Como anda a cultura no Brasil?

O Brasil, apesar dos pesares, vem melhorando economicamente de uma maneira bastante constante. Mas será que esse enriquecimento monetário, anda refletindo no enriquecimento cultural do povo?




A pesquisa

cultura-popular-do-brasil-3

O SESC (Serviço Social do Comércio) é uma instituição privada mantida pelos comerciários em geral. Além de dar cursos, ele cuida da saúde, lazer e cultura das pessoas.

Entre 31 de agosto e 8 de setembro de 2013, uma pesquisa sobre os hábitos culturais dos brasileiros foi feita pelo SESC. Entrevistando 2400 pessoas em 139 municípios espalhados em 25 estados, a instituição pôde montar uma bela imagem do que o brasileiro gosta de consumir no setor cultural, que inclui cinema, televisão, literatura e música. Outros dados interessantes sobre o povo brasileiro foram obtidos nessa pesquisa, que pode ser conferida nesse link.

Mas voltando aos gostos culturais dos brasileiros, vamos ver o que eles responderam (clique nas imagens para ampliar):

1




2




3




4




5




6




7

Essa é a cultura do brasileiro atualmente…

  1. Jeff Dantas

    2 de maio de 2014 em 00:17

    Bom, não que eu seja anti-patriota, mas… É, não há como valorizar o nosso país. Ainda mais agora, com funks, axé e derivados. Aliás, chega a ser dantesco, o processo de “emburrecimento cultural”… :'(

  2. caçador de ursos

    25 de abril de 2014 em 12:05

    cada estado brasileiro, tem sua própria cultura.

  3. Erza Scarlet

    25 de abril de 2014 em 10:27

    ..E depois querem ser um país evoluido..
    NUNCA SERÃO!
    a mudança precisa ser de dentro para fora

  4. emerson paixAoo

    24 de abril de 2014 em 12:58

    eu não chamaria isto de cultura…é incrivel observar como meus colegas de trabalho se espantam quando me vêem a ler um livro na hora do intervalo…O brasileiro precisa dar mais valor as atividades culturais…

  5. Leonam

    24 de abril de 2014 em 08:04

    O que costuma fazer nas horas livres: NADA.
    O que gosta de assistir na tv: NUNCA ASSISTO TV.
    quantidade de livros lidos nos últimos 6 ANOS: NENHUM.
    tipo de exposição que gosta de visitar: NENHUMA.
    Gênero de teatro que gosta: NUNCA FUI AO TEATRO.
    Gosto musical: TUDO, EXCETO FUNK, É serio que funk esta a frente de rock, rock nacional? que pais é este? jesus. credo, onde foi que eu nasci? porque? devo ter atirado pedra na cruz, so pode.

    • Lucas Rodrigues

      24 de abril de 2014 em 08:25

      Não adianta reclamar, tudo permanecerá do modo como está, a situação ficará inerte e não-sujeita a mudanças significativas, quem sabe até piorar, mas como o amanhã é imprevisível realmente não sabemos. Eu pelo menos não tô tão otimista assim com o futuro da música brasileira, acho que a única fonte para nós apreciarmos música boa será a internet, o mesmo com a TV, animes que é bom nada. As vezes eu me pergunto porque eu nasci logo nesse país… decepcionado :/

  6. Moacir Batista

    23 de abril de 2014 em 14:32

    O Brasil tá indo pro buraco! Onde já se viu preferir novelas e sertanejo? Bom, pelo menos não é Funk.

  7. marciofs23

    23 de abril de 2014 em 13:41

    Cada vez que vejo uma pesquisa dessa, mais tenho certeza que assoei o nariz na túnica de Cristo e ele me castigou me mandando para um país desse!
    + novela – informação
    + reality Show – Leitura e cultura
    + Carnaval e festas – envolvimento politico

    depois reclamam que só entra ladrão no planalto

  8. Whovian Minilunático

    23 de abril de 2014 em 13:13

    Agora eu te pergunto: da pra ter orgulho de ser brasileiro?

    • Night Angel

      23 de abril de 2014 em 13:16

      os únicos quem tem orgulho são os políticos, traficantes e etc

      • Cleiton

        23 de abril de 2014 em 13:24

        E os que tem dinheiro e não vê a desgraça dos outros.

        • Night Angel

          23 de abril de 2014 em 13:31

          Bem lembrado Cleiton =P

  9. Chibi NIght Angel

    23 de abril de 2014 em 10:06

    no meu caso os Documentários e Programas científicos estão em primeiro lugar

  10. larissa

    23 de abril de 2014 em 09:44

    Triste muito triste :/

  11. Adriano Hidden®

    23 de abril de 2014 em 09:28

    A minha tese é que quanto mais alegre é uma pessoa, mais imbecil ela é.
    Não que ser alegre seja ruim e dispensável, mas em demasia eu creio que faça as pessoas perderem o foco do que realmente vale a pena. Toda ”cultura brasileira” gira em torno de uma alegria ilusória.

    No Brasil, ir pra balada e festa rave é programa de gente descolada e feliz, que se caso você não frequente é vista com desprezo e satirizada.
    No Brasil tudo é piada e tudo pode se tornar piada, até a desgraça. Assuntos sérios são ironizados e ridicularizados pra perderem o valor ( exemplo: o assunto #NãoVaiTerCopa que é algo sério contra as questões do que realmente importa pro Brasil e os gastos excessivos com lixos de estádios virou piada rapidamente e perdeu a força)
    No Brasil ser gay é piada, onde times, jeitos, costumes, conceitos são ironizados como sendo de homossexuais como se ser um fosse um crime inafiançável como estuprar, matar, roubar.
    No Brasil músicas que pregam a alegria momentanea, passageira, cultuam o sexo e a conquista de várias parceiras pra ser alguém respeitado são diariamente divulgadas em meios de comunicação em massa como rádio e tv. Aliás, no Brasil um homem tem que transar cedo e ter várias mulheres durante a vida pra ser visto com bons olhos.
    Não adianta criticar as músicas ruins, os programas de tv inuteis, sendo que compactuam com o mesmo pensamento!
    O que resume tudo nesse país é o futebol, onde o esporte acaba sendo a maior fonte de alegria e alienação da população.

    Não creio que ir mais em teatros te faça mais culto. Ir em mais exposições de arte te faça menos imbecil. Ler bons livros ajuda mas não é o bastante.
    Não adianta criticar o país e sua cultura se você tem preconceitos, e critica usando falácias e argumentos preconceituosos. O Brasil não vai mudar se você não mudar!
    Quando eu era alguem alegre eu era totalmente desrespeitoso com o próximo, altamente preconceituoso e desprezível. Assim que coisas ruins aconteceram comigo e passei a conviver com depressão e tristeza eu analisei minha conduta, caráter e personalidade.
    Não digo que sou alguém perfeito. Ainda tenho muitas falhas a corrigir. Mas sou alguém melhor.
    Não acho que as pessoas precisem passar por tristezas pra serem mais inteligentes, mais sábias. Mas o medo de sentir a tristeza faz com que haja uma busca quase que emburrecedora pela alegria.

