Como eles manipulam sua fé: Limitação #1

Atualmente existem mais de 10 mil religiões no mundo, e um dos pontos mais intrigantes nessa diversidade é que todas elas (ou quase) estão certas de que são “a única correta”, mas nenhuma delas possui provas palpáveis disto, por isso vemos mais de 5 mil deuses diferentes sendo louvados no mundo atualmente.

Em meio a essa diversidade, algumas religiões acabam apelando para técnicas menos honestas para manterem e aumentarem seus seguidores. Confira nesta série quais as mais frequentemente utilizadas:




Limitação

Mind-Control-1

Muitas religiões, mesmo no Brasil, estão crescendo a passos largos fazendo uso de uma das mais poderosas e efetivas técnicas de manipulação em massa: “limitação”.

Grande parte destas crenças prometem uma vida melhor em diversos sentidos para os seguidores, desde que eles deem dinheiro para a divindade da mesma. Sob promessas de um paraíso após a morte e de lucros ainda nesta vida, os menos afortunados despejam suas economias, em um “mercado” que movimenta bilhões de reais anualmente.

Em geral, pessoas de fora desse grupo fazem críticas extremas a essa situação. Por isso, os líderes apontam estas como pessoas ruins e que devem ser evitadas, fazendo com que os seguidores se afastem dos antigos amigos e até mesmo de parentes que não sigam a mesma crença.

cela

É muito comum vermos discursos de grandes líderes tratando tudo que não é estritamente relacionado com sua religião como algo amaldiçoado, que de alguma forma levará aquele que se envolver com aquilo à algum castigo em vida ou mesmo após a morte. Obviamente, esse tipo de afirmação cria um medo no seguidor que faz com que o mesmo tenda a se afastar de qualquer coisa apontada como ruim pelo líder.

A cada dia que passa, estas entidades investem mais dinheiro na criação de uma “cultura interna”, totalmente separada do resto da sociedade, onde além de lucrar com a venda dos mais diversos produtos, eles ainda afastam seus seguidores de notícias e conteúdos com quaisquer críticas que possam ser nocivas a fixação daquela crença no seguidor.

MindControl

Com isso, cada vez menos os seguidores veem canais de TV comuns, vão a festas “normais” ou se relacionam com pessoas fora daquele círculo religioso. Isso faz com que uma saída da religião seja cada vez mais difícil, pois sem novas pessoas, as novas ideias, discussões e cenários, que poderiam trazer mudanças, somem e tudo fica estagnado.

Essas técnicas são utilizadas de maneira mais radical em alguns países, onde a recomendação do líder literalmente é a lei, e os seguidores não podem se envolver com qualquer coisa que não seja relacionada a aquela religião, podendo serem punidos até mesmo com a morte.

Limitando as escolhas e desejos dos seguidores, a manipulação se torna muito efetiva em cativar os mesmos. Muitos deles sequer tem a oportunidade de conhecer o mundo diferente que existe atrás do muro daquela crença, enquanto os líderes da mesma lucram com a sua existência, ao mesmo tempo que escondem qualquer coisa que poderia ajudar a quebrar este “transe”.

  1. Semiramis Delling

    18 de abril de 2016 em 22:37

    O que seria dos espertos, se não existissem os tolos?

  2. Eduardo Monteiro

    10 de fevereiro de 2016 em 01:08

    O lema é “Ser ignorante é bom”, não tendo consciência do “pecados” não se peca.

  3. Gabriel Frigini

    24 de janeiro de 2016 em 17:52

    boa!

