Consumidor em “dia de fúria” quebra produtos em loja

dia de furiaSabe aqueles momentos em que somos tão mal atendidos em uma loja que dá vontade de quebrar tudo? Pois bem, foi isso que o consumidor paulista, Rodrigo, fez em uma loja de material de construção. Claro, ele não quebrou a loja toda, mas descontou toda a sua raiva e indignação.

O vídeo do “dia de fúria” foi publicado no último sábado, mas antes de entrar na loja e descontar toda a sua raiva ele fez questão de explicar a situação do problema. Segundo ele, antes de decidir tomar essa atitude, ele esteve na loja 4 vezes a fim de resolver o seu problema de entrega não realizada das mercadorias, mas não obteve êxito.

Rodrigo deixa claro na descrição do vídeo que não é adepto a violência, mas se paga por algo tem que receber o produto: “Não sou adepto à violência, não acho que as coisas se resolvem desta forma, mas se #COMPRO e #PAGO algo e a empresa não entrega, peço a devolução do dinheiro e a empresa não devolve de imediato, pede prazo de 15 a 45 dias #ÚTEIS, isso para mim é flagrante desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor, artigo 35, inciso III e mais: para mim, é apropriação indevida, pra não dizer #ROUBO.”.

Veja abaixo esse vídeo que está dando o que falar na internet:

Já a loja, divulgou o seguinte comunicado:
“Em resposta ao vídeo publicado pelo Sr. Rodrigo Ciríaco, a Dicico informa que não há produto em pendência de entrega com o consumidor. Na verdade, o que havia era um acordo de ressarcimento do valor de R$ 600,00, com o qual a Dicico já tinha se comprometido. No transcorrer do período para o reembolso, a empresa foi surpreendida pela atitude demonstrada no vídeo: o consumidor quebrando produtos com uma marreta na loja. Felizmente, ninguém saiu ferido. A Dicico lamenta profundamente a atitude do consumidor e esclarece que já tomou todas as ações cabíveis junto ao seu departamento jurídico e vai se reservar ao direito de responder em juízo. A Dicico enfatiza seu respeito pelos consumidores e o compromisso com o melhor atendimento e satisfação de todos os seus clientes, princípio que rege as ações da companhia ao longo de 95 anos de história e está no dia a dia de suas 58 lojas.”

E aí, o cliente tem sempre a razão?

  1. Felipe H

    8 de julho de 2013 em 20:28

    NAUM INCOSTA NIM MIN NAUM, SI NAUM U BIXU PEGA KKKKKKKKKKKKKKKKK

  2. Wellington Oliveira Pedrosoo

    6 de julho de 2013 em 23:40

    Apoiado 100%!!! Se não resolve do jeito que é para ser, então desce lenha!!!

  3. Nepeta Leijon

    4 de julho de 2013 em 13:38

    :33 vi isso lá na Ah negão, NÃO ENCOSTA EM MIM PORRA! kkkkkkkkkkkk joe seu lindo!

  4. Danilo Farias

    4 de julho de 2013 em 11:27

    Criticar a atitude do cara e facil,quero ver passar pela humilição que ele passou e ficar calado sem fazer nada, fez certo mesmo, quebrou pouca coisa ainda, tinha que ter quebrado mais,bando de fdp esses empresarios donos de comercio que so querem ferrar a gente,tão simples devolver o dinheiro do cara, mais não tem que humilhar primeiro.

  5. Leonam

    4 de julho de 2013 em 08:03

    situações como esta onde o estabelicimento causa problemas ao consumidor é comum, infelizmente. Eu mesmo ja tive problemas assim.
    mas jamais faria o que ele fez, so piora a situaçao a loja agora cobrara o prejuizo na justiça e ele pasara de vitima a reu.

    ele poderia ter protestado sem causar danos, tipo, se acorrentando na loja, fazendo barulho para chamar a atenção dos demais clientes, coisa assim, sem prejuizos pra ele e para a loja.

    importante pensar duas vezes antes de tomar certas atitudes, sei que é dificil pensar duas vezes quando se esta com a cabeça quente, mas, se nao pensar duas vezes antes, tera uma bela dor de cabeça depois.

  6. Camila Suelyn

    4 de julho de 2013 em 02:20

    o unico erro dele foi nao ter quebrado a loja toda… invés de ir em algo específico como ele foi podia ter dado marretada em tudo pelo caminho, o prejuizo da loja seria muito maior pq um arranhão já nao vende o produto.

  7. Jeferson Marques

    3 de julho de 2013 em 21:39

    Esse cara foi burro, se fosse pra mim ter que fazer isso eu colocaria uma toca ninja pegava uma marreta colocava a música da Amy Winehouse e quebraria a loja toda. Ninguém iria desconfiar de mim.
    E o prejuízo?
    Ahh, eles que se danem para arrecadar com isso.