    Nem sei se vão ler, mas esse é o meu pensamento. Posso estar enganado sobre o que penso, mas estou certo que dá pra melhorar. Obrigado aos que lerem.

    • Leonam

      24 de abril de 2014 em 08:11

      Corretíssimo, nem tenho nada a acrescentar.
      é interessante como uma pessoa nasce neste cenário e não se influencia por ele, quer dizer, eu, nunca gostei desta “cultura” brasileira, não me encaixo neste espaço, as vezes acho que talvez eu tenha assistido filmes americanos demais, so que não, na minha infância nem tv eu assistia porque nao tinha em casa, so sei que nem adianta criticar, nao vai mudar nada, mas, por mais que chamem isto tudo de cultura eu acho uma cultura muito pobre, muito vaga, mas deixa pra la, quem sou eu para discordar de milhões de pessoas.

      • Adriano Hidden®

        25 de abril de 2014 em 23:49

        assim como vc eu não fui influenciado pela cultura americana na infancia pois não tinha TV e nem acesso à internet na adolescência. Tudo que vejo e concluo é por conta própria sem influências…
        Acho sim a ”cultura brasileira” exposta nas mídias nacionais paupérrima. Fruto do carioquismo implantado pela Globo e outras emissoras anteriores a ela no passado.

        Futebol, samba, carnaval….baladas, festas, músicas pornograficas e de nenhum conteúdo… cultura da cerveja, da masculinidade exacerbada… piadas depreciativas e com intuição de denegrir e deturpar assuntos sérios julgados como chatos…
        Fazer tudo isso quer dizer que os brasileiros são ALEGRES

        essa é a nossa cultura?

    • Emmanov Kozövisck

      23 de abril de 2014 em 19:42

      Eu utilizo o artifício das brincadeiras idiotas justamente para esconder o lado negro de minha mente, a minha depressão. Eu noto que em alguns dias, a minha mente se torna depressiva, e estes dias são horríveis. Para esquecer da minha vida vazia e sem significado concreto eu faço brincadeiras fúteis, mesmo com questões delicadas, como o homossexualismo. E mesmo considerando tais atitudes inadequadas, eu não pararei de fazê-las, ao menos por enquanto, pois sem elas me sinto como um ser sem motivo para viver – não que elas sejam a razão de minha vida, mas elas me fazem esquecer dos pontos negativos que pairam minha mente.
      Discordo que “quanto mais alegre é uma pessoa, mas imbecil ela é”, pois conheci pessoas muito alegres e felizes que eram extremamente inteligentes e sensatas. Discordo do fato de que a alegria está ligada ao seu nível de ignorância.

    • Shun

      23 de abril de 2014 em 13:38

      Eu li até o final pq concordo com vc… nos últimos tempos eu aprendi que em tudo a gente deve se colocar no lugar do próximo, e analisar se as nossas atitudes não estão sendo exageradas, ultrapassando os limites de algum assunto que mereça ser tratado com seriedade. Aprendi que nem tudo é piada, e que na verdade as pessoas que aparentam ser muito alegres e zueiras, escondem uma certa insegurança e necessidade de atenção… atenção essa, que provavelmente eles não têm fora da internet.

      • Adriano Hidden®

        23 de abril de 2014 em 18:58

        correto

  12. Axl Rose

    23 de abril de 2014 em 03:43

    esse é o pais da pensadora contenporanea !!

  13. Nicolau Paulino

    23 de abril de 2014 em 00:58

    Ou seja o Brasil está culturalmente sem cérebro…..

  14. Jeff Dantas

    22 de abril de 2014 em 23:45

    Sinceramente, eu não sei o que é pior: Se o funk ou em si, ou as cantoras de funk… http://i1.ytimg.com/vi/GtSYZWvygjk/maxresdefault.jpg

    • Thiago.

      22 de abril de 2014 em 23:50

      Essa ” cantora ” está gravida… huahuahaua, pelas letras das músicas, já era de se esperar ^^

      • Chibi NIght Angel

        23 de abril de 2014 em 10:07

        dificil é achar uma garota de curte funk q não esteja =P

        • Leonam

          24 de abril de 2014 em 08:12

          eu conheço uma que não esta: fez aborto a pouco tempo.

          • Night Angel

            24 de abril de 2014 em 10:20

            só assim mesmo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  15. Emmanov Kozövisck

    22 de abril de 2014 em 22:00

  16. Kurama Youko

    22 de abril de 2014 em 21:24

    Quando vocês dizem “sertanejo”, vocês não estão falando de Bruno e Marrone, Sérgio Reis, Daniel ou Victor e Léo não né?
    obs: apesar de conhecer esses cantores/duplas, não curto sertanejo (o de “raiz”, não essa merda de hoje em dia que tá mais pra “sertanojo” universitário).

    • Emmanov Kozövisck

      22 de abril de 2014 em 22:01

      Sertanejo de raiz é em parte repetitivo, mas ainda sim gosto da forma pelas quais as músicas são passados ao ouvinte.

  17. Kairos

    22 de abril de 2014 em 20:59

    parece eu
    menos TV e música

  18. Seth .

    22 de abril de 2014 em 20:29

    … Otima pesquisa … comentarios de bosta de gente q fica de mimimi e nao tira a bunda da cadeira pr nada (grande maioria pelo menos)

  19. Kaosmaster Alexandre

    22 de abril de 2014 em 20:29

    Onde anda cultura no brasil , não anda e muito menos existe.

    • Emmanov Kozövisck

      22 de abril de 2014 em 20:54

      Ela existe e é muito rica, mas ignorantes ignoram-na e passam a vida falando mal do Brasil sem fazer nada de produtivo para o país.

      • [email protected]

        22 de abril de 2014 em 21:50

        Os ignorante falam mal de um país que considera, a copa do mundo, mais importante do que Educação, Saúde e Segurança. Que coloca a força nacional na rua, apenas por imagem.

        • Emmanov Kozövisck

          22 de abril de 2014 em 21:58

          Eu não me referi aos problemas sociais tampouco a Copa do Mundo que será sediada no Brasil. Eu disse que os ignorantes usam ideias abaixo de chavões para expressar sua opinião errôneo sobre o país quando o assunto é cultura. Você pode ser ignorante de uma forma e culto em outra, pois nada nos impede de sermos bons em algo e ruins em outro algo. Mas a cultura do Brasil está em TODOS os lugares e ela é riquíssima. Ignorantes não as veem e sempre têm “aquela velha opinião formada sobre tudo”.
          O Brasil tem uma cultura riquíssima, basta pesquisá-la. Eu odeio pessoas que dizem “Mimimi o Brasil não tem cultura/a cultura do Brasil é um lixo” sendo que não conhece sequer 1% dela. Eu conheço pouco da cultura brasileira, é verdade, mas o pouco que conheço é fantástico. Por isso, pense bem antes de falar da cultura brasileira, pois não conhecemos sequer a metade dela.
          E, só para responder à sua pergunta, ignorantes falam mal do Governo brasileiro sim; aliás, são os que mais falam e os que menos fazem.

          • caçador de ursos

            25 de abril de 2014 em 12:29

            vdd

    • [email protected]

      22 de abril de 2014 em 20:35

      Ela estar…parado na esquina…tuts, tuts..mandando beijinho no ombro para os recalques que passam longe.

  20. Near

    22 de abril de 2014 em 20:27

    It’s evolution baby

  21. [email protected]

    22 de abril de 2014 em 20:26

    imagem 2…Novela e porno é quase a mesma coisa.
    Não deviam ter listado separados.

    • [email protected]

      22 de abril de 2014 em 20:27

      Eia…é imagem 3.

  22. Ricardo

    22 de abril de 2014 em 20:23

    nossa nossa cultura está assim, pois o Brasil tá perdido mesmo. No gosto musical até que eu aceito o sertanejo, MPB, forró e o gospel em primeiros mais a porcaria do funk é mais preferida que o rock???? Rockeiros não curtiram isso

    • Marvelunatico

      22 de abril de 2014 em 22:40

      É que hoje em dia parece que o brasileiro dá valor apenas no sexo e na ostentação do que se pode ter materialmente. Pouco tão se importando com letras, melodias, etc. O que é uma pena :/

    • Lucas

      22 de abril de 2014 em 20:33

      Cada tem seu gosto, cara… .-.

      • Lucas

        22 de abril de 2014 em 20:34

        Cada um* e.e

    • Seth .

      22 de abril de 2014 em 20:28

      Rosqueros deveriam parar de ligar pro funk e de sujar o nome dos rockeiros de verdade , so acho

  23. Comentarista que comenta comentários

    22 de abril de 2014 em 20:22

    O pior pra mim é como anda a leitura.

  24. Shun

    22 de abril de 2014 em 20:19

    Sei lá, eu amo o Brasil… vamos a alguns brs:

    [img]http://i.imgur.com/puOvtPx.png?1?6541[/img]

    [img]http://i.imgur.com/Fz7FfAS.png?1?8925[/img]

    [img]http://i.imgur.com/brUt5T6.png?1?8829[/img]

    • Forasteira

      22 de abril de 2014 em 20:25

      Gisele uses ‘biten’
      It was very effective.
      The povão has fainted.

  25. Cleiton

    22 de abril de 2014 em 20:07

    Se funk aqui a considerado cultura, é ta bem ruin mesmo.

    • Comentarista que comenta comentários

      22 de abril de 2014 em 20:23

      Cada um com seu gosto, é o gosto de cada um…

  26. Shun

    22 de abril de 2014 em 20:02

    Só consigo rir disso .-.

  27. Allen Walker

    22 de abril de 2014 em 19:59

    Eu fico imaginando o que se passa na cabeça de uma pessoa para responder que gosta de assistir pornô na tv tem que ser muito BrHue para fazer isso.

    • Kairos

      22 de abril de 2014 em 20:56

      sinceridade?
      (pros q tem multishow liberado pelo menos)

  28. Wagner

    22 de abril de 2014 em 19:47

    Acho que uma grande parcela da cultura deve-se à educação e condições de região, as quais não foram representadas no post.
    Convenhamos, a maioria das coisas aí tratam de lazer, o que fica difícil definir se é ruim ou não. Afinal, é um gosto pessoal. Não tô falando que não tem nada a ver, mas acho muito superficial.
    O que pode ser cultura para mim, pode ser lixo para outros. Típico das músicas; em uma zona “roceira” por exemplo, dificilmente escutará por aí uma grande parte escutando rock. Você verá geral escutando sertanejo, aqueles “modões”. Isso já é disseminado naquela região, não tem motivo de eu falar que minha cultura é melhor só por causa da música.
    O mesmo vale para o teatro e exposições. Não é devido a uma cidade não ter nenhuma das duas que ela será “menos cultural”.
    Livros também. É como disseram: não é porque não lemos nos últimos meses que não gostamos de ler.
    Essa é só a minha opinião, uma vez que o conceito de cultura é algo bastante relativo.

    • Comentarista que comenta comentários

      22 de abril de 2014 em 20:25

      Mas a média brasileira de leitura é péssima, 4 livros apenas por ano, enquanto na Argentina por exemplo, 1 em cada 10 habitantes já escreveu um livro. A leitura é a base de tudo.

      • Emmanov Kozövisck

        22 de abril de 2014 em 20:47

        Eu leio mais de 10 livros por ano, mas eu apenas me satisfiz pessoalmente nos anos em que li apenas 2 ou 3 por ano, mas não porque eu tenha preguiça de ler, mas a forma de leitura que me adaptei melhor é a com calma. Leio, estudo o livro, me aprofundo…

  29. Cacuety Comment

    22 de abril de 2014 em 19:45

    Me sinto um hipster por ler 4 livros por mês gosta de rock e musica clássica e mal assistir TV .___.

    • Forasteira

      22 de abril de 2014 em 19:54

      E acabei de excluir minha modéstia dizendo “bom gosto” e “também sou assim” na mesma frase. Putz.

    • Forasteira

      22 de abril de 2014 em 19:54

      Isso não é ser hipster. É ter bom gosto. Também sou assim.

      • Comentarista que comenta comentários

        22 de abril de 2014 em 20:27

        “Bom gosto” não gosto muito desse termo porque impõe que só tal coisa ou tal coisa presta.

        • Forasteira

          22 de abril de 2014 em 21:08

          Foi modo de falar. Não estou dizendo que exclusivamente ler, escutar rock e não assistir TV é bom, mas sim que essas coisas são boas por si sós. Você pode ouvir outros gêneros, assistir TV e não ler, mas ainda sim ter noção de cultura e abrir seus olhos pro que rola na nossa frente… Isso sim é bom gosto. É como eu sempre digo: o pior cego é aquele que enxerga e mesmo assim finge não ver.

  30. Sabrina

    22 de abril de 2014 em 19:45

    HUEHUEHUEHUEHUE Chegou meu mousepad, agora o mundo já pode acabar.

    • Walter White

      22 de abril de 2014 em 20:13

      O meu ainda não ;-;
      Aliás nem recebi respostas do e-mail que mandei lol

    • Forasteira

      22 de abril de 2014 em 19:53

      Nau. Meu Protocolo Bluehand: Zumbis só vai chegar terça pelo Sedex. Então, o mundo que espere.

