Clássicos do Rock nacional #2

Engenheiros do Hawaii

8 - Infinita Highway - Engenheiros do Hawaii: A trilha em si, faz parte do segundo trabalho do grupo, “A Revolta dos Dândis”, de 1987. Ainda sobre o álbum, destaque para as faixas “Terra de Gigantes” e “Refrão de Bolero”.

9 - Carta aos Missionários - Uns e Outros: A canção, gravada em 1988, conquistaria diferentes públicos pelo Brasil. Na época, diversas foram as rádios que abririam espaço para a trilha e para a banda.

10 - Zé Ninguém - Biquini Cavadão: “Cada dia eu levo um tiro, que sai pela culatra, eu não sou ministro, eu não sou magnata.. A música, composta Bruno Gouveia e Alvaro Birita, está contida no quarto trabalho dos cariocas do Biquini Cavadão. Lançado em 1991, “Descivilização”, ainda contaria com os sucessos “Vento, Ventania” e “Impossível”.

11 - Brasil - Cazuza: A trilha, lançada em 1988, foi na verdade, um dos frutos da parceria de Cazuza com George Israel (Kid Abelha). Ainda sobre a música, ela seria regravada pela cantora Gal Costa, e faria parte, no mesmo ano, da novela “Vale Tudo”, da Rede Globo.

12 - Polícia - Titãs: A música, uma das mais importantes da carreira dos Titãs, está presente no terceiro álbum do grupo, “Cabeça Dinossauro”, de 1986. Ao longo dos anos, ela tem sido disseminada em diversas apresentações, uma delas, aliás, realizada em parceria com a banda Sepultura.

  1. Erika Shinoda

    12 de maio de 2011 em 19:25

    Engraçado q as músicas tinham letras sensacionais, fora o lado político e social, exprimiam um sentimentalismo sem esse melodrama frenético q há hoje. Infinita Highway me descreve perfeitamente sem precisar ficar chorando por ae. A midia estragou MUITO a qualidade das musicas brasileiras, incluindo TODOS os gêneros.

  2. Patricia Antunes

    28 de março de 2011 em 16:27

    Queria muito ver um post sobre a banda Nenhum de Nós, eu curto e acho que tbm tem vários clássicos anos 80 e 90!

    Camila, Camila, 
    Astronauta de Mármore  
    Paz e Amor
    Amanhã ou depois… e por aí vai!
    Já li vários post sobre bandas nacionais e nem se quer tocam no nome deles ¬¬
    Fica a dica se alguém se interessar…

    Até!

  3. Camila Lazarine

    26 de março de 2011 em 13:22

    São clássicos de fato, de quando ainda se faziam músicas com um sentido, principalmente civil.
    Zé Ninguém caiu como uma luva diante do presidente Collor deposto, virou um hino.
    Uns e Outros, banda pouco conhecida atualmente, música de letra forte (“Missionários de um mundo pagão, proliferando ódio e destruição/ Vem dos quatro cantos da Terra/ A morte, a discórdia, a ganância e a guerra”), também de cunho político.
    Senti falta de Plebe Rude – Até Quando Esperar, fica a sugestão!

    • Jeff Dantas

      26 de março de 2011 em 16:47

      Camila, a música “Até Quando Esperar”, da Plebe Rude, foi citada na primeira parte deste especial. 🙂

  4. Felipe Teixeira

    26 de março de 2011 em 02:32

    Se tem uma musica legal dos Titãns é O PULSO!!!

5 Comentários
mais Posts
Topo