  4. Nicolas Almeida Ferreira

    23 de janeiro de 2016 em 12:47

    Belo post. Nasci em uma família totalmente religiosa, com apenas alguns parentes agnósticos(não ateístas) e eu ficava preso na pérola de Jesus e de “Papai do céu castiga” até meus 14 anos, quando comecei a acessar a Internet pela primeira vez, e achei várias publicações ateístas pela internet procurando a palavra “Deus”. Foi ai que a curiosidade pra descobrir o que os ateus pensavam sobre Deus me atingiu, e eu comecei a ler as publicações do site. Com o tempo, comecei a acessar o site regularmente(Por sinal, um site evolucionista) e de vez em quando eles postavam publicações sobre religião em geral, e algumas eram sobre o cristianismo. Eles postavam sobre como a Bíblia se contradizia, e como de fato poucos cristãos liam a Bíblia inteira. Por fim, acabei virando agnóstico ateísta aos 16 anos de idade.

  5. Felino

    23 de janeiro de 2016 em 00:36

    a lei de deus é tipo isso: Vc tem liberdade pra escolher se vai seguir o caminho X ou Y, mas só um aviso, se vc escolher o caminho Y você vai queimar em lava ardente pra sempre. Repare como essa tal “liberdade” é ilusória na crença dos religiosos

    • Willyam Ricardo

      23 de janeiro de 2016 em 01:15

      Isso não é liberdade ?
      Escolha seu próprio destino jovi .

  6. Réu

    22 de janeiro de 2016 em 14:14

    Uma vez, quando eu era mais novo, eu estava em sala de aula, ai o professor perguntou quem era ateu, de 35 alunos, 2 levantaram a mão, entre esses 2, um era meu amigo, e tipo foi estranho, eu comecei a ver ele diferente, não como um amigo mas como uma pessoa burra, tipo na minha cabeça não entrava o fato dele não acreditar em Deus, eu continuei a falar com ele normalmente mas eu sempre achei que ele pudesse me levar a um caminho errado. Hoje eu entendo como é, por isso eu nem falo que sou Ateu, mesmo que a outra pessoa fale que não tem pre-conceito com ateus, sempre vai ter aquela ponta de tristeza ou associar eles com coisas ruins.

  7. Sadrak Lacerda

    22 de janeiro de 2016 em 14:04

    Legal o post, eu acredito em um ser supremo, porém não acredito nessas bobagens pregadas por lideres evangélicos. Sigo os ensinamentos pregados por Cristo, progredir a paz e o amor, e é o que o mundo mais precisa nesses dias.

  8. Réu

    22 de janeiro de 2016 em 14:03

    Não tem como saber se Deus existe, dizem que ele é perfeito, o meu perfeito pode não ser igual ao seu perfeito. Ok, quem não acredita nele vai ao inferno ? Que Deus hein… É como alguém duvidar de você, quando você fala a verdade, quando duvidam de mim, eu não fico com raiva e com vontade que a outra pessoa vá ao inferno. Ai me aparecem aquelas pessoas que falam ”Eu já ouvi Deus e senti ele” como ouviram ele ? Ele falou ”Oi, eu sou Deus” ? Essa parte de ”Sentir Deus” me fez lembrar de um filme em desenho ( Space Jam, alguma coisa assim, com Michael Jordan ) e pra incentivar seus companheiros de time a jogar bem ele deu um tipo de água mágica, poção para todos beberem, e todos que beberam acreditaram que estavam fortes e melhores, sendo que depois ele falou que era água normal, a força que eles ganharam veio de dentro deles. Penso eu que é a mesma coisa com Deus, todos temos capacidade de mudar, mas muitas vezes não acreditamos em si mesmos, então quando sua consciencia fala, e você decide realmente mudar, dizemos que foi Deus que mudou nossas vidas, a mudança depende da nossa idade, e do nosso pensamento. Antes que venham falar que eu deveria ler a biblia, não tenho a minima vontade, não vai mudar em nada meu pensamento, e se pesquisarem, vão saber que até mesmo a biblia foi mudada com o passar do anos ( Não recentemente, lá atras.. ) É bem dificil admitir mas foi mudada para seguir as regras da igreja. E para quem tenta converter outra pessoa, ou até mesmo fazer desacreditar, é como fazer um Corinthiano Fanático virar Palmeirense, kk.