    • Wagner

      22 de abril de 2014 em 19:50

      Quando você menos esperar, ele será controlado via satélite para explorar a sua casa e vigiar os seus passos. Vez ou outra sumirá também, já que é feito do mesmo material das canetas BIC.

      • Sabrina

        22 de abril de 2014 em 20:22

        ” Eles estão de olho em você.”

  31. Thiago.

    22 de abril de 2014 em 19:38

    [img]http://geradormemes.com/media/created/c26h7w.jpg[/img]

    • Cesar Martines

      24 de abril de 2014 em 11:11

      Tá mas o que o hittler tem a ver??

    • Thiago Luis

      22 de abril de 2014 em 20:57

      Porque Hitler?

      • Thiago.

        22 de abril de 2014 em 21:08

        Sei lá xará, peguei a img pronta… rs

    • Kairos

      22 de abril de 2014 em 20:55

      dxa de ser intrometido hitler
      tu ta morto :@

    • Renato Russo

      22 de abril de 2014 em 19:42

      “Todos os índios, índios, índios foram mortos, mortos, mortos…”

      • Thiago.

        22 de abril de 2014 em 19:44

        ” Mas o Brasil vai ficar rico vamos faturar um milhão
        Quando vendermos todas as almas dos nossos índios num leilão. “

          • Kairos

            23 de abril de 2014 em 23:27

            AHUEAHUEAUHEAUAHEUHAEUHAEHUAHUEHAEU

          • Night Angel

            23 de abril de 2014 em 15:12

            kkkkkkkkkkkkkkkkkkk essa foi f0d# XD

          • Marvelunatico

            22 de abril de 2014 em 22:26

            kkkkkkkkkkkk lol

          • Thiago.

            22 de abril de 2014 em 21:33

            HUAHUHAUHAUHAUHAUHUAHA.

  32. el chupacabra

    22 de abril de 2014 em 19:37

    não que o brasil não tenha cultura mas a mídia enche nossas cabeças de merda mas há muita coisa boa aqui no brasil

    • Comentarista que comenta comentários

      22 de abril de 2014 em 20:28

      Mas também não temos que ficar vendo a mídia, se sim, vejamos seu lado bom eX: TV Cultura.

      • Forasteira

        23 de abril de 2014 em 13:21

        Realmente. Costumo dizer que a TV Cultura é tipo o Discovery Channel da TV aberta. Tirando que a programação infantil da Cultura é MUITO melhor. Tenho orgulho de dizer que cresci assistindo TV Cultura.

        • Marvelunatico

          23 de abril de 2014 em 17:13

          Assino em baixo!

    • Marvelunatico

      22 de abril de 2014 em 19:46

      Sim, tipo o Minilua, nosso mundo de curiosidades, por exemplo! 😀

      [puxa saquismo mode: on]

      • Wagner

        22 de abril de 2014 em 19:48

        Puxa-saco mesmo!
        Sabe muito bem que aqui é o nosso mundo de satanismos 3:)

  33. The Fox

    22 de abril de 2014 em 19:36

    Pelo menos o pornô ainda não é supremo nas tvs…

    • Near

      22 de abril de 2014 em 20:16

      porno e novela é mema coisa

  34. Lakter X

    22 de abril de 2014 em 19:34

    Eu acho lamentável que o índice de leitura esteja tão baixo, mas passa a ser difícil quando você tem apenas uma ou nenhuma biblioteca na região. Com 72,5% das escolas sem biblioteca (dados do ano passado) também ajuda para essa pesquisa…

  35. Mutley

    22 de abril de 2014 em 19:27

    Resumindo tudo : O Brasil é pior que coco seco preso no c# por pelos .

    • Thiago.

      22 de abril de 2014 em 20:01

      [img]https://fbcdn-sphotos-f-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash3/t1.0-9/1908281_607300939360390_1810826571_n.jpg[/img]

    • Marvelunatico

      22 de abril de 2014 em 19:33

      [img]http://www.reactionface.net/images/original/197.jpg?new=1[/img]

      • Forasteira

        22 de abril de 2014 em 19:57

        [img]http://ss10.cdn.x2n.com.br/~ahmanolo/wp-content/uploads/2013/08/995984_610016745710272_1619292614_n.jpg[/img]

  36. Forasteira

    22 de abril de 2014 em 19:23

    E é assim que o brasileiro vive:

    Da a pata, senta, deita
    Não respire, apague a luz
    Vote em mim e não discuta
    Tenha fé, carregue a cruz
    Seja livre, mas nem tanto
    Pode criar, mas eu digo o que
    Assine as três vias, entregue e aguarde
    não se preocupe, eu aviso a você!
    Não se informe, deixa comigo
    Durma tranquilo, confie em mim
    Não se importe, sem problemas
    Deixa que eu resolvo daqui
    Pra que emprego, que coisa chata
    Aproveite o Carnaval
    Mesmo sem luz, proteção nem dinheiro
    Por favor, não mude o canal

    Seu Mestre mandou

    Compre sua roupa na loja mais cara
    Entre na moda, ai vem o verão
    Use, abuse, finja que manda
    Mas viva com o olho aberto se não

    E daqui a pouco vão querer
    Morar em você
    Vão querer
    Morar querer você
    E Daqui a pouco vão querer
    Morar em você

    Vão querer
    Morar em você
    Vão querer

    Seu Mestre mandou

    Pitty – Seu Mestre Mandou

    • Renato Russo

      22 de abril de 2014 em 19:29

      “”É sangue mesmo, não é mertiolate”
      E todos querem ver
      E comentar a novidade.
      “É tão emocionante um acidente de verdade”
      Estão todos satisfeitos
      Com o sucesso do desastre:
      Vai passar na televisão
      “Por gentileza, aguarde um momento.
      Sem carteirinha não tem atendimento –
      Carteira de trabalho assinada, sim senhor.
      Olha o tumulto: façam fila por favor.
      Todos com a documentação.
      Quem não tem senha não tem lugar marcado.
      Eu sinto muito mas já passa do horário.
      Entendo seu problema mas não posso resolver:
      É contra o regulamento, está bem aqui, pode ver.
      Ordens são ordens.
      Em todo caso já temos sua ficha.
      Só falta o recibo comprovando residência.
      Pra limpar todo esse sangue, chamei a faxineira –
      E agora eu já vou indo senão perco a novela
      E eu não quero ficar na mão”

      Metrópole – Legião Urbana

  37. Miley Saurus

    22 de abril de 2014 em 19:15

    Ou mentiram ou ficaram com vergonha de falar que vêem pornô, porque até parece que brasileiro não gosta desse gênero -_-

    • Forasteira

      22 de abril de 2014 em 19:18

      Pornô é o caramba. Aqui é pornochanchada, poarr.

