Minilua

As camisas de futebol mais feias da história #1

Começando mais uma série aqui no Minilua, agora chegou a vez de conhecermos as camisas de futebol mais feias da história. Como são dezenas de concorrentes, resolvi colocar dez “belezuras” por edição, pois assim fica mais fácil de decidir qual a mais bizarra.

Normalmente essas camisas fizeram ou ainda fazem parte de homenagens, datas históricas e campanhas de marketing que tinham como objetivo alavancar as vendas de produtos oficiais do clube, no entanto nem sempre é isso o que acontece, e o que era para ser uma relíquia, acaba virando arrependimento.

Sem mais delongas, vamos conhecer as dez camisas escolhidas para embelezar o nosso artigo.

Começamos com essa camisa do Stoke City, o ano era 1997 e a equipe de design responsável por elaborar a camisa parecia não estar muito inspirada.

Mais um modelo do Stoke City, dessa vez em 1993, onde a camisa mais parece uma fronha de travesseiro.

O goleiro do Southend United que usou essa camisa não deve ter boas lembranças.

A seleção de Serra Leoa só não é pior que a sua camisa de 2011 que unia azul, verde, uma montanha e um tigre.

O Shrewsbury Town resolveu inovar para a temporada 92, acho que não deu muito certo.

O Sheffield Wednesday não soube trabalhar muito bem com as cores em seu uniforme.

O Peterborough lançou essa ideia de camisa, para piorar Scunthorpe resolveu copiar o modelito.

Desde 1991 que os torcedores estão tentando entender o que significa essa arte presente na camisa reserva da seleção escocesa.

O Rosario tentou colocar Chaplin em sua camisa? Acho que não ficou muito bacana.

A camisa do Reggina na temporada 2012 não precisa nem de legenda.

Gostou desse artigo? Deixe o seu comentário!