Como surgiu a comemoração do aniversário?

90

A palavra “aniversário” vem do latim annus (ano) vertere (voltar), ou “aquilo que volta todos os anos”.

Acredita-se que no Egito e Grécia antigos, as pessoas já tinham o costume de comemorar seu nascimento a cada ano, porém a prática era reservada apenas aos nobres.

É possível que o hábito possa ter surgido em torno de 3000 a.C. Na Grécia, a Deusa da caça era homenageada com velas que enfeitavam bolos redondos feitos de mel, que simbolizavam a lua, segundo os gregos, a lua era a forma que a Deusa Artemis aparecia na natureza.

Mais tarde, a realeza de Roma também adotou a comemoração de seu aniversário, no entanto, apenas imperadores, senadores e suas famílias podiam participar da tal festa.

Por ter origem da cultura pagã, pois as velas ou tochas acesas representavam a proteção espiritual, festejar o aniversário deixou de ser um costume até o século IV, a partir daí, a Igreja começara a celebrar o nascimento de Cristo.

Na crença dos povos pagãos completar um ano a mais de vida era uma grande mudança e espíritos do mal podiam se apossar do espírito do aniversariante. Presentear era uma forma de trazer o bem e afastar o mal, fazer um pedido antes de assoprar as velas era tido com enviar um sinal aos céus.

Historiadores e pesquisadores do assunto sugerem que a solenidade começou como uma forma de proteção. Isso porque os pagãos acreditavam que espíritos malignos ameaçavam as pessoas quando elas passavam por uma grande mudança na vida, como completar mais um ano. Para proteger o aniversariante desse mal, família e amigos se reuniam para desejar coisas boas e trazer bons pensamentos.

Após o século XVIII, os alemães comemoravam a kinderfest, ou a “festa das crianças”, que celebrava o aniversário de seus pequenos.

A real origem da comemoração do aniversário ainda é desconhecida, pois não existem registros exatos de épocas longínquas, fato que torna ainda mais difícil entender a origem do ritual.

Gostou da matéria? Então não esqueça de dar o seu joinha logo abaixo!

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/Minilua

E se inscreva em nosso canal para acompanhar nossos vídeos semanais clicando na imagem abaixo!

minilua.jpg

  1. Carol Bueno

    17 de maio de 2015 em 14:31

    Já ouvi outras versões. Alguns acreditam que na antiguidade comemorar o primeiro ano de vida de uma criança era basicamente dizer: ” eeh parabéns, esse vai vingar.” Naquela época muitas crianças morriam em poucos dias ou meses. Além disso a medicina era péssima, então uma criança sobreviver até completar uma ano de vida era motivo de alegria. E esse costume foi evoluindo com o passar do tempo, até os nossos dias. Hoje uma das datas mais comemorativas na vida de uma menina é os 15 anos, quando começa um novo “ciclo” na vida dela.

  2. Gabriel Frigini

    4 de janeiro de 2015 em 20:10

    docinhos e pipoca =)

  3. Tiago de Oliveira

    3 de janeiro de 2015 em 18:18

    Agora que li essa história de pedidos … alguém aí ainda faz um pedido antes de soprar a velinha?

  4. Blue

    3 de janeiro de 2015 em 04:12

    Interessante, é incrível como grande parte de nossas datas comemorativas e festivais são costumes pagãos que foram roubados pela igreja, o cristianismo tem um monte de pedaços de outras religiões, depois dizem que a religião deles é única.

  5. Jeff Dantas

    2 de janeiro de 2015 em 22:07

    Hummm, só de ver já fiquei com fome!! ^^ http://static.minilua.org/wp-content/uploads/2015/01/90_thumb.jpg

    • Luís Felipe

      3 de janeiro de 2015 em 00:00

      Pirofilia?

  6. Caciano Genz

    2 de janeiro de 2015 em 21:39

    Até o aniversario era uma cultura pagã…
    e mais uma vez a Alemanha estava no meio da historia criando um feriado… gol da Alemanha..

  7. Doge

    2 de janeiro de 2015 em 19:13

    Eu faço aniversário várias vezes em um ano de vocês humanos.

    • Max_Power

      2 de janeiro de 2015 em 21:43

      E o kiko?

    • Caciano Genz

      2 de janeiro de 2015 em 21:37

      mas morre mais cedo naturalmente .-.

  8. André Silva

    2 de janeiro de 2015 em 19:09

    Muito bom, adorei o post!
    No meu último aniversário eu fiquei tão nervoso quando cantaram parabéns pra mim que eu me tremi todo, até meu rosto tremeu, eu não conseguia nem sorrir direito, só fiquei ali parado, esperando acabar aquela tortura. O pior é que tiraram várias fotos enquanto cantavam parabéns, e em todas eu saí com a maior cara de merda.

    • Adriano Saadeh

      3 de janeiro de 2015 em 14:02

      Nossa, eu fico meio desconcertado também mas não chega a tanto

      • André Silva

        6 de janeiro de 2015 em 17:52

        É que foi uma festa surpresa no meu trabalho, eu não estava preparado psicologicamente e tinha um pessoal que eu nem conhecia…

    • Max_Power

      2 de janeiro de 2015 em 19:23

      Hehe……..é assim com todo mundo,a gente fica com aquele sorriso sem graça,ficamos tremendo,batemos palmas pra nós mesmos,e queremos q aquele momento desconfortavel acabe logo,porém sempre tem aquela tiazona chata tirando fotos ou filmando e no final de tudo nossa querida mamãe vem com aquela classica frase:”meu bebê está crescendo…….

  9. Max_Power

    2 de janeiro de 2015 em 17:37

    Hehe….annus…….hehe……..bom post………meio curto,mas muito bom………..faltou informações,mas é muito dificil pesquisar coisas antigas como essas,aposto q nem os historiadores tem mais informações……….

  10. chapolim do mal

    2 de janeiro de 2015 em 17:25

    Annus é a cara da pessoa quando cantam parabéns e vc tá la no meio, fica até sem reação, eu fico batendo palma com a maior cara de bunda.

    • Blue

      3 de janeiro de 2015 em 04:04

      Todo mundo te olhando e você lá, paralisado, sem saber o que fazer, para onde correr, tentando manter a calma e esperando o fim daquele momento, só tem um jeito de ficar pior: Com quem será, com quem será…

    • Jeff Dantas

      2 de janeiro de 2015 em 22:08

      Né? Sem contar os discurso… 🙂

    • André Silva

      2 de janeiro de 2015 em 19:16

      E o pior é que a gente não sabe pra onde olhar. Eu olho pro chão, depois pro teto, depois pra câmera, depois pro chão, pro lado, pro teto…

21 Comentários
mais Posts
Topo