  38. O Mentalista

    22 de abril de 2014 em 19:13

    Aliás, música sacra, ópera, orquestral, sinfÔnica, é tudo do gênero clássico na qual foram separadas por motivos desconhecidos.

    • Forasteira

      22 de abril de 2014 em 19:17

      Vai ver quem organizou essa pesquisa é a mesma pessoa que fez a pesquisa sobre “”””estrupo”””” e sobre os índices eleitorais de cada candidato.

      • O Mentalista

        22 de abril de 2014 em 19:21

        Cara não sei, mas para quem escuta música erudita(que erroneamente é confundida com clássica, como na pesquisa) sabe que foi um erro grotesco.

        • Emmanov Kozövisck

          22 de abril de 2014 em 20:39

          E qual é a diferença entre música clássica e erudita? Estou curioso.

          • O Mentalista

            22 de abril de 2014 em 22:48

            Música clássica é a música do período neo-clássico(entre 1700 e 1800), é um estilo musical, muito forte onde até hoje é considerado o marco da música. Música Erudita é o conjunto de estilos musicais, tal como clássico, barroco, romântico e moderno, porém a música considerada erudita só vai até o modernismo. Entenda, nem toda música “clássica” que você ouve, é realmente clássica, ela pode ser barroca, romântica, impressionista…na qual todos são estilos de música, e clássico é só mais uma determinação. Como o rock, o samba, o funk, todos são estilos contemporâneos, mas não podemos dizer que todos são rock só porque o rock é o mais conhecido não é mesmo?

          • Emmanov Kozövisck

            23 de abril de 2014 em 19:34

            Ah, entendi. Obrigado pela explicação.

  39. Li Syaoran

    22 de abril de 2014 em 19:12

    Até que não está tão mal quanto eu imaginava.
    É triste ver que a maioria das pessoas nunca foi numa exposição de arte ou nem mesmo numa peça, mas isso é previsível.
    Fiquei surpreso com o altíssimo número de pessoas que não leem livros pois o Brasil é um dos países que mais imprime livros no mundo. Isso que significa que nós temos uma pequena parcela da população que consome bastante e uma imensa maioria que não lê nada.
    É animado ver que poucas pessoas afirmaram assistir reality shows, mas não se enganem: esse número só é pequeno porque a pesquisa não feita em época de BBB e A Fazenda, porque senão essa categoria estaria entre as primeiras.
    P.S: Só eu ri quando vi pornô entre os programas mais assistidos? Nem tem na TV aberta.

    • P Pierrot

      23 de abril de 2014 em 13:34

      hahaha cine privê ainda deve ter sua audiência xDDDD. A questão do teatro eu imagino que não há uma publicidade efetiva e um trabalho para levar esse entretenimento para as massas (sempre quando vejo um ator que está fazendo uma peça a gente pensa que é entretenimento da elite). É desolador ver que a maioria não lê muito mas felizmente também tem uma parcela lendo coisas muito boas ao que parece. Triste ver que as novelas ainda reinam na audiência (pq sempre vai ser a mesma coisa, e se fizessem séries com temáticas mais de ação ao invés desses temas já devéras manipulados?)

  40. Lucas Rodrigues

    22 de abril de 2014 em 19:11

    Cultura já não é mais uma palavra que seja valorizada na mentalidade do brasileiro. Só tenho a lamentar por ver essas imagens, a tendêcia é piorar mesmo u_u

  41. Nameless

    22 de abril de 2014 em 19:10

    […] “Você trabalha feito um burro de carga
    Puxando um sistema podre que é bancado com o seu suor
    E sexta-feira vai pra igreja comungar com a sua família
    A voz sagrada, Jesus Cristo é o senhor
    E deixa parte do salário em retribuição
    À dádiva divina da palavra do pastor
    É melhor garantir um lugar no céu
    Aqui nesse inferno tenta só sobreviver
    E o que salva é a cervejinha no fim de semana
    Assistindo o jogo do seu time preferido na tv”[…]

    As palavras são de uma música da banda Detonautas que alguns já devem ter ouvido. A letra continua, porém seria outro comentário extenso. Achei que se encaixaria bem aqui.

    • Renato Russo

      22 de abril de 2014 em 19:24

      “Bondade sua me explicar com tanta determinação
      Exatamente o que eu sinto, como penso e como sou
      Eu realmente não sabia que eu pensava assim
      E agora você quer um retrato do país
      Mas queimaram o filme
      E enquanto isso, na enfermaria
      Todos os doentes estão cantando sucessos populares.
      (Todos os índios, índios, índios, índios foram mortos, mortos, mortos….)”

    • el chupacabra

      22 de abril de 2014 em 19:15

      essa letra é muito boa mesmo mas em termo de critico fico com perfeição (legião urbana)

  42. Forasteira

    22 de abril de 2014 em 18:52

    O que diabos é Tecnomelody, afinal?

    • Diego Martins

      27 de abril de 2014 em 11:53

      Prefiro nem saber.

    • el chupacabra

      22 de abril de 2014 em 19:02

      tipo calypso só que ruim

      • Forasteira

        22 de abril de 2014 em 19:06

        E pode ficar pior que Calypso? Porran. Hu3s, sempre se superando.

        • el chupacabra

          22 de abril de 2014 em 19:14

          calypso só não é tão mau por causo do chimbinha um grande mestre do metal

          • Forasteira

            22 de abril de 2014 em 19:15

            Slash? Carlos Santana? Que nada, bom mesmo é o Chimbinha.

  43. Nameless

    22 de abril de 2014 em 18:51

    Quantos livros li nos últimos meses? Nenhum. O que não quer dizer que eu leia pouco.

    O tempo despendido por mim com televisão é pouco e deste o gasto com novelas é irrisório. Surpreende muito o público do maldito BBB ser tão pequeno.

    O gosto musical nacional sempre foi sertanejo… Mas que diabo é chorinho?

    Não vou a teatro porque simplesmente não há um perto de onde eu viva. Então, mesmo que quisesse, não poderia…

    Exposições de carros rebaixados ocorrem seguidamente, só isso já basta para tirarem suas próprias conclusões… Não lembro de ter ouvido falar de uma exposição exclusivamente de arte ou algo assim próximo daqui e de meu interesse.

    Faltou colocar nessas imagens o tempo gasto com redes sociais por muitos, nos quais não me incluo, que aposto superar o gasto com televisão, e pior, esmagadoramente por razões fúteis.

    Essa é minha humilde opinião sobre opinião sobre o assunto. Não deve interessar muita gente, entretanto, foda-se.

    • Nameless

      22 de abril de 2014 em 19:05

      Digitei duas vezes opinião, ignorem.