  9. Leonam

    22 de janeiro de 2016 em 08:51

    Excelente, eu queria ate enviar o link, o texto, para alguns fanáticos doentes que conheço, mas tenho certeza que a mente deles já estão tão contaminadas que nem vão entender o que diz ai.

  10. Lynn Rock

    22 de janeiro de 2016 em 00:21

    Eu concordo, não generalizo, porque sei que existem pastores honestos, mas alguns, especialmente os que estão na mídia, só querem saber de dinheiro…

  11. Réu

    21 de janeiro de 2016 em 14:47

    A Religião que acaba com o mundo, de uma certa forma. Já parei várias vezes para pensar porque não existem mais Gênios hoje em dia, como tinha antigamente, talvez não exatamente isso mas como nasceram eles. Não só eles mas todos nós somos movidos a curiosidade, tipo: ”Porque o raio cai ?”, antes, quando a igreja não tinha toda essa dominância, ninguém tinha uma explicação, e a curiosidade de gênios da época forçaram eles a estudar. Hoje, desde muito cedo colocam em nossas cabeças a resposta para tudo, Porque o raio cai ? ”Porque Deus quer”, pronto. Quando se está desempregado, o que eles aconselham ? Ajoelhar e orar. Eles tem uma capacidade de fazer nós desacreditarmos em si mesmos, e fazer achar que algum Deus, um tipo de ”Super Herói” invisivel irá nos salvar. Quando alguém está no Hospital, lutando pela vida e morre, dizem que foi porque Deus quis, que Deus quer as melhores pessoas ao seu lado, quando não morre, falam que Deus é bom, foi uma milagre de Deus, que porr* de lógica é essa ? E eu não sou um revoltado na vida, rsrs, e não tenho nada contra crentes, a não ser que seja aquelas cegas, aquelas que insistem em olhar para um mundo perfeito, que acham que estão remando rumo a um paraiso.

    • André Silva

      22 de janeiro de 2016 em 15:37

      A religião não acaba com o mundo, e sim as pessoas que a usam de maneira errada, nada impede um cara religioso de ter uma visão ampla do mundo.

    • Willyam Ricardo

      22 de janeiro de 2016 em 03:15

      Esse seu comentário só mostra o quanto você não tem conhecimento tanto de história quanto da bíblia .

    • Seth Mesquita

      22 de janeiro de 2016 em 00:40

      Caraca maluco que brisa loca tirei agora nesse comentário seu. Realmente mano pode cair qualquer lado da moeda mas sempre vai ter uma resposta ”boa” e.e.
      Que porr* de lógica é essa² kk

  12. Leandro

    21 de janeiro de 2016 em 11:48

    Seria interessante se vocês fizessem uma matéria a respeito do Projeto Serpo, com certeza seria uma leitura bem interessante.

  13. Atrelegis Valgard

    21 de janeiro de 2016 em 11:08

    Nunca dei um centavo para a igreja, sabem porque? porque simplesmente não quis, dizimo da quem quer.
    Assim como ajuda quem quer coisas como criança esperança e unicef, tantas coisas importantes e mais uma vez o site abordando esse tema, o governo vagabundo desse país que rouba o povo com impostos absurdos também seria uma ótima matéria, afinal nesse não temos escolha né? somos obrigados a pagar…

    • Willyam Ricardo

      22 de janeiro de 2016 em 03:11

      O dizimo sim ,a oferta que não .

  14. Johnny Scheidegger Lopes

    21 de janeiro de 2016 em 10:59

    João: 3. 16. Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

  15. Pri Silva

    21 de janeiro de 2016 em 10:50

    Sempre tem essas tretas em relação a religião. A igreja fez isso, fez aquilo, matou milhões etc.
    Deixa eu te dizer… se a religião católica não tivesse feito as cruzadas talvez hoje você viveria em um califado. O erro do catolicismo foi não ter terminado o que começou,ou seja, erradicar a religião muçulmana. Se o fizesse talvez hoje não tivesse tantos ataques terrorista.
    Quanto a manipulação, sempre vai ter pessoas de cabeças fracas e alguns “lideres religiosos” se aproveitam disso para levar vantagem. Mas não precisa ser religioso para ser manipulado. Quantos de nós não é manipulado pela mídia, pelo governo, etc.

