Minilua

Brincar: ontem e hoje

Houve um tempo em que não existia tantas variedades de brinquedos e mesmo assim as crianças se divertiam, com muita criatividade e sem os vícios tecnológicos de agora. As brincadeiras mais famosas eram: amarelinha, bolinha de gude, cantigas de roda, passa-anel, roda-pião, empinar pipa, entre outras. Vamos ver algumas imagens de de hoje em dia e de antigamente, estas, com as instruções?

Brincadeiras atuais

Esportes sempre em alta (que bom), e abaixo… os jogos eletrônicos…

Brincadeiras do passado

– Cinco Marias – Com cinco pedras de mesmo tamanho ou mais artesanal ainda (saquinhos preenchidos com arroz ou com areia). Joga-se todos os saquinhos no chão e tira-se um deles, posteriormente com a mesma mão joga-se para cima e pega-se um das que ficaram no chão. Tem que ir fazendo assim até que não reste nenhum saquinho no chão, pegando a todos eles. Na próxima rodada, em vez de pegar um saquinho por vez, pega-se dois. Na penúltima rodada pega-se três saquinhos ao mesmo tempo e na última rodada, pega-se todos de uma vez só. É bem divertido, especialmente para as meninas que fazem dos saquinhos suas bonecas!

– Roda – forma-se uma roda e canta-se cantigas antigas como: “pau no gato”, “ciranda-cirandinha””, “a canoa virou”, “pirulito que bate bate”, “samba lelê”, “e esta rua fosse minha”, “serra serra serrador”, entre outras.

– Escravos de Jó – Duas crianças cantam a música “escravos de jó, jogavam caxangá, tira, põe, deixa ficar, guerreiros com guerreiros fazem zigue, zigue zá”. Cada uma delas com uma pedrinha, garrafa plástica ou um bombom na mão, e vai seguindo o que diz a música.

– Amarelinha: A partir de um risco feito no chão, numera-se de um até dez, no último faz-se um arco representando o céu. Pula-se com um pé só dentro de cada quadrado, sem errar.

Batata quente- As crianças ficam em círculo e uma delas fica de fora. Passa-se uma bola rapidamente de mão em mão e quem estiver fora diz: “batata quente, quente, quente, … queimou!”,. Naquela criança em quem a bola parar, esta é eliminada.

– Roda-pião – Na maioria das vezes é de madeira, e o pião é um objeto cônico e quando torcido com a ajuda de um fio ou com as pontas dos dedos movimenta-se em giros.

Mas será mesmo que crianças e jovens estão mais agressivos e os vilões são os jogos eletrônicos? Ou trata-se de um reflexo da sociedade em geral?

Pais! Brinquem com seus filhos! Entrem no mundo deles…fará bem para eles e para vocês!