    • Forasteira

      22 de abril de 2014 em 19:00

      Odeio e sempre odiei e-books. A minha sorte é que minha mãe trabalha na escola onde eu estudo e direto traz uns livros pra mim (Não me julguem, a biblioteca da escola não é utilizada). São raras as vezes que eu assisto televisão, e a maioria das vezes que eu ligo ela é pra jogar videogame. Quanto ao gosto musical brasileiro, acho que só decaiu. Não tenho nada contra sertanejo de raiz e acho que o funk (alguns deles) tem uma base muito boa (e para por aí). Curto muito mpb e alguns artistas independentes brasileiros que a mídia não mostra.

      O povo é muito ignorante e adora falar que o país tá uma merda quando, em alguns casos, a culpa é nossa. Por que? Porque não nos informamos, porque não agimos, porque não temos cultura. É fácil deixar o Brasil em pleno século 21, ser dominado pela Primeira República, onde se aplicava o coronelismo. Aí digo novamente: Por que? Porque não nos informamos, porque não agimos, porque não temos cultura.

      Enquanto isso, temos 150 milhões de baba-ovos de gringo que só sabem criticar e dizer quão bom são os outros países e que a culpa é do Governo que não muda, e assim que arranjarem dinheiro vão se mudar pros States. Aí sentam no sofá, assistem a uma emissora hipócrita e a uma novela hipócrita se esquecendo, finalmente, dos problemas que tanto reclamam mas não reivindicam. Chega a eleição, o povo pega o primeiro santinho que vê pelo chão e digita o número do candidato. Ou “Vai mesmo a Dilma, já tá aí mesmo”.

      O engraçado é que estava falando exatamente sobre isso com minha professora de História e meu amigo hoje de manhã. Não tenho e nunca tive vergonha de dizer que sou patriota. Sempre digo: ser patriota não é ser idiota. Patriotismo significa amar, respeitar e, acima de tudo, cuidar da sua pátria. Se você ama seu governo, tome seus remédios. Se você ama sua pátria, lute por ela.

      • Emmanov Kozövisck

        22 de abril de 2014 em 20:37

        Infelizmente, não sou patriota. Sigo o meu dever como cidadão brasileiro, mas jamais me glorifico por pertencer a nação brasileira, pois considero títulos nacionalistas irrisórios. Entretanto, é bem provável que eu esteja dizendo isso apenas porque sou brasileiro, um país que não se valoriza, que não cobra de suas crianças o respeito para com a pátria e quando cobra, é desrespeitado. Já vi inúmeras vezes que, em épocas importantes para a história do Brasil, como a sua independência, pessoas desrespeitando a pátria ao ficar conversando ou se comportando de forma inadequando enquanto o hino nacional é soado. Eu não faço a mínima questão destas regalias e odes ao Brasil, mas quando as faço, faço com respeito: canto o hino, adquiro uma postura e ignoro aqueles que não respeitam a nação.
        Mas é óbvio que respeitar a nação não é apenas respeitar o hino, mas respeitar o país como um todo; é ser um cidadão. Gestos gentis como não jogar o lixo na rua e evitar fumar em lugares fechados são medidas de respeito à pátria. Votar sabiamente nos futuros governantes políticos também é uma forma de agir seriamente perante o Brasil. Isto, todos os cidadão deveriam fazer, mas pouquíssimos sequem o seu dever como cidadãos brasileiros.
        O brasileiro é engraçado, pois na maioria das vezes abaixa a cabeça e deixa os estrangeiros falarem mal de nosso país; ou pior, chegam a apoiá-los sem nada fazer para melhorá-lo. Nós não nascemos com um senso patriota. Consideramos a nossa música um lixo (e ela não é), consideramos a nossa culinária um lixo (e ela não é), consideramos os nosso hábitos um lixo (e eles não são); enfim, de forma generalizada, o brasileiro é “chupa rola de gringo”. Devemos desenvolver o nosso lado patriota ou ao menos o lado cidadão, pois somente assim o Brasil irá para frente.
        MAS eu posso estar dizendo tudo isso porque sou brasileiro. Eu tenho quase certeza que se eu fosse de alguma etnia europeia, como a basca, eu seria extremamente nacionalista. E o nacionalismo é algo que eu gosto e não gosto ao mesmo tempo nos europeus. O nacionalismo abre uma grande corrente interna entre as pessoas do país, pois elas se identificam umas com as outras; porém, elas se fecham com estrangeiros. No Brasil esse sentimento nacionalista é quase impossível de ser desenvolvido, pois o nosso país tem uma grande variedade étnica, o que dificulta esse senso e até divide o país em grupos (já estou cansado de ver gaúchos nazistas dizerem que querem se separar do Brasil e formar a República Farroupilha, algo que me dá nojo; ou então paulistas afirmam que “somos a maior economia do Brasil, logo se nos separarmos dos demais Estados, seremos um país de primeiro mundo!”, outro pensamento que me enoja. Existem casos ainda de que gaúchos e paulistas pensam em se unir. Enfim, o Brasil é complicado.).

        Não reli este texto, portanto perdoem-me caso existam eventuais erros de ortografia ou concordância.

        • Shun

          22 de abril de 2014 em 20:44

          kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk vocês… me… matam…
          pq comments assim não vão parar no MDS? só vão aquelas piadinhas sem graça .-.

          • Forasteira

            22 de abril de 2014 em 21:05

            Simplesmente porque falar a verdade é crime e um ato, como disse o Lucas, de pseudo-intelectualismo. Um pseudo-intelectual se põe a frente dos outros dizendo-se superior, uma pessoa provida de bom senso fala a verdade sem segundas intenções. É por falar a verdade e prezar a verdade que eu nunca vou viajar pra Rússia.

          • Emmanov Kozövisck

            22 de abril de 2014 em 20:59

            As pessoas têm preguiça de ler comentários extensos e acabam dando like em montagens malfeitas ou ofensas pessoas ao Satirista, Vayne, Moonlight e companhia.

          • Emmanov Kozövisck

            22 de abril de 2014 em 20:57

            Opa, obrigado.