    • José Higor

      21 de janeiro de 2016 em 11:58

      E a Inquisição? Era pra ter terminado também?Queimar gente viva por bruxaria me parece algo bem sensato.

  16. José Higor

    21 de janeiro de 2016 em 10:04

    Apesar de ainda ser jovem(17), me faço questianamentos sobre Deus a alguns anos, mas sempre tentei manter minha fé pela influência familiar e por causa do medo, achando que se eu deixasse de acreditar ou me rebelar contra Deus iria “queimar no inferno”. Já perdi minha fé, e caso eu esteja errado, prefiro queimar no inferno do que ser devoto a um Deus de hipocrisia, egoismo, que condena pessoas a tortura eterna só por não acreditar nele.

    PS: Se alguém que me conhece ler esse comentario, não conte a minha familia porque vão chamar o padre pra me exorcizar.

    • Giovana Rivas

      5 de março de 2016 em 19:49

      José Igor, se vc conseguiu ler a bíblia inteira, parabéns. Eu a li inteira tbm e desisti da religião por conta das várias contradições que vi enquanto lia os capítulos.
      O homem foi criado depois dos outros animais. [Gn 1:25-27]
      O homem aparece antes dos outros animais. [Gn 2:18-19]

      O homem e a mulher foram criados simultaneamente. [Gn 1:27]
      O homem foi criado primeiro, então os animais, e só depois a mulher, da costela do homem. [Gn 2:18-22]

      Quanto tempo levou para criar os céus e a terra?
      Um dia [Gn 2:4] ou seis dias [Gn 1:3 – 2:3]

      As plantas foram criadas antes dos homens. [Gn 1:11-13], [Gn 1:27-31]
      As plantas foram criadas depois dos homens. [Gn 2:4-7]

      De onde foram criadas as aves?
      Das águas [Gn 1:20-21] ou da terra. [Gn 2:19]

      Adão pode comer de qualquer árvore?
      Adão pode comer de toda árvore. [Gn 1:29]
      Há uma árvore da qual ele não pode comer. [Gn 2:17]

      Mas infelizmente eu fui insistente e decidi continuar, mas me deparei com o seguinte:

      Quantos deuses existem?
      Há somente um Deus. [Dt 4:35], [Dt 4:39], [Dt 6:4], [Dt 32:39], [Is 43:10], [Is 44:8], [Is 45:5-6], [Is 46:9], [Mc 12:29], [Mc 12:32], [Jo 17:3], [I Co 8:6]
      Existem vários Deuses. [Gn 1:26], [Gn 3:22], [Gn 11:7], [Ex 12:12], [Ex 15:11], [Ex 18:11], [Ex 20:3], [Ex 22:20], [Ex 23:13], [Ex 23:24], [Ex 23:32], [Ex 34:14], [Nm 33:4], [Jz 11:24], [I Sm 6:5], [I Sm 28:13], [Sl 82:1], [Sl 82:6], [Sl 86:8], [Sl 96:4], [Sl 97:7], [Sl 136:2], [Jr 1:16], [Jr 10:11], [Sf 2:11], [Jo 10:33-34], [I Jo 5:7]

