Cientistas criam simulador solar capaz de brilhar mais do que 20.000 sóis

O novo simulador solar desenvolvido por pesquisadores do Instituto Federal Suíço de Tecnologia, é certamente o mais poderoso da terra, pois ele consegue brilhar mais forte do que 20.000 sóis juntos.

Com este simulador, os cientistas procuram testar o impacto da radiação solar em materiais, sem precisar leva-los para o espaço.

O sistema de iluminação está no Laboratório de Ciência de Energias Renováveis e Engenharia da Suíça. O aparelho é constituído por um grupo de 18 lâmpadas iluminadas por lâmpadas de xenon. Quando os raios de luz convergem, suas medidas de fluxo luminoso são equivalentes ao brilho de 21.700 sóis. É mais ou menos a quantidade de energia recebida no deserto, no curso de um único dia.

Embora seja brilhante, não é tão brilhante como outras máquinas que foram criadas no passado, o acelerador de partículas em Berkeley, Califórnia, por exemplo, é mais brilhante do que um bilhão de sóis.

No entanto, ele continua a ser um simulador poderoso e pode ter grandes aplicações, como testar os equipamentos de energia solar construídos para viagens espaciais.

A equipe que inventou o sistema diz que ele está sendo usado para estudar e desenvolver novas maneiras de converter e armazenar a energia solar. Ele também pode ser usado para testar equipamentos de energia solar, medindo a transferência de calor entre os diferentes materiais, e analisar os materiais em condições de stress ambiental.

cientistas

O simulador localizado na farmacêutica suíça, ocupa uma sala inteira e pode ser usado por qualquer pesquisador que quiser estuda-lo a hora que quiser. Embora nem todos os projetos precisem de energia a uma intensidade de 20.000 sóis, o simulador pode ajustar o nível.

  1. Lucas Silva

    11 de outubro de 2016 em 22:08

    kkkkkk , a quantidade de energia liberada pelo Sol em 1 segundo é superior a produzida pelo ser humano em toda a história ou 1 milhão de bombas de hidrogênio por SEGUNDO

    é no minimo um erro de interpretação, talvez se eu chegar a 50cm de distancia desse simulador (isso se ele existir) ele fique 20000 vezes mais brilhante que o sol que eu vejo no céu a 150 milhões de km, ou seja a minuscula quantidade de luz do sol que passa minhas pequenas pupilas

  2. Krieger

    6 de outubro de 2016 em 17:12

    Que bosta isso em…! :X
    O Homem não sabe nem a energia do SOL, vem falar umas asneiras dessa, que isso!

  3. by088x

    6 de outubro de 2016 em 02:54

    QUE PALHAÇADA MINELUA, EXCLUI ESSA PORRA Q TÁ FEIO. simulador de 20.000 sóis kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  4. Reinaldo Favoreto Júnior

    5 de outubro de 2016 em 16:00

    podia por ele para brilhar como UM sol à noite e ninguém mais precisa acender a luz, já pensou na economia

    • Krieger

      6 de outubro de 2016 em 17:13

      Que tipo de economia se referes.
      Porque isso ai iria gastar uma quantidade imensa de energia…

      E imagina só, pagamos cara pra usar a energia que usamos, tem ideia de quanto não iria ser cobrado pra usar, tipo um SOL artificial. KKKKKK

    • Lenyyfla lenyy

      5 de outubro de 2016 em 20:15

      mas o treco ,provavelmente, gasta energia pra funcionar…

6 Comentários
mais Posts
Topo