Como os computadores e smartphones realmente funcionam #2

Nós estamos vivendo a era dos computadores, sejam eles notebooks, tablets ou celulares. Todos esses objetos são computadores e funcionam de maneira similar, mudando apenas seu formato físico. Mesmo nesse mundo dominado por eletrônicos, que fazem parte de nossa vida em todos os momentos, muitas pessoas não sabem como esses aparelhos realmente funcionam.

Então, para que você pare de ser enganado pelas empresas que vendem esses aparelhos e anunciam números mágicos, como processador quadcore, memória de 16GB, 3GB de RAM… Vamos entender o que eles realmente significam e que benefícios trazem:




Memória

hdvsram

Todo computador e celular possuem ao menos dois tipos de memória. A mais falada e anunciada é conhecida como HD, que é uma sigla para hard drive. Essa é a memória do computador ou celular onde tudo fica salvo, como vídeos, imagens. Esse tipo de memória é bastante exaltado em propagandas, pois os números são grandes e impressionam, mas a verdade é que ela não deveria chamar tanta atenção.

A memória do HD ou SD, em celulares, tem como único objetivo salvar coisas. Essa memória normalmente é grande e seus dados ficam salvos mesmo após o computador desligar. Em geral, esse tipo de memória é bem lenta. Por isso, quando ligamos o computador leva algum tempo até ele ficar pronto para o uso. O primeiro passo feito por um celular ou PC ao ligar é copiar os dados do HD para a memória RAM e isso demora, exatamente porque o HD é bastante lento.

A outra memória do computador é a RAM. Essa memória é responsável por manter os aplicativos que estão abertos funcionando. Ela é centenas de vezes mais rápida do que o HD. Exatamente por isso que trocar entre uma aplicação aberta e outra é rápido. Ao contrário do que ocorre quando temos que abrir uma aplicação do zero.

ram_memory_chip-wallpaper-1366x768

O grande problema com a memória RAM é que ela é volátil, ou seja, no momento em que você desliga o aparelho, ela perde seus dados. Por isso, toda vez que ligamos o celular, temos que esperar quase um minuto até ele conseguir copiar os dados do disco e colocar na RAM. Além disso, a RAM é muito mais cara. É muito comum vermos empresas vendendo computadores com 500 GB ou mesmo 1 Tera de HD, mas a memória RAM costumar variar entre 2 e 8 GB. Isso ocorre por causa do preço.

A grande vantagem que a RAM traz para o celular ou computador é a capacidade de termos mais aplicações abertas ao mesmo tempo. Em um celular com 1GB de RAM, você talvez consiga deixar rodando o Facebook e mais um ou duas aplicações ao mesmo tempo, já um com 2GB, bem mais aplicações podem rodar. Além disso, quando a RAM fica muito cheia, os aparelhos começam a ficar lentos, pois precisam usar o HD como uma RAM secundária e por esse tipo de memória ser lenta, faz com que o desempenho do aparelho fique bastante ruim.

Ou seja, se você gosta de ter várias aplicações abertas ao mesmo tempo e não tem paciência para que elas fiquem abrindo cada vez que clica no ícone, prefira um celular com mais RAM. E obviamente, se você guarda muito arquivos, o ideal é ter um aparelho com muito HD/SD.

  1. Fear Will

    6 de abril de 2016 em 18:37

    Faltou mesmo do cache
    Sobre o L1, L2, L3
    Tipos de HD

  2. Eddy Uggioni

    6 de abril de 2016 em 18:25

    Faltou falar da memoria cache, que é utilizada durante o processamento das informações

    • Cyrax loops (Mortal Kombat Outworld)

      11 de abril de 2016 em 10:47

      Faltou muitas coisas quese for abordar o post ficaria massante

  3. Daniel_Manoel

    6 de abril de 2016 em 16:36

    empolgante!

4 Comentários
mais Posts
Topo