      Salvação é só uma questão de fé?
      Salvação é só uma questão de fé. [Mc 16:16], [Jo 3:18], [Jo 3:36], [At 16:30-31], [Rm 1:16-17], [Rm 3:20], [Rm 3:28], [Rm 4:2], [Rm 4:13], [Rm 5:1], [Rm 10:9], [Gl 2:16], [Gl 3:11-12], [Ef 2:8-9], [Tt 3:5]
      Salvação não é só uma questão de fé. [Sl 62:12], [Pv 10:16], [Jr 17:10], [Ez 18:27], [Mt 12:37], [Mt 16:27], [Mt 19:17], [Mt 25:41-46], [Lc 10:26-28], [Jo 5:29], [Rm 2:6], [Rm 2:13], [II Co 5:10], [II Co 11:15], [Fp 2:12], [Tg 2:14], [Tg 2:17], [Tg 2:21-25], [I Pe 1:17], [Ap 2:23], [Ap 20:12-13]

    • Willyam Ricardo

      22 de janeiro de 2016 em 03:09

      Se você conhecesse realmente DEUS não pensaria dessa forma ,você o conhece pela forma que os outros tentam explicar. Um homem que tem intimidade com Deus nunca teria esse seu tipo de ideia .E se você leu a bíblia com essa sua visão unilateral ,sinto muito meu caro ,perdeu tempo, muito tempo . A bíblia foi feitas por homens inspirados por Deus ( isso esta nela ,pra provar que você leu a mesma de forma errada,se tivesse lido isso teria buscado a Deus pra entende-la ,mas acho que você não fez isso. ) só o Espirito Santo pode te dar o verdadeiro significado da palavra que ele mesmo disse.

      Seria muito egoismo e hipocrisia um dono de uma festa não convidar uma pessoa que não gosta do mesmo ou tem ódio dele .

    • GauchoTCHÊ

      21 de janeiro de 2016 em 10:43

      Seu cocozão leia a bíblia, não leia o que as pessoas dizem sobre ela ou interpretam….. seu cocozão

      • José Higor

        21 de janeiro de 2016 em 12:00

        So pra ficar claro, eu acho sim que a bíblia tem varios ótimos ensinamentos, mas também tem ensinamentos horríveis, e o grande problema está aí, cada um pega a parte que lhe convém.

      • José Higor

        21 de janeiro de 2016 em 11:46

        Foi lendo biblia mesmo que eu cheguei nessa conclusão.

  17. Emerson Alves

    21 de janeiro de 2016 em 07:55

    O que essas igrejas vem fazendo na era moderna, é a mesma coisa que a igreja catolica fazia na idade média: A promessa de uma vida eterna, através do pagamento de indulgencias.

    • Pri Silva

      21 de janeiro de 2016 em 10:52

      Sempre tem essas tretas em relação a religião. A igreja fez isso, fez aquilo, matou milhões etc.
      Deixa eu te dizer… se a religião católica não tivesse feito as cruzadas talvez hoje você viveria em um califado. O erro do catolicismo foi não ter terminado o que começou,ou seja, erradicar a religião muçulmana. Se o fizesse talvez hoje não tivesse tantos ataques terrorista.
      Quanto a manipulação, sempre vai ter pessoas de cabeças fracas e alguns “lideres religiosos” se aproveitam disso para levar vantagem. Mas não precisa ser religioso para ser manipulado. Quantos de nós não é manipulado pela mídia, pelo governo, etc.

      • Seth Mesquita

        22 de janeiro de 2016 em 00:34

        Nossa moça que pira errada. Não acho que o problema seja a religião muçulmana e sim como os caras lá usam de maneira errada a ideologia.

  18. Rodrigo Duarte

    20 de janeiro de 2016 em 23:52

    Qual a diferença entre o padre e o coador?… É Que o padre é de muita fé e o coador é de pô café. Agora falando sério, minha religião é a zoeira porque ela não tem limites.

