Coisas que a escola não te ensina

01

Não é novidade para ninguém que a escola tradicional de atualmente possui uma estrutura de aprendizado carente de muitas informações que realmente nos são importante, tanto que a grande maioria de crianças, jovens e adultos tem de procurar um curso profissionalizante ou de especialização para obterem um ensino de qualidade e que de fato lhes será útil em suas vidas profissionais.

É claro que a escola nos possibilita agregar muitos conhecimentos, contudo muitos destes não se encaixam na realidade em que vivemos, tornando-a obsoleta em muitos quesitos o que reflete diretamente em seu produto final, os alunos.

Hoje em dia os computadores estão por toda parte, as pessoas passam muito tempo de suas vidas em frente a tela de um celular, tablet, notebook… Mas quantas destas pessoas realmente entendem alguma coisa sobre uma simples programação? Como todos estes aparelhos funcionam?

Um vídeo produzido pelo site code.org, intitulado What most schools don’t teach, traz à tona justamente esta questão, criticando o sistema de ensino de escolas do mundo todo, objetivando a inserção de novos conteúdos, voltados a programação, edição de códigos html e páginas web, ou seja, fazer com que todo aluno seja capaz de criar algo em um computador.




Assista:

  1. Gilda della Corte

    9 de maio de 2013 em 06:56

    EU TIVE O MEU PRIMEIRO COMPUTADOR AGORA COM MAIS DE 40 ANOS DE IDADE!!!!

  2. Cristhofer Andrade

    27 de abril de 2013 em 16:33

    alguen sabe o nome disso ai en portugues?

  3. Adriano Saadeh

    23 de março de 2013 em 12:21

    De fato considero muito o que você disse, mas no papel de educador e vivenciando também isso na prática, tu bem sabe que a escola de atualmente não é assim, é claro que lutamos para que ela seja conforme idealizamos e mas ela não funciona de fato como deveria.

  4. Alonzo Sibéria Myers

    15 de março de 2013 em 23:15

    As pessoas confundem escola com acúmulo de informações. Sou professor e vou, agora, dizer pra vocês o verdadeiro sentido da escola.

    O ensino que é dado serve para desenvolver habilidades e aptidões do conhecimento humano, os mais variados possíveis. Temos o ensino de humanas (Biologia, Língua Portuguesa, História, Geografia) e de exatas (Física, Química, Matemática) os quais, cada um ao seu jeito, desenvolvem o raciocínio lógico, linguístico, filosófico, abstrato e cultural (assim eu os defino, apesar da imprecisão dos termos).  Sou totalmente a favor de se ter, na escola, matérias como Direito, Informática – noções – (programação, redes, etc), Filosofia e Sociologia, para um maior preparo dos alunos para a VIDA, e não somente para o mercado de trabalho. 
    Fazendo uma análise dessas correntes que veem a escola como algo inútil, percebo que o nível cultural e de competências gerais do indivíduo cada vez mais estão diminuindo, tornando o aluno uma mera peça de mão-de-obra para as empresas, uma pessoa que não pensa, que não é capaz de refletir, de pensar nos problemas estruturais da sociedade como um todo. Os países de primeiro mundo são o que são porque têm escolas de qualidade, que preparam os alunos para pensarem e serem críticos, e não apenas para executarem uma tarefa no mercado. Primeiro o ensino básico, depois as profissões propriamente ditas. Forma-se um indivíduo cidadão e crítico na escola, e posteriormente o profissional para o mercado de trabalho com o um ensino superior de qualidade ou uma escola técnica ou profissionalizante de igual eficiência.  
    Rebaixar a escola a um status inferior é estar transformando as pessoas em meros executores e não pensantes. 
  5. Alexandre Velloso

    7 de março de 2013 em 20:21

    eu nao entendo as pessoas… na minha escola tem curso de programação… na minha sala com umas 35 pessoas, que eu sei ate agora, só eu quero seguir com praogração… umas 28 pessoas nao sabem nada… e pouquissimas sabem mas nao vão seguir com isso… eu vi alguns comentarios de pessoas que queriam aprender, mas oque eu estou vendo é isso, quase ninguem gosta e quer seguir…
    posso estao falando besteira, mas na minha sala é assim… estou no ultimo ano do curso e estou adorando 😀

  6. Paloma Neves

    5 de março de 2013 em 16:57

    Poisé, na minha escola tenho aulas inútil, como xadrez ¬¬’ Tipo, legal aprender xadrez, mas já aprendi tudo, cansei!

    • Adriano Saadeh

      23 de março de 2013 em 12:07

      Kasparov…

  7. Shun

    5 de março de 2013 em 13:13

    Eu acho que programação de computador e teoria musical são coisas que todos deviam aprender

    • Adriano Saadeh

      23 de março de 2013 em 12:08

      Fatão cara, até porque já foi comprovado que o ensino da música é um dos únicos que estimula os dois hemisférios do cérebro ao mesmo tempo

  8. Hermes Souza

    5 de março de 2013 em 12:41

    Só colocar um Ipad ao invés dos livros já tá ótimo aha

  9. Guilherme Gonçalves da Silva

    5 de março de 2013 em 01:07

    É sempre bom saber como funciona os aparelhos tecnológicos que usamos todos os dias,mesmo sabendo só um pouco,já ajuda na hora dos apertos.

  10. Ninja Amarelo

    5 de março de 2013 em 00:58

    Minha eskollaa naaum my esnyna ah meixer no feice 🙁

    • Kayque Barbosa Dias

      6 de março de 2013 em 16:37

      Também não te ensina português, né ?

    • The Dead

      5 de março de 2013 em 10:52

      Fala subzero amarelo -qq

      E nem ensinou português né? 
    • Guilherme Gonçalves da Silva

      5 de março de 2013 em 01:06

      E nem lhe ensinaram a escrever também kkkkkkkkkkk

  11. Tachibana Kanade

    5 de março de 2013 em 00:56

    Quem me dera minha escola ensinasse isso.

  12. TKD kyosanim

    5 de março de 2013 em 00:40

    Algumas coisas que se aprendem na escola, considero um estupro mental. Ate hoje, nao entendo porque fui obrigado a estudar o ” Esperanto ” … lol.   video muito interessante, .. =)

    entao…
    Viva a erva natural !
    Eh somente uma plantinha ! 
    =)
    • Adriano Saadeh

      23 de março de 2013 em 12:06

      Verdade cara, tem coisas na escola que estão pra lá de obsoletas

18 Comentários
mais Posts
Topo