          • Lucas Rodrigues

            22 de abril de 2014 em 20:49

            Porque os tronsões do ML acham comments assim “pseudo-intelectuais. Bando de retardados ¬¬

  44. Forasteira

    22 de abril de 2014 em 18:50

    [img]http://static.minilua.org/resize/cache/c2l0ZTovLzIwMTQvMDQvNC5qcGd8NjIweDI5NS41MzEyODEwMzM*.jpg[/img]

    A não ser que a Bíblia tenha mudado seu nome pra “As Aventuras de Jesus e Seus Amigos”, não conto issaê como leitura não.
    *prevejo apedrejamento coletivo*

    • caçador de ursos

      25 de abril de 2014 em 12:18

      kkkkkk

    • P Pierrot

      23 de abril de 2014 em 13:27

      Ta pedindo tbm fera xD. Mas o que mais doeu é a maioria não lê nada…

      • Forasteira

        23 de abril de 2014 em 15:48

        É que simplesmente, quem diz que lê a Bíblia tá tendo uma desculpa pra dizer que lê. Vamos supor que a cada 100 pessoas que dizem que leem a Bíblia, somente 10 realmente a fazem. Tirando que ninguém vê a Bíblia como uma história em si, normalmente só lê quando precisa lembrar de algo ou abre em algum salmo e deixa aberta na sala de casa (Duas coisas que nunca vou ter em casa: uma Bíblia na sala e uma cruz em qualquer cômodo, principalmente no quarto). Então não, não considero a Bíblia leitura porque simplesmente é só uma tapa-buraco pro povo dizer que lê algo.

        • Amilton BP

          24 de abril de 2014 em 13:16

          Voce ta generalizando né? Falar por todos uma coisa que voce ta dizendo.
          Eu não tenho bílbia aberta em casa e nem cruz espalhada pelos cômodos. Mas gosto de ler os ensinamentos e bons exemplos que encontro. Eu considero como uma leitura, e leio pro meu filho quase como “As Aventuras de Jesus e Seus Amigos”! 🙂

          • Forasteira

            24 de abril de 2014 em 21:11

            Eu não generalizei. “Vamos supor que a cada 100 pessoas que dizem que leem a Bíblia, somente 10 realmente a fazem.” Mas, realmente, no “Tirando que ninguém vê a Bíblia […]” eu errei, não era pro ninguém estar aí. Mesmo não crendo na Bíblia, ainda sim eu acho que ela tem uma história incrível.

    • Marvelunatico

      23 de abril de 2014 em 06:47

      [img]http://www.contraditorium.com/wp-content/uploads/2010/03/apedrejamento.jpg[/img]

  45. Renato Russo

    22 de abril de 2014 em 18:38

    “Que país é esse? Que país é esse? Que país é esse?”

    • Wagner

      22 de abril de 2014 em 19:31

      Brasil ._.

      • Renato Russo

        22 de abril de 2014 em 19:37

        “Eu sei. Eu sei.”

    • el chupacabra

      22 de abril de 2014 em 18:44

      vamos celebrara a estupidez humana a estupidez de todas as nações, meu país e sua corja de assasinos, covardes, estrupradores e ladrões, vamos celebrar a estupidez do povo nossa policia e televisão (melhor letra)

      • Renato Russo

        22 de abril de 2014 em 18:54

        “Venha! Meu coração está com pressa. Quando a esperança está dispersa só a verdade me liberta. Chega de maldade e ilusão!”

  46. Marvelunatico

    22 de abril de 2014 em 18:36

    Ou seja, o brasileiro assiste mais novela do que se informa, quase não lê nada e ainda escuta mais funk do que música.
    ESSE BRASIL TÁ UMA BOSTA MESMO!

    • Lucas Rodrigues

      22 de abril de 2014 em 19:15

      Culpa da Rede Globo, que enfia goela abaixo nos seus telespectadores essas destruidoras de famílias audiovisuais.

      • O Mentalista

        22 de abril de 2014 em 19:30

        Assiste quem quer, se não possui outros canais em casa, sempre livros ou até mesmo na internet dá para ver algo que preste.

        • Forasteira

          22 de abril de 2014 em 19:38

          Concordo, o livre arbítrio taí. A Globo pode ser manipuladora pra k7, mas de vez em nunca até que passa alguma coisa interessante. Assim quem quer… E o que quer…

          • O Mentalista

            22 de abril de 2014 em 19:42

            Sim, o jornal é bem tendencioso, os programas infantis foram tirados para virar uma emissora “séria”, faustão mais mal educado que nunca, Ana maria a múmia falante, os programas que “prestam” passa de madrugada, a hora que ninguém pode ver…

          • Forasteira

            22 de abril de 2014 em 19:52

            #pariu bater um papo com Rachel Sheherazade hu3hu3hu3 (E PQP, eu fui procurar no Google o nome dela e descobri que ela tem 40 anos. PQP)

          • Marvelunatico

            23 de abril de 2014 em 06:38

            pariu?? o.O

          • Forasteira

            23 de abril de 2014 em 13:19

            huehuehue errei, era partiu, cês não perdem uma, não é mesmo?

          • Mutley

            22 de abril de 2014 em 21:00

            40 anos ? PQP

          • Forasteira

            22 de abril de 2014 em 21:31

            Exacto.

          • Forasteira

            22 de abril de 2014 em 19:38

            E antes que me apedrejem, não estou dizendo que gosto da Rede Grobo de Manipulação.

        • Lucas Rodrigues

          22 de abril de 2014 em 19:36

          Substituo os livros pelas HQs, na internet só vejo animes e tenho SKY, então me sinto livre da manipulação eletrônica da TV aberta. Dá até dó das pessoas que não possuem condições de pagar uma TV por assinatura e precisam se contentar com emissoras lixo. É triste.

          • Mutley

            22 de abril de 2014 em 19:46

            Como o Mentalista disse , se aliena quem quer … Eu não tenho TV por assinatura , assisto canais abertos onde tem mta merd* , mas também tem coisas que prestam … agora se não tiver nada pra ver msm , eu fujo pra Internet ou leio algum gibi …

          • O Mentalista

            22 de abril de 2014 em 19:43

            Antigamente tinha disso ainda, as crianças liam HQs, pelo menos liam!Imagine se elas juntassem isso com a informação contida na internet, que não é pouca?Seriam mini Einteins, como gosto de dizer hoje em dia só é burro quem quer.

    • el chupacabra

      22 de abril de 2014 em 18:40

      acho que o problema não seja o funk em sí mas a educação, uma educação de bosta vc vai ter uma mente de bosta e sóvai escutar bosta e agir com um bosta

      • nightmare_wolf

        22 de abril de 2014 em 18:55

        o funk esta prejudicando a educação, aqui em sp há mais briga de namorado de criança do que de adultos e adolescentes

        • Kairos

          22 de abril de 2014 em 21:01

          o q isso tem a ver com funk? .-.

          • Ultra

            22 de abril de 2014 em 21:18

            Tudo, Funk é puro conteudo sexual, segundo, tem uma área hipotálamo que com as vibrações sonoras inibem e liberam hormônios, Esse funk de bosta causa crescimento precoce em crianças, Entendeu?

          • Kairos

            22 de abril de 2014 em 21:23

            vibraçoes sonoras qlquer musica causa
            e tocava musicas assim toda vez eu saía alto por ae incluindo tb os sertanejo, forró e etc.
            e eu tive uma infancia normal

          • Ultra

            22 de abril de 2014 em 21:31

            No seu tempo as músicas tinham conteúdo sexual por acaso?