  8. João Fernandes

    3 de julho de 2013 em 20:55

    Ele vai continuar sem o dinheiro.

  9. Super

    3 de julho de 2013 em 20:49

    garanto que se ele não fisese tal ato a empresa ia fazer nada..

    • Wagner

      3 de julho de 2013 em 21:05

      Ficaria melhor sem fazer mesmo, daí não ficaria devendo muito mais.

      • Super

        3 de julho de 2013 em 21:50

        mas a empresa não se voltou contra o cliente .-.

        • Wagner

          4 de julho de 2013 em 08:36

          “… e esclarece que já tomou todas as ações cabíveis junto ao seu departamento jurídico e vai se reservar ao direito de responder em juízo”

  10. Super

    3 de julho de 2013 em 20:48

    NÃO MIM COSTA NIM MIN NÃO!!! VO QUEBRA TUDO!!!

  11. Derpino

    3 de julho de 2013 em 18:51

    Isso que eu chamo de castigar a porcelana xD

  12. Um qualquer

    3 de julho de 2013 em 17:38

    Agora ele pode até ser preso, legal isso aê.

  13. Gaby

    3 de julho de 2013 em 16:29

    Que cara burro, em vez de fazer isso , ele poderia ter tacado na justiça. Agora ele vai ter mais prejuízo que já tinha. -.-

  14. Leonardo Cesar

    3 de julho de 2013 em 15:58

    E resolveu alguma coisa? Seu animal! perdeu a razão com essa atitude estúpida.

  15. Pedro de la Peña

    3 de julho de 2013 em 15:54

    Roubou meu oxigênio com esse nariz ae

  16. Matheus S.

    3 de julho de 2013 em 15:20

    Sério isso? essa é a maneira que ele quis se sentir melhor?

  17. Metalborn (saudades do ano passado)

    3 de julho de 2013 em 15:14

    A burrice impera nesse mundo, antes ele tinha a razão e podia ter ido à justiça para defender seus direitos…. agora ele vai ter que ir à justiça para defender sua liberdade .-.
    PS: nuss, nem sei quando foi a última vez que vi um post do Fabrício e.e…. .-.

    • Wagner

      3 de julho de 2013 em 15:49

      Se você não tivesse falado, nem perceberia que esse post é do Fabrício.
      Ontem teve uma “postagem temporária” que era dele.

  18. Torterra Crash

    3 de julho de 2013 em 15:08

    Mais um consumidor q vira saiyajin, fode a porra toda.

  19. Jaque-chan

    3 de julho de 2013 em 15:04

    Bem que ele fez! Kkkkkkkkkkkkkk
    Devia ter quebrado mais msm. Serve de exemplo pros próximos clientes: Não entregou, quebra tudo. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  20. Luís Felipe

    3 de julho de 2013 em 14:50

    Era melhor ter levado os produtos pra casa, ao invés de quebrá-los…

    • Torterra Crash

      3 de julho de 2013 em 15:07

      ai seria roubo fera k

      • Alexandre Dos Santos

        4 de julho de 2013 em 01:16

        Não cara, não seria roubo não, por que os itens que ele pegaria seriam aqueles que ele haviam comprado e que a loja não entregou a ele, no video quando ele começa a quebrar a cuba ele diz que não precisa mas entregar por que ele mesmo ia levar. o.o

      • Luís Felipe

        4 de julho de 2013 em 00:25

        eu sei, só tô de onda… ¬¬

  21. Little Uchiha™

    3 de julho de 2013 em 14:26

    Tinha visto ontem, eu achei a voz do cara um tanto estranha.

    “Não encosta ni mim”
    Ciríaco, Rodrigo

  22. Dark J

    3 de julho de 2013 em 14:10

    Quebrar a loja? Meu filho, no meu tempo eu tocava fogo no lugar na hora, seja muuuuuuitoo mais cruel que isso Brother!!

  23. Lilian

    3 de julho de 2013 em 13:51

    Ele devia ter quebrado logo a loja toda

    • Lucas Rodrigues

      3 de julho de 2013 em 14:07

      Só se ele fosse o Hulk, se bem que o Hulk faz muito mais do que quebrar hehehe

      • Lilian

        3 de julho de 2013 em 15:14

        Se ele ñ quebrasse toda pelo um pouco mais…. O q vc quis dizer com mt +?

