Minilua

As cobras mais venenosas do mundo: Naja Cuspideira #4

Mais um capítulo da série “As cobras mais venenosas do mundo”, onde conhecemos as espécies mais perigosas desse interessante réptil rastejante. Convenhamos que esses animais já são apavorantes por natureza, imagina quando o seu veneno é extremamente letal.

A bola da vez é a Naja Cuspideira, que pertence à família da Naja (cobra essa bastante conhecida em jogos, filmes e desenhos). Contando com o mesmo formato da sua prima famosa, a Hemachatus haemachatus (nome científico da Naja Cuspideira) dispõem de um veneno muito mais perigoso.

Sua alimentação se baseia em cobras menores, lagartos, aves e pequenos roedores. Em sua fase adulta, a Naja Cuspideira chega a medir entre 1 e 2 metros, tendo como habitat natural as florestas, pastagens e savanas úmidas.

Seu veneno é extremamente perigoso, visto que o mesmo conta com neurotoxina, uma substância que paralisa todo o sistema nervoso, o que acaba causando parada respiratória e posteriormente a morte da vítima.

Existem muitas dúvidas sobre a principal localização das Najas Cuspideiras, no entanto acredita-se que o norte das Filipinas e a África do Sul sejam os locais onde a cobra pode ser encontrada. A respeito do formato do seu corpo, a serpente pode ser marrom escuro ou preto e contar com um anel branco no pescoço.

Sobre seus mecanismos de defesa, vale citar três características principais:

Para parecer maior e mais ameaçadora, a Naja Cuspideira dilata o seu pescoço na expansão que é conhecida como capuz.

Morde e injeta veneno na vítima.

Lança veneno nos olhos do inimigo.

São grandes predadores, mas sua defesa (embora conte com algumas características interessantes) não é lá das melhores, o que a torna vulnerável a ataques. Sobre o seu nome, a Naja Cuspideira possui essa denominação devido a sua capacidade de esguichar o veneno em uma distância de até 4 metros.

O lançamento do veneno funciona da seguinte forma: o veneno é transportado até as presas por meio de dutos. Esses “canais” contam com buracos em suas saídas (cada duto fica diante de cada dente). Por se fechar, o veneno é acumulado nesses dutos e acabam formando sacos de veneno.

Com esses sacos formados, a Naja Cuspideira comprime os mesmos, fazendo com que o veneno seja esguichado pelos dentes (que atuam como pistolas de água). O principal alvo desses esguichos são os olhos das presas e inimigos.

Sendo assim, se encontrar uma Naja Cuspideira, o mais sensato é se distanciar o máximo e mais rápido possível ou um jato de veneno será lançado contra o seu corpo. Algo bastante semelhante acontece em Mortal Kombat, para quem curte a franquia.

Se você gostou do artigo, deixe o seu comentário!