  19. Willyam Ricardo

    20 de janeiro de 2016 em 23:43

    A bíblia diz para buscarmos sabedoria e conhecimento , não é errado estudar tudo, só não pode se alienar , deixar que aquilo abale a sua fé em Cristo Jesus .Mesmo sendo crente ,concordo plenamente em certos pontos do post ,porém pra quem acha que a bíblia apoia isso esta completamente por fora dela. Esses homens que usam a palavra de Deus para fins lucrativos são uns belos de hipócritas e vergonhosos. Por isso a bíblia nos ensina a buscar mais do Espirito Santo para adquirir mais discernimento da palavra. Pra quem conhece a bíblia sabe muito bem que não somos presos a nada , temos total liberdade de fazer o que quisermos (porém sabe-se também que toda ação possui sua consequência ). Por isso sempre é bom buscar sabedoria ,conhecimento , discernimento ,abrir os olhos e etc ,para não cair nesse joguinho ae de vergonha que esses líderes fazem .

    • Mateus Daniel Caetano

      22 de janeiro de 2016 em 01:47

      Cara… virei seu fã.

      • Willyam Ricardo

        22 de janeiro de 2016 em 02:59

        kkkkk, Se quiserr me dar um REAL eu apoio kkk, vlw cara .

        • Mateus Daniel Caetano

          22 de janeiro de 2016 em 20:46

          Eu sabia q tava bom demais pra ser verdade huehuehuehue
          Não há de que, bro.

  20. chapolim do mal

    20 de janeiro de 2016 em 23:43

    Todo dia eu tenho a mesma discussão com a minha mãe, eu já até desisti de falar, agora eu só escuto e fico calado.

    • Cold

      21 de janeiro de 2016 em 12:22

      A minha só dá umas indiretas…

  21. André Silva

    20 de janeiro de 2016 em 20:58

    Diz o sábio ditado: “O pior cego é aquele que não quer ver”.
    O que falta é informação, a fé dessas pessoas fanáticas é cega e tola, não querem nem ouvir uma opinião contrária, já nos interrompe e dão sermão, até a gente desistir. Há pelo menos 1 ano e meio atrás, quando eu ainda vi as primeiras matérias tretosas de religião do Diego, eu tinha muita fé. Nunca fui fanático, nunca frequentei muito a igreja, porém quando lia as matérias de religião do site eu nem ligava muito, sentia-me com uma fé inabalável. Mas com o tempo eu passei a ter mais acesso à informação, li vários artigos sobre astronomia, matérias em sites, li sobre os seres vivos, vi artigos em revistas (superinteressante principalmente), e comecei a me questionar mais, parar de ver as coisas como se “tudo fosse obra de Deus e pronto, não sei explicar, mas é obra dele”. Tantos planetas, tantos animais, tantas coisas que ocorreram e ocorrem no planeta terra e no espaço durante bilhões de anos, passaram a me atiçar, a me questionar sobre tudo, antes era mais fácil as pessoas acreditarem em Deus, afinal, eles mal sabiam o formato da terra. Lembro quando criança que eu achava que todo mundo acreditava em Deus, no mundo inteiro, mas depois vi que existiam vários deuses pelo mundo, e também os ateus, que não acreditam em nenhum. Tantas informações novas, tanta coisa descoberta e coisas a se descobrir, que penso que só uma pessoa muito limitada e cega pra acreditar em exatamente TUDO o que está na bíblia, e julgar como ruim qualquer opinião ou questionamento feito sobre algum assunto contido nela. Não virei ateu, e não acredito que virarei. Acredito em Deus, mas de uma forma bem diferente da que a maioria acredita, de uma forma que nem eu sei explicar. Aos crentes fanáticos que estão lendo isso, abram seu olhos, há muita coisa além da bíblia para se descobrir.

    • Fabio C. Rocha

      24 de janeiro de 2016 em 18:18

      Quanta baboseira, mamãe, é linhas e mais linhas de ignorância, não conheceu Deus e sai falando asneiras por ai…

      • André Silva

        26 de janeiro de 2016 em 01:03

        Amigo, nem vou discutir, não vale a pena, acho que já ficou claro pra quase todo mundo quem é o ignorante aqui. Curvem-se diante de Fábio, o sábio conhecedor de Deus!

