A ciência do impossível #1

Com o conhecimento humano crescendo em proporções épicas, cada dia nós somos surpreendidos com descobertas incríveis e até mesmo inacreditáveis. Parece que os livros de ficção estão virando realidade:




Teletransporte

quantum-entanglement1

O teletransporte sempre foi um dos sonhos da humanidade, afinal isso mudaria a maneira de viajar e poderia nos dar infinitas possiblidades no que diz respeito a exploração espacial. Porém essa ideia sempre viveu apenas nas histórias, até que alguns cientistas resolveram pensar de uma maneira um pouco diferente.

O passo fundamental para entender como a humanidade conseguiu fazer o primeiro teletransporte da história é saber que ele é diferente do que imaginávamos. Em geral, a ideia de teletransportar algo envolve matéria e energia, mas isso é muito complicado. Afinal “descriar” um material e recriá-lo em outro lugar vai contra algumas leis da física e torna o problema quase insuperável.

A segunda maneira imaginada pelos cientistas e autores de ficção era que poderíamos transformar um corpo em dados e transmiti-lo via internet ou algo do gênero, depois bastaria reconstruir o objeto enviado do outro lado. Obviamente essa tarefa é quase impossível, pois seria necessário ter os exatos materiais no ponto final da viagem e a complexidade do corpo teletransportado tornaria quase inviável a operação. E ainda existiria o grande perigo de perda de informação no trajeto, o que impossibilitaria a reconstrução do que foi transportado.

Mas e se nós, em vez de energia ou matéria, conseguíssemos transportar informação? É isso que os cientistas fizeram.

010150110902-von-neumann-quantico-7

Tudo começa com a estranha e mal compreendida mecânica quântica. Esse mundo das coisas pequenas têm uma propriedade que parece mágica, mas é apenas ciência.

O entrelaçamento quântico é um fenômeno onde dois corpos estão conectados por algo tão incrível, que mesmo estando a milhões de quilômetros de distância, eles são capazes de manter um certo nível de comunicação. Para deixar ainda mais estranho, essa interação acontece de maneira instantânea!

Imagine que duas bolas de futebol sejam os corpos conectados pelo entrelaçamento quântico. Se eu chutasse uma bola aqui, a outra, que poderia estar do outro lado do planeta, se movimentaria instantaneamente.

Esse fenômeno maluco, apesar de não ter nenhuma explicação completa, funciona perfeitamente e foi ele quem permitiu o primeiro teletransporte da humanidade.

Pesquisadores da Delft University of Technology isolaram dois elétrons em dois diamantes diferentes. Os dois possuíam o tal do entrelaçamento quântico. No teste, os cientistas invertiam a rotação de um dos elétrons e o outro, que estava a dez metros de distância, também mudou seu movimento. E o mais incrível é que isso ocorreu em 100% das vezes, ou seja, não foi o simples acaso.

De algum jeito desconhecido pelos seres humanos, esses dois pequenos elétrons trocaram informações entre si de maneira instantânea, atravessando o espaço vazio. Isso caracteriza um teletransporte, apesar de não ser de energia, nem da matéria, mas sim de informação.

shutterstock_37230739

Por esse fenômeno ser algo tão rápido e certeiro, o mesmo está sendo usado para criação da tão falada computação quântica, que pode criar computadores muito mais rápidos do que temos atualmente, exatamente pelo fato da informação viajar rapidamente.

  1. VanDrak SubZero

    5 de novembro de 2014 em 17:19

    Aguardando essa nova orda de computadores quânticos :p
    vai ser foda XD

  2. Bru No

    25 de outubro de 2014 em 08:00

    O entrelaçamento quântico é uma propriedade de corpos quânticos (subatômicos ou constituintes, como quarks, fótons, léptons (incluem os elétrons) e bosons). Quando dois ou mais corpos estão entrelaçados, seus spins, frequências, quantidade de energia, enfim, todos os seus números quânticos, quando somados, resultam no valor exato do sistema. Por exemplo, se o spin de um sistema é 0, e o spin de uma de duas partículas entrelaçadas é no sentido horário, a outra partícula obrigatoriamente deve ter spin igual em módulo, mas em sentido diferente (anti-horário). Agora algo mais interessante acontece quando essas duas partículas são fótons (partículas que “carregam” a luz).

    O experimento foi feito por uma cientista brasileira, até. A cientista foi capaz de teletransportar a informação de vários fótons, tirando foto de uma imagem que estava fora de alcance da câmera. Ela separou vários fóton em pares entrelaçados, mirando um laser em um cristal de borato de bário, e já que pela conservação da energia e pelo entrelaçamento quântico, as informações de um fóton deveriam ter efeito no outro. Assim, mirando um dos feixes de fótons resultantes numa imagem de um gato (em homenagem ao cientista quântico Schrödinger), os outros fótons, entrelaçados, transmitiram a mesma imagem na lente de uma câmera. Como a câmera era especializada para tirar fotos apenas de fótons de certa frequência, outros fótons não interromperam a imagem, que saiu perfeitamente nítida; mesmo sem a câmera ter mirado na foto em si.

