Minilua

Cidades fantasmas: Kolmanskop #9

Em vários cantos do mundo existem cidades que foram totalmente abandonadas por seus moradores, algumas devido a vazamentos radioativos, diversas por ser tornarem economicamente frágeis e outras por terem sofrido com problemas naturais ou mesmo por serem consideradas assombradas.

Para você conhecer um pouco da história desses lugares, vamos fazer uma série de posts falando delas e dos motivos que levaram a ser tornarem Cidades Fantasmas.

 

Kolmanskop

Kolmanskop esta localizada no deserto da Namíbia e foi fundada por alemães, que queriam explorar a grande quantidade de diamantes que existia no local. Diz a lenda, que o nome da cidade em alemão é “colina Coleman”, e foi dado por causa de um carroceiro, Johnny Coleman, que abandonou seus pertences na colina, devido a uma tempestade de areia.

Aos poucos os alemães foram construindo a cidade, criaram um hospital, um teatro e grandes casas, mas sempre movidos pela ambição de encontrar as pedras preciosas que existiam por lá.

Como já era de se esperar, as jazidas de diamantes se esgotaram e com o término na primeira guerra mundial, a população acabou partindo para lugares que ainda possuíam riquezas. Os alemães acabaram deixando a cidade completamente abandonada. Dizem que o último habitante deixou a cidade em 1956.

A cidade durou cerca de IV décadas, sendo assim, cresceu na mesma rapidez em que foi abandonada.

Como Kolmanskop fica próxima de um deserto, com o passar dos anos, a areia começou a invadir o lugar, deixando rastros de areia e grandes dunas em quase todos os lugares. A cidade parece ser, ao mesmo tempo, assustadora e curiosa. E se caso você quiser fazer uma visita, precisará de uma autorização especial fornecida pelas autoridades de Namíbia.

Se você não tem espirito aventureiro, nem pretende visitar uma cidade fantasma, você pode conhece-la conferindo algumas imagens e assistindo ao vídeo. Saiba o que restou do local:

 

E então, o que achou da cidade fantasma?

Me adicione no Facebook: Nandy Martins