013 em 13:14

          “Sqn”….Okay.

          • Karin

            23 de maio de 2013 em 13:19

            Ahhhh não fica triste não..

  25. Karin

    23 de maio de 2013 em 10:06

    É POVO BRASILEIRO! VER UMAS COISAS DESSAS ME DA ORGULHO, FELICIDADE. COMO Q ESSA MULHER NÃO TEM NEM VERGONHA DE FALAR UMAS COISAS DESSAS EM REDE… DEPOIS O GOVERNO Q ACHA Q FAZ MUITA COISA CORTA O BENEFÍCIO AI EU QUERO VER… pior é q tem gente q precisa mesmo desse beneficio e por caudas e mulheres vagabundas como essa, ai os coitadinhos q realmente precisam do benefício levam má fama de serem vagabundos sustentados pelo governo, poxa 134 reais ? nem sei q milagre um pai de família com no minimo 3 filhos faz sobreviver com um salário minimo imagina com 134 reais ?… E vontade de dá uns tapas na cara dessa mulher e da filha dela.

    • Karin

      23 de maio de 2013 em 13:51

      por causa de*

  26. Igor Castro

    23 de maio de 2013 em 09:31

    300 reais nunca calça jeans.. O.O

  27. Valdecio Fadrini

    23 de maio de 2013 em 09:16

    essa dai merece ser apedreijada

  28. Feh

    23 de maio de 2013 em 04:00

    Minha mãe e creio que a de muitos aqui faziam milagres com o bolsa família. Minha mãe só me comprava roupas de brechó, e confesso que tenho esses espirito. Posso ser o maior sovina do mundo mas.. Eu não daria R$ 3OO reais em uma roupa nem a pau…

  29. Kuro Black

    23 de maio de 2013 em 00:17

    Não sei por que tanta frescura, Essa calça e de ouro ?

  30. Karen Carollo

    22 de maio de 2013 em 23:39

    Uma sugestão minha senhora: Quer dar uma calça de 300 reais pra filha? Vá trabalhar! Não fique esperando comprar supérfluos com o bolsa esmola!! Que vergonha essa política assistencialista!

    • Feh

      23 de maio de 2013 em 04:04

      Eu não daria uma calça e nem compraria uma calça de 3OO reais nem a pau. Na boa, podem me chamar de sovina mas prefiro Usar R$ 3OO reais e comprar 3O calças no brechó do que usar para comprar uma só…

      • Pedro

        23 de maio de 2013 em 14:51

        I wear your granddad’s clothes, I look incredible…

  31. Júlia Jaqueline

    22 de maio de 2013 em 22:11

    Isso é coisa de quem não tem nada mas quer pagar de ”chique”. Uma calça vale mais que comida e água agora? Me poupe. Dá muito bem para ir em feiras e achar calças por menos de 15 reais. Agora quer usar roupa de marca? Me poupe.

  32. Fabiano Helenos

    22 de maio de 2013 em 21:32

    o cara trabalha 8 horas por dia, 6 dias por semana, tendo que contar as moedinhas pra tomar um café, e essa senhora comprando calça de 300 reais com bolsa familia? quer dizer, com o dinheiro dos otários, digo, contribuintes que tem que bancar essa palhaçada. cara 300 reais eu compro roupas pra passar o ano todo, e olha que onde eu moro as coisas são caras, uma calça jeans mais básica custa cerca de 50 reais, é cada uma viu…

  33. Tywin Lannister

    22 de maio de 2013 em 20:45

    Mulher não tem dinheiro nem pra comprar comida,vai querer comprar calça jeans?

  34. Dark Vampire

    22 de maio de 2013 em 20:36

    O quê? Foi isso mesmo que eu li? A pessoa recebe dinheiro que devia ser usado pra comida, educação e o mínimo que se precisa pra viver estavelmente (e não tem dado certo) e em vez de prezar por isso ela quer comprar calça jeans de 300 reais? Merecem duas coisas: Dar uma surra na filha, por querer uma calça de 300 reais quando ela sabe que precisam do bolsa família pra viver e uma surra nessa mãe que ainda apoiou a filha nisso. EU compro uma calça de 100 reais achando caríssimo, e ela quer uma de 300? Coitada…

  35. Lucas Rodrigues

    22 de maio de 2013 em 20:28

    Que triste realidade 🙁

    • Iago Fernandes

      23 de maio de 2013 em 19:19

      Que triste realidade ? Isso se chama frescura,acho que o governo devia dar emprego para as pessoas pararem de mimar de ficar ganhando 134,00 reais e reclamando

  36. Zé James

    22 de maio de 2013 em 20:07

    Ao em vez de darem esse “bolsa esmola” deveriam tirar ele e aumentar o salário mínimo, pois quem receberia é gente que trabalha e não fica só fazendo filho para viver nas custas do governo de bolsa família e bolsa escola.