        • Fabio C. Rocha

          30 de janeiro de 2016 em 01:08

          Curvem-se diante do André Silva que descobriu o mundo além da bíblia, descobriu que existe 887 deuses, descobriu que o sapo era um peixe que resolveu pular fora da lagoa e criou pernas a bilhões de anos atrás, agora é um descolado e mente aberta kkkk….Exatamente conheci o mundo além da bíblia a muito tempo e nem por isso deixei de crer em Deus pq o conheci e nunca mais terei duvidas, boa sorte nas suas descobertas mas não saia falando besteira do que não sabe;

          • André Silva

            4 de fevereiro de 2016 em 05:14

            Ninguém sabe senhor Fábio, estamos em constantes descobertas e vamos morrer sem ter nem metade das respostas. Sou mente aberta sim, mas não descolado. Apenas vejo as coisas com minha mente aberta, e não vejo tudo como milagre divino. Acredito em Deus sim! Só que respeito a opinião dos outros e procuro respostas além da bíblia para as minhas dúvidas. Quem é você para dizer que estou falando besteira? Essa é a MINHA opinião, não estou mandando ninguém fazer o que falo e nem tentando convencer do que é verdade e o que não é, mas pelo jeito você é um desses fiéis que tem medo de abalar sua fé supostamente inabalável, medo de ver um mundo além de Deus e ser castigado.

          • Fabio C. Rocha

            6 de fevereiro de 2016 em 01:53

            Quem é vc pra chamar alguém de crente fanático? A sua mente aberta te deu esse poder? Passou a ver o fantástico mundo além da bíblia e agora o resto é fanático? Não respeita a opinião de ninguém é um zé mané que não tolera pessoas que acredita em apenas um Deus e as classifica como fanáticas….

    • Mateus Daniel Caetano

      22 de janeiro de 2016 em 01:45

      Belo comentário, bro. Gostei mesmo de ver seu ponto de vista 🙂
      Eu sou cristão, mas isso não me impede de saber e conhecer mais sobre esse misterioso universo que nos cerca. Infelizmente, graças a mania do homem de querer tirar vantagem em tudo e manipular os outros, o cristianismo e outras religiões são distorcidas e ficam com essa má fama de “manipuladoras” (várias religiões realmente são), ainda bem que eu sei que minha religião não é a mentira que muitos pastores pregam e que ela não me atrapalha nem um pouco em conhecer coisas novas e fazer a minha mente pensar e questionar sobre o mundo e como ele funciona.
      Eu sou livre, graças à Deus!

      P.S.: Espero que entendam meu ponto de vista. Eu fico com um pouco de medo de postar algo assim numa página cheia de ateus/agnósticos 😛 kkkk

      • André Silva

        22 de janeiro de 2016 em 13:21

        Valeu cara, mas é isso aí, eu tinha medo de dar meu ponto de vista as vezes justamente porque sempre tem alguém pra discordar, não de forma construtiva, mas xingando. Mas é bom quando o cara acredita em Deus mas respeita o ponto de vista dos outros, e não deixa o pastor fazer uma lavagem cerebral sobre o que é certo e o que é errado.

      • Willyam Ricardo

        22 de janeiro de 2016 em 03:16

        Fique não meu jovi ,aqui só tem gente boa . Diferente de outros lugares .

        • Mateus Daniel Caetano

          22 de janeiro de 2016 em 20:28

          Ufa, bom saber :v

    • Seth Mesquita

      22 de janeiro de 2016 em 00:28

      Que depoimento foda cara. Realmente o Minilua move montanhas 😀

      • André Silva

        22 de janeiro de 2016 em 13:26

        Eu não tinha a intenção de dar um depoimento mas quando comento eu me empolgo. Valeu brodi 🙂

