Minilua

Colando com auxílio de um bluetooth

Conforme a informação divulgada pela agência de notícias EFE, a polícia do Peru descobriu uma prática muito engenhosa para se colar nos exames para vestibular, pois recentemente foi encontrado um aparelho bluetooth camuflado em uma borracha.

Com o constante avanço tecnológico, cada vez mais surgem formas de burlar sistemas, exames e muitas outras coisas, Pedro Ávila, que supostamente é o “cabeça” por trás do ardiloso plano sabe muito bem disso, ele foi preso por alguns agentes do Dirincri, segundo relatos ele tentou fornecer as respostas do exame ao um grupo de dez pessoas que tentavam entrar para a Universidade do Callao, durante o vestibular realizado em 25 de julho passado, segundo informou o jornal popular Ojo.

“Na sala da prova, foram entregues uma borracha e lápis para fazer a prova. Este delinquente fez uma borracha igual e camuflou o bluetooth, onde ditava as respostas aos candidatos”, disse o policial Pedro Carbonel em declarações dadas ao jornal Ojo.

O grupo vendia os dispositivos com custo entre 800 a 1.000 dólares.