Coisas que você não sabia sobre o Titanic #5

Em mais um capítulo da série “Coisas que você não sabia sobre o Titanic”, iremos descobrir alguns segredos e fatos que ficaram por décadas afundados juntamente ao gigantesco navio.

São curiosidades que respondem muitas perguntas e que permitiram aos pesquisadores, entender melhor, como tudo aconteceu. Muitas das coisas divulgadas em nossa série era de conhecimento de poucos, o que deixa a história do Titanic ainda mais impressionante e misteriosa.

Confira abaixo, as cinco curiosidades escolhidas para essa edição. Lembre-se sempre de pegar o colete salva-vidas, o óculos de mergulho e ajeitar-se na cadeira. Divirta-se!




Um mero enfeite

170350-titanic-ii-665-600x451

O Titanic contava com quatro gigantescas chaminés, por onde saía toda a fumaça da queima de carvão. No entanto, pouca gente sabe que a quarta chaminé era apenas um enfeite. A ideia dos construtores era de dar um ar ainda mais colossal ao navio.




O único naufrágio desse tipo

TitanicMummy

O Titanic foi o único navio na história a afundar dessa forma, ou seja, após colidir com um iceberg. Dizem que o motivo do acidente foi uma maldição lançada por uma múmia egípcia, o que não é descartado pelos estudiosos.




Recorde de mortes

tumblr_m20d5m99OO1rqpdfao1_500

O naufrágio do Titanic foi o maior em número de mortes. Ao todo 1.517 pessoas faleceram naquela noite. Lembrando que esse número poderia ter sido bastante reduzido, se todos os alertas tivessem chegado antes, se todos os botes fossem usados da maneira correta, entre outros.




Novo Titanic

170350-titanic-ii-665-600x451

Que tal um cruzeiro a bordo do Titanic? Péssima ideia, certo? Não para o milionário australiano, Clive Palmer. Ele investiu cerca de 500 milhões de dólares no projeto de um novo gigante dos mares. Com 270 metros de comprimento e 30 metros de altura, o navio terá o mesmo design e dimensões do seu antecessor.

Sabe o pior disso tudo? Há uma fila de espera com mais de 40 mil pessoas interessadas em zarpar com o Titanic.




Mistério

43

Há uma lenda de que em noites muito silenciosas, barcos e navios que passam no local exato do naufrágio do Titanic, podem escutar uma pequena orquestra tocando. Dizem que se tratam dos músicos que morreram no acidente e que ainda insistem em alegrar a todos com suas melodias.

Gostou desse artigo? Deixe o seu comentário e recomende essa postagem.

  1. Matheus Barreto

    16 de março de 2016 em 20:59

    Fantástico

  2. Leonam

    8 de janeiro de 2016 em 11:18

    Pior disto tudo???

    quem dera eu tivesse grana para entrar nesta fila e ser passageiro deste novo Titanic, daria minha perna esquerda para isto, nunca gostei muito dela mesmo.

    • Gabriel Frigini

      9 de janeiro de 2016 em 01:02

      O_O OMG

  3. GauchoTCHÊ

    8 de janeiro de 2016 em 10:09

    Só para avisar que não foi o maior naufrágio sendo que o maior foi o WWILHELM GUTSLOFF, pesquisem melhor antes de colocar informações falsas.
    #ficadica

  4. Lynn Rock

    8 de janeiro de 2016 em 02:22

    Que sinistro ouvir a música dos fantasmas…

    • Gabriel Frigini

      9 de janeiro de 2016 em 01:01

      já pensou?

  5. Greg

    7 de janeiro de 2016 em 22:16

    Belo post, eu queria viajar no titanic, deve ser dahora, de noite deve dar medo, ao lembrar da tragédia

    • Gabriel Frigini

      8 de janeiro de 2016 em 01:42

      com certeza Greg! Obrigado mano!

  6. Mr. Mouse

    7 de janeiro de 2016 em 21:22

    O q tem de mal num novo titanic?

    • Gabriel Frigini

      8 de janeiro de 2016 em 01:41

      já pensou se o novo titanic também afunda? O_o

      • Lynn Rock

        8 de janeiro de 2016 em 02:22

        Acho que aí sim iria confirmar a hipótese da maldição.

        • Gabriel Frigini

          9 de janeiro de 2016 em 01:03

          faz sentido, srsrsr

  7. Victor Laurant

    7 de janeiro de 2016 em 20:26

    Só uma correção: o Titanic não foi o naufrágio com o maior numero de mortes, e sim o MV Wilhelm Gustloff em 1945, com mais 9 mil mortos, incluindo cerca de 4 mil crianças. Fora de tempos em guerra, o recorde pertence ao navio MV Dona Paz, que afundou em 1987 levando 1565 vidas.

  8. Rodrigo Duarte

    7 de janeiro de 2016 em 20:09

    Titanic?! Nem pensar! Preferiria sair num cruzeiro à bordo de navio aqui:
    [img]http://ansabrasil.com.br/webimages/foto_large/2014/9/2/845cf385c4892f8502bcb7fbef4eea14.jpg[/img]

    • Gabriel Frigini

      8 de janeiro de 2016 em 01:40

      kkkk! eu iria até nadando, para não encarar o Titanic

15 Comentários
mais Posts
Topo