    [img]http://images.nationalgeographic.com/wpf/media-live/photos/000/830/cache/quantum-cats-1_83007_990x742.jpg[/img]

    À esquerda, fótons que tocaram na imagem, à direita, fótons entrelaçados quanticamente.

    • Bru No

      25 de outubro de 2014 em 08:03

      Ops, quis dizer que os entrelaçados estão à esquerda. Eles não tocaram na imagem. Perceba que os fótons da direita foram interrompidos pela imagem(escuro), já os da esquerda carregaram a frequência oposta (vermelha)

  3. Doge

    23 de outubro de 2014 em 22:43

    Não entendi. Eles só estavam mexendo num diamante e por coincidência descobriram esse fenômeno ou eles tem uma maneira de descobrir se objetos tem esse tal entrelaçamento?

  4. Riddle Boy®

    23 de outubro de 2014 em 20:01

    Me lembrei de um post do ML falando sobre humanos se teleportando…
    http://cotovelodeformiga.com.br/wp-content/uploads/2013/01/Teletransporte-essa-imagem-e-real.gif

  5. Wagner

    22 de outubro de 2014 em 22:28

    Quando eu era pirralho, sempre queria fazer teletransporte só para acordar mais tarde, sair de casa mais tarde, ir pros lugar tudo sem cansar nada e outras coisas de preguiçoso que são usadas como desculpa de praticidade.

    • Leonardo Viera

      23 de outubro de 2014 em 12:14

      Quando eu era guri, era tão preguiçoso, que meu sonho era ter uma cama voadora pra ir na escola, para nao precisa levanta.

    • Adriano Saadeh

      23 de outubro de 2014 em 09:47

      Bem assim, mas final não é pra isso que serviria mesmo?!

      • Wagner

        23 de outubro de 2014 em 19:09

        Rapaz, serviria para salvar o mundo, não?

  6. Luiz Eduardo Araújo Oliveira

    22 de outubro de 2014 em 21:09

    cara teletransporte é muito simples só e criar uma máquina para trazer o goku dos animes para vida real e tá tudo resolvido pronto.

    • Adiel Esdras

      23 de outubro de 2014 em 02:36

      é melhor criar as esferas do dragao primeiro,pq vai q goku decide morrer logo d kra,como ele faz no anime direto

    • Luís Felipe

      22 de outubro de 2014 em 23:38

      Até q sua ideia é boa, mas a Bulma iria inventar uma máquina pra levar ele de volta, pq lá ele é mais necessário.

    • Ricardo

      22 de outubro de 2014 em 21:26

      Acho isso mais impossível que o teletransporte

  7. Terrorista

    22 de outubro de 2014 em 20:28

    O Diego é muito sensacionalista… Isso irrita um pouco.

    • Emmanov Kozövisck

      22 de outubro de 2014 em 20:33

      Em minha sincera opinião, o sensacionalismo do Diego é suportável.

      • Kratosm4niaco ÷=÷

        22 de outubro de 2014 em 21:33

        Pq diabos achei esse comentário engraçado? Sou muito retardado!

  8. Vinicius de Oliveira

    22 de outubro de 2014 em 19:43

    devia ter uma coisa no minilua para saber as pessoas no mundo que tão vendo o minilua

    • Jeff Dantas

      22 de outubro de 2014 em 20:50

      Então..na verdade, nós temos! Só não é divulgado… 🙂

      • Ricardo

        22 de outubro de 2014 em 21:28

        No caso o que você está querendo dizer é um contador de visitas. Estou certo Jeff?

        • Marvelunatico

          22 de outubro de 2014 em 22:00

          Mas já tem, no momento tem 1456 leitores online. Olha no canto superior esquerdo, ao lado de “minilua”.

          • O Segurança Doidão

            22 de outubro de 2014 em 23:54

            Acho que ele quer saber em que canto do mundo esses leitores estão e não a quantidade

          • Marvelunatico

            23 de outubro de 2014 em 00:19

            Aí já é muito stalker ‘-‘

          • ultramen Tiga

            23 de outubro de 2014 em 12:02

            se eu souber onde os loucos deste hospício moram eu faria uma visita…

  9. Blue

    22 de outubro de 2014 em 19:13

    É complicado, a ideia ainda precisa de muito tempo para ser usada no dia a dia, mas é mais um passo em direção ao futuro, vai facilitar tudo se funcionar, imagine, viajar sem precisar de veículos, ir de um lugar a outro instantaneamente, se a raça humana descobrir como sair do planeta antes de acabar com ele, podemos ter um futuro glorioso, ou sangrento.