  37. Jonathan Fabrício Pereira

    22 de maio de 2013 em 19:51

    Velha escrota!

  38. Morgan0

    22 de maio de 2013 em 19:22

    Acho um absurdo isso… Pior que essa grana que ela ganha é somos nós que pagamos, nunca vi ninguém fazer uma greve para educação… É porque será? Estudo é perca de tempo, ah eu posso ganhar tal valor do governo para que estudar? Brasileiro acostumou-se a ser medíocre para sair desse ciclo vicioso vão ter que começar quebrando a TV. Acho que a maior mentira que a televisão anda disseminando por ai; principalmente falando que o nível das escolas estão subindo, só tolos acreditam nisso… Deputado federal analfabeto ganha mais que um professor que leciona na faculdade. É acho que não precisa dizer mais nada…

  39. 3 Hits

    22 de maio de 2013 em 19:07

    Agora, é ridículo a mulher falar: nem da pra comprar uma calça pruma jove, q uma calça puma jove hoje ta de 300 reais. Mentira. Se ela procurasse, ela encontrava mais barato. Eu não sei qual a situação dela, mas eu por exemplo, fico praticamente com um salário mínimo. tenho um lugar bom pra morar, internet boa e etc. Mas eu faço um planejamento e não fico gastando com luxos. Eu vivo pra estudar e melhorar de vida. Se cada um fizesse isso, um dia teriam dinheiro pra comprar uma calça de 300 reais.

    • Paulo

      23 de maio de 2013 em 16:27

      O pessoal quer ganhar dinheiro de graça sem fazer nada na vida, isso já é vergonha e a consideração que ela dá é de falar mau da ajuda que está recebendo do governo, a bolsa Crack é a vergonha mais pior, só porque a família se estraga e agora o governo deve dar R$ 1.325,00 de bolsa Crack, gastando mais de milhões, o governo deve gastar mais o dinheiro é na ajuda social com todas as família e tratamentos para tirar a falta de educação e a alienação das pessoas de todos os tipos de problemas, eu acho uma vergonha a bolsa Crack, porque para mim, é uma corrupção dos mensaleiros para ajudar os bandidos a ganharem mais dinheiro do que estavam ganhando, onde já se viu em dar muito dinheiro para uma família errada e sem estrutura, o que importa são as pessoas que querem crescer na vida pelo jeito certo, com estrutura familiar e com educação para com tudo.

  40. Xion

    22 de maio de 2013 em 19:04

    Pra que gastar tanto dinheiro numa calça,é só comprar uma mais barata,já dizia meu pai “As roupas não precisam ser bonitas nem de marca,desde que cubra seu corpo já está bom”.Oque vale mais?Uma calça ou comida pra você sobreviver?

    • Ramon Rodrigues Silva

      25 de maio de 2013 em 23:39

      mandou !

    • Kuro Black

      23 de maio de 2013 em 00:08

      Meu pai também costumava dizer muito isso…

    • Bardock

      22 de maio de 2013 em 21:53

      O que vale mais? Um gol contra ou 1/8?

    • Dark Vampire

      22 de maio de 2013 em 20:44

      Isso mesmo Kana-chwan, tem famílias que se acomodam no bolsa família e acham que é um salário como o de quem trabalha de verdade, daí ficam cheios de querer e pensam que quem é errado é o governo de não dar o tanto que eles acham que merecem.

      • Paulo

        23 de maio de 2013 em 16:30

        Realmente, você falou certo Dark Vampire, para que dar dinheiro para gente que não tem Educação, o que vale mesmo é o governo dar dinheiro para a Educação e não para um bando de Idiotas que só querem aproveitar dá ajuda social do governo.

