Minilua

Como surgiu o ctrl+alt+del?

Quem utiliza o computador e não conhece esse famoso trio? Bem, acho que ninguém, afinal, a maioria dos sistemas utiliza-se do Windows – vale lembrar que até mesmo o MAC possui uma variação com a mesma função – mas o post de hoje não é sobre quem tem ou não essa função, mas sim como ela veio ao mundo e por quem foi criada.

Tudo surgiu quando David Bradley, o inventor do atalho, foi contratado pela IBM para montar um PC que pudesse competir com a Apple e com a RadioShack, em um projeto chamado de Acorn, isso em 1981. Geralmente, leva-se de três a cinco anos para concluir algo do tipo, entretanto, David Bradley e sua equipe o finalizaram em apenas um ano, e foi durante esse projeto que tudo aconteceu.

No decorrer do Acorn, os programadores reclamavam demais das vezes em que o computador “dava pau” porque não havia outro modo a não ser reiniciar o PC manualmente e fazer testes de memória que tomavam um tempo precioso, principalmente nos dias em que a máquina travava de cinco em cinco minutos, sempre mostrando aquela tela azul – tem gente que até tem alguns traumas por aí…

Foi aí que David entrou para a história, criando um atalho que permitisse reiniciar o computador sem ao fazer um teste de memória. Para se ter uma ideia, ele ficou tão famoso que, em conferências de informática, ele era procurado para autografar teclados.

Um fato curioso é que Bradley não criou o atalho para os usuários, mas sim para os próprios programadores, além disso, as teclas escolhidas foram selecionadas assim por duas delas estarem distantes da outra para que elas não fossem pressionadas por acaso. Futuramente, o ctrl+alt+del saiu da sala de programação e foi para as casas, devido à sua praticidade.

Me adicione no Facebook: Nandy Martins

E faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/