        • Lucas Rodrigues

          3 de julho de 2013 em 16:25

          O Hulk não só quebra, ela esmaga, ele destrói…

          • Lilian

            3 de julho de 2013 em 18:25

            Ah pois é ele esmaga…

  24. Lilian

    3 de julho de 2013 em 13:50

    Ele tem uma voz assim, que eu ñ sei ñ

  25. Adriano Hidden®

    3 de julho de 2013 em 13:45

    Tanto o prejuízo dele quanto a sua atitude são irrelevantes pra minha vida

  26. Shun dlç

    3 de julho de 2013 em 13:32

    Devia ter quebrado mais, já que se ele fosse pagar um advogado iria levar mais prejuízo, então dá na mesma kkkk

  27. Wagner

    3 de julho de 2013 em 13:28

    Ele se borrou de medo no final .-.
    E sinceramente, que atitude mais idiota ¬_¬’
    Desde quando correr atrás de prejuízo é ocasionando um outro prejuízo? Ele foi besta, ao invés de levar toda essa bagunça para um júri acusando a tal loja aí, agora certamente vai ter que pagar mais coisa e ficar pior do que já estava.
    E isso não foi justiça, mas sim vandalismo.

    • Marcelo Ponciano

      4 de julho de 2013 em 08:17

      E a imagem da loja com isso que ele fez, postado na internet, visto por milhões de pessoas, como você acha que ficou ? Boa garanto que não. Certamente que o objetivo dele foi esse, ao invés de ir na justiça, e ninguém ficar sabendo, pra que a loja acabasse dando dor de cabeça a mais clientes ainda.

    • Tony Stark

      4 de julho de 2013 em 00:19

      problema q 99% dos brazucas sao barraqueiros todos vao fikar do lado dele (inclusive eu)

    • Leandro Felipe Kistler

      3 de julho de 2013 em 19:05

      não e com vc ne tosco

    • Leandro Felipe Kistler

      3 de julho de 2013 em 19:04

      não e com vc , fika facil fala né tosco

      • Wagner

        3 de julho de 2013 em 21:04

        “Ai mimimi, fácil falar”
        Sua resposta é somente isso?
        Se fosse com você, faria o quê? Aposto que posaria de machão e quando chegar em tal empresa, ficaria na porta só choramigando pelos seus direitos com a porcaria do seu rabo entre as pernas.
        Tosco ¬_¬’

    • Hideki Hinata

      3 de julho de 2013 em 15:46

      Sei lá… Se você contar a multa e o que ele quebrou e descontar isso do reembolso, ainda sobra… fora que se ele não fizesse o que faz, o processo dele ia ficar meses, se não anos, parado, do jeito que é o sistema judiciário brasileiro…

  28. Lucas Rodrigues

    3 de julho de 2013 em 13:27

    O cara tá certo, tem que exigir seus direitos de consumidor, mas não precisava ter agido dessa forma, pelo visto a raiva falou mais alto do que a paciência no momento u_u

    • Aline Gonçalves

      3 de outubro de 2013 em 15:21

      melhor nos produtos que nos funcionários

  29. Mother of Dragons

    3 de julho de 2013 em 13:20

    Rs vi ontem e adorei a ação do moço, tem de ir atras do prejuízo mesmo u.u fazer justiça!

    • Hinata Sakura

      17 de julho de 2013 em 17:39

      Esses lojistas não tão nem aí pra gente, quando quer vender só falta te carregar no colo, pra entregar mercadoria é uma demora dos infernos, passei por uma situação parecida no começo do ano e deveria ter devolvido a mercadoria e desfeito a compra que me foi até mesmo empurrada. Ah, mas da próxima quem sabe eu não faça igual a ele e poste na net tb? rsrsrsrs

    • Ronaldo Junior

      3 de julho de 2013 em 13:29

      Isso ae, também gostei da ação do moço, tem que ir atras do prejuizo sim, se não resolve falando, resolve na porrada. rs

      • Jaque-chan

        3 de julho de 2013 em 15:14

        Tomara q essa moda pegue. KKKKKKKK

      • Jaque-chan

        3 de julho de 2013 em 15:12

        Devia quebrar mais. Huehauehauehauheua
        O cara gasta cerca de 4 mil reais numa loja e não entregam, aí é sacanagem msm. Devia quebrar mais pra compensar o dinheiro q teria gasto por ter faltado a escola(escolas são caras, ainda pior se tiver q fazer uma prova de segunda chamada ‘-‘)…
        Gostei msm a ação do cara. Já foi 4x conversar e não adiantou, teve q correr atrás desse prejuízo. ;D
        Crianças… Não façam isso em casa.
        Façam isso qnd crescerem, comprarem algo, não entregarem e a loja não reembolsar. KKKKKKKK

52 Comentários
mais Posts
Topo