Minilua

Como a tecnologia está destruindo a sua privacidade #2

Em 2013, foi revelado que o governo dos EUA estava espionando seus próprios cidadãos, bem como os cidadãos de outros países ao redor do mundo.

Desde então, percebemos que a privacidade na internet e fora dela se tornou uma mercadoria extremamente rara. Como a tecnologia continua a avançar, cada vez mais as nossas vidas estão lentamente perdendo o direito ao anonimato e as nossas informações acabam virando mercadorias para outras empresas.

Separamos uma lista para apresentar para vocês de que forma o seu direito a privacidade está sendo totalmente violado e você nem mesmo se deu conta ou pode fazer algo a respeito.
Confira:

Radares Policiais

Embora a constituição da maioria dos países proíba buscas e apreensões sem um mandado prévio, os departamentos de polícia modernos estão implantando um novo sistema de radar que possibilita ver através das paredes.

Estes radares podem rastrear até mesmo a respiração humana através de paredes a 15 metros de distância, o que significa que eles não só podem dizer se é um ser humano que está dentro de uma casa, como também aonde estão e se estão ou não se movendo. Essa tecnologia pode ser útil para o serviço de segurança, porém para torná-la funcional o cidadão comum perderá todo seu direito a privacidade uma vez que ele pode ser usado para “espiar” suas atividades mesmo sem estar dentro de sua casa.

Drones

À medida que mais drones comerciais e privados começam a voar pelos nossos céus, mais preocupações estão sendo levantadas sobre a nossa privacidade. Mais e mais relatos de queixas apresentadas por cidadãos contra os operadores de Drones privados estão surgindo e, simultaneamente, grandes empresas estão de olho na tecnologia para aplicação comercial e setores de segurança para patrulhar fronteiras, procurar pessoas e ajudar em outras funções.

Os Drones podem não ser muito silenciosos, mas eles definitivamente não são tão barulhentos quanto um helicóptero e podem caber em espaços mais apertados. Quando equipado com outras tecnologias, tais como câmeras, software de reconhecimento facial, e até mesmo armas, estes hovercrafts amigáveis adotam um semblante mais ameaçador. Imagine uma frota de robôs no céu que nunca descansa e sempre sabe onde tudo e todos estão em todos os momentos, parece assustador.

Chips RFID

Os chips de identificação de rádio frequência são tão pequenos quanto um grão de arroz, e têm sido utilizados por empresas como o Walmart, dentro de jeans e cuecas, para rastrear os movimentos dos consumidores e seus hábitos. Você até pode achar nada demais eles esconderem isso nas suas roupas, mas a coisa começa a ficar extremamente assustadora quando as pessoas começam colocá-los em seus corpos de forma obrigatória e os empregados de uma empresa na Suécia estão sendo submetidos a isso.

O benefício do chip RFID é que ele pode conter várias informações suas, como seu histórico médico completo para consultas médicas, sem a necessidade de um monte de papel, ou no caso da empresa sueca, eles podem atuar como crachás de segurança e rastreamento. Os defensores da privacidade estão extremamente preocupados com a privacidade, futuramente se empresas e setores maiores como o de saúde começarem a oferecer seus serviços somente a pessoas com os chips RFID tornando ele algo obrigatório para as pessoas, o que faria ele ser implantado em crianças momentos após seu nascimento.