          • Kairos

            22 de abril de 2014 em 21:38

            tinha
            ce acha q isso eh de hj?
            alem do mais, eu soh tem 15 anos
            jah existia “boquinha da garrafa”, “Lapada na raxada” e outras q nao lembro mais o nome
            eu era criança cara
            tu acha q eu ia entender essas letras?

        • Seth .

          22 de abril de 2014 em 20:41

          culpa e do funk , eles dizem , Nao importa a criaçao q as crianças tem a culpa e do funk … maldita roque uins …

        • Forasteira

          22 de abril de 2014 em 19:10

          Hoje, na escola, reparei que tinha uma menina do 1º ano grávida. Parece até que estamos revivendo o passado. Ainda bem que tenho juízo e só penso em ter filho lá pelos 30. Essas meninas ficam dando até pra cachorro na rua. Quando eu tava na 4ª série, morria de medo do povo da 8ª, agora que estou na 8ª me sinto uma idiota vendo aquelas crianças mal-educadas agindo feito um batalhão de pequenos tarados. Nunca namorei na minha vida, e tem muita criança de 7 anos que já pegou 10. Há corda, Huezil.

          • Shun

            22 de abril de 2014 em 20:37

            Ninguém merece ter que ver essas crianças querendo agir como adultos… mal sabem que estão perdendo uma das melhores fases da vida deles. Pior é ver as coisas que essas pirralhada postam no face haha

          • Adiel Esdras

            22 de abril de 2014 em 19:14

            qts anos vc tem??

          • Forasteira

            22 de abril de 2014 em 19:15

            14

          • Forasteira

            22 de abril de 2014 em 19:10

            *10 só na Páscoa, pfv.

        • el chupacabra

          22 de abril de 2014 em 19:01

          a falta de educação descente é o descaso do povo

          • Homer the Sage

            22 de abril de 2014 em 21:04

            Descente????? Depois eu que sou o burro.

          • Shun

            22 de abril de 2014 em 21:09

            Eu tava torcendo pra alguém falar isso haha
            só ñ falei pq jah estou decidido a não ficar corrigindo as pessoas mais kk

  47. el chupacabra

    22 de abril de 2014 em 18:31

    melhor impossivel (beijinho no ombro)
    [img]https://scontent-a-gru.xx.fbcdn.net/hphotos-prn2/t1.0-9/1609909_1394530764159512_1244954883287068719_n.jpg[/img]

    • O Mentalista

      22 de abril de 2014 em 19:26

      Isso tá mais para “Pedra no Rolo…de Papel higiênico.”

  48. André Silva

    22 de abril de 2014 em 18:31

    A cultura do brasileiro anda uma bosta mesmo :/

    • Rafael Pereira

      23 de abril de 2014 em 20:02

      Meu caro André, não existe cultura melhor ou pior, apenas exitem culturas. Não seja eurocentrista ao negativar os costumes de seu país. O que você chama de “cultura bosta” é nada menos que falta de conhecimento, nem todos tem a chance de fazer certas coisas pois precisam se preocupar com comida, educação e segurança para sua família. Em certos casos a pessoa mesmo prefere não fazer uma determinada coisa,, mas isso não significa que ela seja melhor ou pior que um europeu ou estadunidense. Em países desenvolvidos, grande parcela da população tem dinheiro para ir em teatros, comprar livros, e existe o incentivo para as artes mais “cultas”. Agora, depois de ler o que eu disse, espero que reflita um pouco mais no que fala.

      • caçador de ursos

        25 de abril de 2014 em 12:16

        vdd. o povo fala que a cultura brasileira é uma merda, sem conhecer nem 50% dela.
        a mairia dos brasileiros são pobres, e ñ tem dinheiro pra ir no teatro/cinema que é cada vez mais caro.

        • André Silva

          25 de abril de 2014 em 13:06

          Pelos 80% da cultura brasileira que conheço e muitos conhecem podemos dizer que é uma merda sim! Vcs falam como se um ingresso pro cinema custasse 100 R$, acorda cara, pra isso existe o bolsa familia ou vale-cultura, dinheiro pra show, balada e o escambau eles tem, agora pra comprar um livro nao? Pq ao inves de baixar porno na internet eles nao baixam um livro?

      • André Silva

        23 de abril de 2014 em 23:06

        Rafael, quando digo que a cultura do brasileiro anda uma bosta nao quero dizer que tudo que fazemos é uma bosta, mas a maioria. É por isso q os outros paises estao sempre à nossa frente, pois enquanto eles estao estudando, a maioria dos brasileiros estao vendo pornô ou novela, ou em baile funk, e tenho preconceito contra funk pq é um estilo musical banal q so fala besteira com letras sem sentido e falando de sexo selvagem o tempo inteiro. Um livro nao é tao caro, nem precisa ser um livro, eu mesmo leio quase que so gibis, e varios gibis custam menos de 5 reais, nao precisa ser rico ou classe media pra comprar um ingresso pro teatro ou comprar um livro, tenho 16 anos e enquanto nao trabalho pego a minha pequena mesada e gasto tudo em livros ou gibis, e ainda assim nao compro nem metade do que gostaria, e nunca precisei de incentivo de ninguem pra me interessar por literatura, todos somos grandinhos demais pra depender da Dilma ou quem quer que seja ir na tv pedir pra gente ler!

    • el chupacabra

      22 de abril de 2014 em 18:34

      rosque porra
      [img]https://scontent-a-gru.xx.fbcdn.net/hphotos-frc3/t1.0-9/s403x403/10173604_426480720829034_2074749599_n.jpg[/img]

      • Kuro Black

        22 de abril de 2014 em 18:42

        Nossa é muito rosqueiro mesmo…

        • André Silva

          22 de abril de 2014 em 19:04

          Não é pq o kra acha funk uma bosta de vaca q ele é rockeiro, admita, a maioria dos brasileiros em cultura parece ter esterco no lugar de um cerebro

          • Kuro Black

            22 de abril de 2014 em 19:13

            Esse comentário? foi para o El Chupacabra não é?

          • André Silva

            22 de abril de 2014 em 19:27

            Pra vc, mas serve pros dois

          • Kuro Black

            22 de abril de 2014 em 20:26

            Na verdade, meu comentário foi só para zoar a foto mesmo…
            Minha linha de raciocínio e algo próximo ao da sua…

          • André Silva

            22 de abril de 2014 em 20:55

            Ah bom, entao foi so pro El Chupacabra mesmo 🙂

          • Marvelunatico

            22 de abril de 2014 em 19:06

            Ei cara, a bosta de vaca serve como adubo u_u

180 Comentários
mais Posts
Topo