    • Lucas Rodrigues

      22 de maio de 2013 em 20:27

      Falou tudo kanade 😉

  41. I AM STRONG WITH DARKSIDE

    22 de maio de 2013 em 19:04

    TEM QUE SEGUIR O EXEMPLO DO JULEOS…
    [img]https://twitter.com/walisonnaraujo/status/222146243269361666/photo/1/large[/img]

  42. 3 Hits

    22 de maio de 2013 em 19:03

    Peguei o comentário de um cara ai, que representa mais ou menos o que eu penso do Bolsa família e etc. Acho que programas assistenciais não só são necessários como benéficos para o país, pois há pessoas que realmente morreriam de fome (como tantas morreram no passado) sem o tal benefício. Mas também são necessárias soluções a médio e longo prazo, como melhorias na educação e acesso a empregos dignos.
    O problema é que o Governo optou por realizar somente a parte mais fácil da solução (já que é isso que garante votos!). Aí os aproveitadores deitam e rolam!

  43. Mother of Dragons

    22 de maio de 2013 em 18:58

    Aff, roupa dar sim para comprar, agora estudo de qualidade pode esquecer, não paga nem cursinho.

    • Matheus S.

      22 de maio de 2013 em 19:06

      Nosso amor vale mais que todo dinheiro do mundo,sua linda.

  44. Li Syaoran

    22 de maio de 2013 em 18:55

    Esse “bolsa-voto” para os políticos já é um ato ridículo por si só, ainda mais por criar aberrações como essa! Já tive uma professora que disse que certa vez haviam expulso um aluno (daqueles bem filhos da puta mesmo) da escola pública em que ela lecionava. Na semana seguinte o pai do moleque chegou na diretoria fazendo exatamente essa questão: “EU GOSTARIA DE SABER POR QUE O MEU BOLSA-FAMÍLIA FOI CANCELADO?”, aí a direção explicou que o aluno foi expulso por má conduta, etc mas em nenhum momento ele questionou a medida pela educação do filoho, apenas dizia que “estava desempregado, passando por dificuldades e que precisava do benefício blablabla. O Bolsa-Família é a maior prova de que ainda vivemos no pão e circo.

    • Paulo

      23 de maio de 2013 em 17:22

      Olha, eu me lembro muito de um ditado de uma entidade Bahiana do terreiro de umbanda que frequentava, que era o seguinte, “Se você dar um monte de peixe para um homem com fome, ele vai comer, comer e comer, depois ele vai se cansar ficar enjoado, insatisfeito e ainda por cima dependente, agora se você dar uma vara para ele pescar, mesmo se ficar difícil se ele pegar um peixe, somente um peixe, pelos seus próprios esforços, ele vai comer com muita vontade e vai ficar realmente satisfeito e ainda por cima independente de todos, sabendo pescar tudo e tendo mais experiência.”

    • Karin

      23 de maio de 2013 em 10:08

      Você tem toda rasão Li.

    • Li Syaoran

      22 de maio de 2013 em 18:59

      P.S: Gastar com roupas de marca é uma das coisas mais idiotas que uma pessoa pode fazer. Por que gastar R$300 numa calça? Ela é feita com diamantes porra? E se for deve ser desconfortável pra cacete. O máximo que já gastei numa calça foi R$29,90 e mesmo assim achei caro.

  45. Romulo Souza

    22 de maio de 2013 em 18:43

    Antes de tudo, acho errado esse bolsa família, tá certo que ajuda muita gente que vive na pobreza, mas eu acho que criar oportunidades de educação e trabalho pra essas pessoas é bem melhor do que dar dinheiro, acho que as pessoas tem que conquistar as coisas com o proprio esforço, isso deixa pessoas mal acostumadas.

    • Lucas

      22 de maio de 2013 em 18:47

      Acho que o termo ”deixa as pessoas mimadas” é melhor…

      • Paulo

        23 de maio de 2013 em 17:09

        Realmente Romulo

  46. Viciado em Guarana

    22 de maio de 2013 em 18:40

    O investimento na sáude pública no brasil é de 35 bilhões por ano
    O investimento na educação BÁSICA não chega a 10 bilhões por ano
    O governo investe mais de 70 bilhões no bolsa família todo ano
    A coisa já não tá certa começando por ai!
    Além de ser um péssimo investimento, é como se estivesse dando esmola a população mais miserável, chega a um ponto q algumas “mães” tem vários filhos só pra receber o dinheiro todo mês.
    Tenho certeza q se esse dinheiro fosse melhor aplicado,
    nas áreas mais carentes seria muito mais proveitoso!