    • DCemblemático

      22 de outubro de 2014 em 19:44

      Ou um glorioso futuro sangrento he-he-he

      • Blue

        22 de outubro de 2014 em 20:28

        É o mais provável, vamos voltar a ser conquistadores invadindo terras, escravizando povos, destruindo culturas, estuprando pessoas e saqueando cidades, só que com lasers.

        • Ricardo

          22 de outubro de 2014 em 21:25

          Nós seriamos os ET’s atras de um bom papo com os habitantes de tais planetas

          • O Segurança Doidão

            22 de outubro de 2014 em 23:52

            Nos seriamos os ET’s maus

          • Adiel Esdras

            23 de outubro de 2014 em 02:35

            e existem ets bons?

  10. Vinicius de Oliveira

    22 de outubro de 2014 em 19:08

    o meu foi o primeiro

  11. chapolim do mal

    22 de outubro de 2014 em 19:06

    Eu penso que a transmissão de DNA seria também extremamente difícil e que isso acontece mais na natureza e mesmo assim é imperfeito mas seria mas viável do que encontrar célula por célula que tenham conexão quântica.

    • ultramen Tiga

      23 de outubro de 2014 em 12:13

      não existe conexão quântica entre células…
      física quântica estuda como a física se comporta a nível quântico(quantitativo),
      que seria menor que elétrons etc.
      enfim são tão pequenas as partículas que seria inútil tentar localizar elas num único ponto,
      por isso se usam varias formulas inspiradas em probabilidade que tentar localizar o estado e local
      de varias partículas em dado momento.
      enfim segundo a teoria do caos quando se muda algo num conjunto todo o conjunto muda de forma a qual o resultado muda, isto com a teoria das cordas e campo de higgs.
      implica que mesmo que aparentemente elas não tenham ligação direta elas podem afetam uma a outra dando a impressão de causalidade direta mesmo não sendo o caso.

      • chapolim do mal

        23 de outubro de 2014 em 12:29

        Eu sei, é que eu já tinha escrito célula e tava com preguiça de apagar ai deixei assim mesmo.

    • Vinicius de Oliveira

      22 de outubro de 2014 em 19:09

      n intendi a nada

      • chapolim do mal

        22 de outubro de 2014 em 19:23

        Eu também nunca entendo a nada, muito difícil isso, vou pedir a ela pra melhorar o vocabulário dela.

  12. Comentarista

    22 de outubro de 2014 em 18:53

    Não lembro de ter lido isso em algum blog, mas uma coisa eu lembro, eu era o mais zoado da escola ;-;

  13. Raphael Pires

    22 de outubro de 2014 em 18:51

    Os praticantes de Vudu já fazem isso há tempos

    • Ricardo

      22 de outubro de 2014 em 21:23

      Vudu é tapeação by : Pica-Pau

    • cara anonimo

      22 de outubro de 2014 em 20:48

      Vudu é pra jacu ! by : Pica-Pau

    • DCemblemático

      22 de outubro de 2014 em 19:17

      Vudu não existe, magia não existe by: Diego Martins he-he-he

      • Jeff Dantas

        22 de outubro de 2014 em 20:48

        • Ruth Borges

          22 de outubro de 2014 em 21:03

          É comigo?! ok, então estou em transe.

          • Marvelunatico

            22 de outubro de 2014 em 22:03

            [img]http://cdn.gifbay.com/2014/04/chico_bioca_the_never_ends-128577.gif[/img]

          • Adriano Saadeh

            23 de outubro de 2014 em 09:47

            a diferença que faz uma letrinha…

          • Ruth Borges

            23 de outubro de 2014 em 22:33

            É né?! .. Erros de digitação acontecem sempre. :/

          • Marvelunatico

            23 de outubro de 2014 em 11:19

            Pois é, sempre me prejudico pelo fato do “i” estar perto do “u” no teclado. Uma vez fui elogiar o pai de um amigo meu e disse:
            “Cara, eu curto muito seu pau, ele é da hora demais.”

            ‘-‘

          • DCemblemático

            23 de outubro de 2014 em 15:53

            Legal essa piada de facebook ai he-he-he

          • Marvelunatico

            24 de outubro de 2014 em 18:55

            Vai xorá?

  14. Vinicius de Oliveira

    22 de outubro de 2014 em 18:42

    poe

  15. Vinicius de Oliveira

    22 de outubro de 2014 em 18:41

    first coment se é do impossivel intão porque pois

50 Comentários
mais Posts
Topo