    • Blue

      21 de janeiro de 2016 em 21:25

      Também amo seus comentários, seu limdo :3
      Minha família sempre tentou me empurrar por esse caminho, mas eu sempre fui introvertido e focado mais em mim mesmo, resultado: cresci e me tornei alguém liberto espiritualmente e mentalmente (sou hippie com orgulho), eu não me prendo a ideologias, pra mim deuses são forças existentes e ao mesmo tempo não existentes que não estão vivas nem mortas e moldam a massa caótica que forma o Tudo (não tenho nome pra esse estado, mas imagine uma bagunça sem forma que acaba moldando a realidade por acidente). Acredito nem na realidade, vou acreditar em deus? Além disso, deuses antigos me atraem mais, a liberdade que o politeísmo oferece é uma coisa incrível.

      • André Silva

        22 de janeiro de 2016 em 13:25

        Ain para cum issu kkk

      • André Silva

        22 de janeiro de 2016 em 13:23

        Minha família inteira é religiosa, não dessas que passa a semana na igreja (são católicos). Eu sou católico, mas nunca falo sobre religião com eles porque senão vou ser visto como a ovelha negra da família.

    • Cold

      21 de janeiro de 2016 em 12:21

      É sempre bom ler seus comentários, André. Passei exatamente pela mesma coisa, inclusive “acreditando em Deus, mas de uma forma bem diferente da que a maioria acredita, de uma forma que nem eu sei explicar”. Após perder a crença inicial, eu passei a crer em um novo tipo de deus que na minha cabeça fazia sentido e ia de encontro com o que eu acreditava, fazia minha vida ter sentido. Depois de um tempo, percebi que ainda estava pensando debaixo da influência que a religião teve na minha vida toda. Hoje sou agnóstico ateísta. Não creio em deuses, mas não acho impossível a existência deles. Apenas levo em consideração que sou ignorante demais perante o Universo para afirmar tal coisa e tenho muito a aprender.

      • André Silva

        21 de janeiro de 2016 em 12:41

        Segundo elogio só nessa semana, olha que eu começo a ficar esnobe kkkk. Brincadeira! Mas falando de religião, acho que só acredito em Deus por conta exatamente de ele ter feito parte da minha vida por 17 anos, agora tenho 18 e ele ainda faz parte, mas não como antes. Acredito no Deus da bíblia, do catolicismo, mas penso diferente com relação a seus feitos e sua essência.

    • GauchoTCHÊ

      21 de janeiro de 2016 em 10:41

      Você é agnóstico seu cocozão!

      • André Silva

        21 de janeiro de 2016 em 11:08

        Mas foi interessante saber disso, Cocozão. Eu fui na internet e me identifiquei mais como agnóstico teísta, mas não tenho certeza disso.

      • André Silva

        21 de janeiro de 2016 em 11:04

        Cocozão é você, seu pai, sua irmã, a senhora sua mãe, e toda a sua família, uma completa cagada!

    • Daniel Champoski

      20 de janeiro de 2016 em 23:34

      Passei por algo muito parecido com o que tu passou, mas num intervalo de bem mais de 1 ano e meio. Ainda ouço minha família (principalmente minha irmã) dizendo “se vc não for pra igreja vai pro inferno e blá blá blá”, e pra ajudar, a família de minha namorada é de outra religião, então já viu, né. Pelo menos eles respeitam as diferenças e me tratam bem, mesmo sendo bem diferente deles. Acho que, no fim das contas, mais do que manipular, o grande problema das religiões é a falta de respeito de grande parte dos membros de qualquer religião com alguém “fora do círculo”

      • André Silva

        22 de janeiro de 2016 em 15:43

        Quando um evangélico pergunta minha religião e eu falo que sou católico já fica um clima ruim, eu não ligo pra essas diferenças, mas tem gente que não gosta nem de conversar com quem não se encaixa na religião dela, acho isso desprezível!

  22. Bruno Silva

    20 de janeiro de 2016 em 20:33

    Foi o que Hitler fez.

60 Comentários
mais Posts
Topo