    • Paulo

      23 de maio de 2013 em 16:45

      Acho que seria bem melhor aplicadas na raiz de todos os problemas Sociais, como dar dinheiro para uma entidade que cuidam de pessoas sem estruturas, na educação, na mudança de leis que realmente estão precisando, como dar pena de morte para quem realmente merece, para reduzir a violência e o Brasil mais temido pela sua justiça certa e muito bem feita, hospitais mais preparados e com sistemas mais completos que ninguém nunca via e entre outras raízes que devem serem olhadas e tratadas muto bem.

    • Hideki Hinata

      22 de maio de 2013 em 21:23

      Eu até aceitaria (discordo, mas não daria tanta atenção) bolsa família, se pelo menos estivessem investindo bem na educação…

  47. Breno Henrique de Souza

    22 de maio de 2013 em 18:34

    Eu achando minhas calças de R$49,90 da Pernambucanas cara….

    • Paulo

      23 de maio de 2013 em 16:38

      Meu, as Pernambucanas sempre achei roupas baratas e são de Marcas, dá para achar lá até menos do que esse preço e ainda mais naqueles dias de promoções malucas de roupas de R$ 20,00, R& 30,00 e aí vai…

  48. Hudson Shinoda

    22 de maio de 2013 em 18:34

    Acho que essa deve ser mais uma daquelas mães, no qual os filhos que estão cientes da situação (ou até não) insistem em pedir coisas que estão aquem da situação financeira dos pais…
    E os pais ainda dão razão ao tal filho (folgado) ao inves de mostrar a realidade a ele

    Enfim.. calça de 300 reais, é só pra quem é rico e/ou trabalha muito

  49. Dark J

    22 de maio de 2013 em 18:33

    Uma calça custa no minimo (sem ser pirata) uns 20$. Então não deve ser tão dificio… Ou não…

  50. Bardock

    22 de maio de 2013 em 18:29

    Compra uma calça mais barata e problema resolvido. (Em qualquer feira da pra achar calça jeans por R$15,00…)

    • Paulo

      23 de maio de 2013 em 16:35

      Tenho um Blusão de Britânico que em determinadas lojas custam R$ 100,00 e numa outra loja que eu comprei numa mesma marca, o blusão saiu por R$ 20,00, tem sempre lojas de marcas que vendem roupas baratas, até mesmo em outros bairros e lojas com preços diferenciados.

    • Hideki Hinata

      22 de maio de 2013 em 21:20

      s vezes, eu compro roupas em feiras e lojas pequenas, pago menos de 20 cada peça, e dura mais que algumas roupas de marca…

    • Hudson Shinoda

      22 de maio de 2013 em 18:35

      eu comprei uma nessas feiras livres por 30, e a calça é das melhores

      • Kuro Black

        23 de maio de 2013 em 00:09

        Curti seu comentário, não intencionalmente -.-“

  51. Guigui Fernando

    22 de maio de 2013 em 18:28

    Quanta frescura.
    Então quer dizer que se ganhasse 300 reais o mais importante seria sua comida e educação ou sua calça?
    Com 134 se compra comida pelo amor de Deus.Nem eu tenho uma calça de 300 reais

  52. Ana Carolina

    22 de maio de 2013 em 18:20

    Talvez, se ela comprasse uma calça mais barata o dinheiro renderia mais.

  53. Wagner

    22 de maio de 2013 em 18:10

    Dá para comprar comida e pedaços de panos para que sua filha não fique pelada? Então está ótimo.
    Consumismo “ataca” qualquer um, independente de riqueza ou de pobreza.

  54. Lucas

    22 de maio de 2013 em 18:09

    Pô né, comprava uma calça jeans mais barata, já sabe que o dinheiro não da e ainda quer comprar uma calça jeans de R$ 300,00? isso se chama frescura.

    • Ariel

      23 de maio de 2013 em 20:18

      bolsa família não foi feito para comprar roupas, bolsa família é um projeto para que a criança ou jovem possa estudar sem ter que trabalhar para comer, bolsa família serve exclusivamente para a comida! eu acho que deveria ter um cartão que você não sacasse o dinheiro mas sim fosse em algum supermercado e comprasse itens de sexta básica!

      • Ariel

        23 de maio de 2013 em 20:19

        cesta*

    • Paulo

      23 de maio de 2013 em 15:34

      Realmente, agora o pessoal quer usar o dinheiro de alto ajuda que o governo dá para comprar roupas de luxo, o que eles estão pensando, assim também não dá, tem tantas roupas de marcas baratas para o pessoal comprar até os de pouca renda e agora vem com isso!

90 Comentários
mais Posts
Topo