Minilua

A ciência dos alimentos: Bolinhos de chuva #18

E no especial desta semana, você confere um dos alimentos mais saborosos do Brasil: os bolinhos de chuva. Conhece também, os seus principais ingredientes e adeptos. Uma boa leitura!

Como o bolinho surgiu

Até hoje, pouco se sabe a respeito de sua origem. Acredita-se, no entanto, que ela tenha se desenvolvido em Portugal, e posteriormente, aqui no Brasil.

Por aqui, por exemplo, o produto conquistaria rápida aceitação dos brasileiros. Seu preparo, como se sabe, a partir dos anos 50 e 60.

Admirado por muitos, ele encontraria em São Paulo e no Rio de Janeiro, os seus principais polos de comércio.

Não menos importantes, as cidades de Porto Alegre e Curitiba. Cada qual, aliás, com ingredientes e temperos específicos.

O preparo

Consumido em grande escala, ele é preparado com uma série de ingredientes. Os mais conhecidos, sem dúvida, a base de ovos e de fermento químico.

Sua massa, requentada com farinha de trigo e com um pouquinho de leite.

Uma vez finalizado, o produto é levemente fritado. Como acompanhamento, os tradicionais chás e café quente.

Recheios

Sim, o bolinho poderá receber diferentes condimentos. Em muitos casos, por exemplo, o acréscimo de açúcar ou goiabada.

Para os mais inovadores, há ainda uma terceira opção. Esta, focada no coco e no leite condensado.

Apreciado por muitos, o bolinho poderá ser consumido quente ou frio. Dependendo é claro, do gosto e da temperatura do ambiente.

Bem, ficaram com vontade? Bora para a cozinha! Até a próxima, galera!