Minilua

Combatendo o bullying no ringue

O bullying é a prática frequente de ações constrangedoras e violentas sejam de ordem física ou psicológica. Infelizmente essa agressão já tem se tornado comum na sociedade e na tentativa de desafiar as pessoas que são adeptas a esses comportamentos os lutadores do MMA pensaram em retrucar o valentão na mesma moeda!

Pois bem, a série americana criada por Mark Bunett trata justamente disso. Nela, o “bully” é desafiado a encarar um oponente à altura: um lutador de MMA, claro que não de livre arbítrio. O programa oferece um prêmio ao afetados e afetadores: caso o valentão tenha um desempenho igual, ou melhor, ao estipulado pelo programa.

O prêmio é de US$ 10.000. Caso ele aceite, o bully receberá essa quantia se ele passar por duas etapas: no Round 1, ele começa com  US $ 5.000, mas perde US $ 1.000 a cada vez que é forçado a bater para fora. No Round 2, o valentão ganha 5.000 dólares se conseguirem sobreviver aos 3 minutos inteiros, mas não tem dinheiro, quando ele sai ou fica KO ou o árbitro pára a luta. Ambos os Rounds tem 3 minutos de duração, e, se ele perder, o prêmio vai para aquele ou aqueles que sofreram bullying. Após a luta, o bully tem a chance de dizer algumas palavras ao seu alvo. Normalmente é uma desculpa…

Se você sofresse ou praticasse bullying aceitaria o desafio?

 

Não deixe curtir a matéria!

Siga-me no Twitter: (@Nandy Martins)