Minilua

Como o fósforo pega fogo?

Nós usamos fósforo em nossa vida diariamente, mas como será que esse objeto é capaz de pegar fogo apenas com uma “esfregadinha”?

Composição

Como todos nós bem sabemos, para que o fogo aconteça são necessários três elementos básicos: combustível, calor e oxigênio. O combustível do fósforo é o trissulfeto de antimônio e, para ajudar a iniciar o fogo, cada palito possui uma dose de clorato de potássio, que reage gerando uma grande quantidade de oxigênio.

Para que o fogo continue depois da cabeça ser acesa, os palitos são embebidos em cera. Para manter a cabeça unida, ainda temos uma cola e alguns palitos possuem corante misturado aos elementos que geram o fogo para deixar tudo mais bonitinho.

A mágica

A mágica do fósforo acontece na caixinha, que é o local onde realmente existe a substância química chamada de fósforo. Na lateral da caixa, existe pó de vidro, que ajuda a gerar calor e fósforo vermelho, uma substância estável. Quando raspamos o palito, calor é gerado e o fósforo vermelho se transforma em fósforo branco, que é uma substância altamente volátil e que queima quando entra em contato com o oxigênio.

Todo o calor gerado nesse milésimo de segundo faz com que a cabeça de fósforo comece a pegar fogo. O clorato de potássio começa a liberar grandes quantidades de oxigênio, dando mais energia para que o trissulfeto de antimônio queime até a última ponta. Todas essas reações químicas criam óxidos de enxofre, gerando o cheiro característico de um fósforo queimando.

Confira, o que acontece nesse milésimo de segundo em câmera ultra-lenta: