Contos Minilua: Histórias do pátio #117

Suspense, mistério, terror…Enfim, tem para todos os gostos. O mais importante, claro, a sua participação! E-mail de contato: [email protected]!




Histórias do pátio

Por: Davi Paiva

Facebook: https://www.facebook.com/davi.paiva.14

387097_423789880992432_880578786_n

Olá, meu caro leitor. Aqui quem vos fala é o pátio de uma faculdade. Posso não ser as Termópilas, Waterloo ou a Normandia, no entanto já fui palco de inúmeras guerras. No meu caso, eram de estudantes contra o tempo, a fome, o cansaço, os prazos ou o mau humor dos professores. Já vi homens virarem heróis e infelizmente, muitas derrotas que no fim acabaram em outro palco: o bar.

Contudo a história que vou contar a vocês hoje é diferente.

Foi em um período de paz que um rapaz se sentou em uma cadeira e colocou sobre uma mesa o seu refrigerante gelado e olhava-o com um ar triste em vez de apreciar o seu conteúdo, vendo as gotas se acumularem na lata e escorrerem. Ele faria isto por mais tempo se uma garota da sua idade não se aproximasse e perguntasse:

— Oi, Vitor. Tudo bem?

— Ahn? Ah. Oi, Isadora. Tô legal. — respondeu o rapaz.

— Tá? Com essa cara aí..? — indagou a garota, enquanto se sentava à frente dele. — Fala aí o que houve.

imagesÉ engraçado meu caro leitor como algumas mulheres têm o hábito de perceber quando um homem está mal. Vitor não teve escolha senão desabafar:

— É a Samantha.

— Sua namorada? O que tem ela?

— Terminou comigo.

— Ai… por quê?

— Disse que não consegue esquecer o ex-namorado.

— Puxa… sinto muito. Mas eu te disse que ela estava mal e não estava pronta para um relacionamento.

— E você estava certa. Ela e a Nicole não estavam.

— Você não esquece mesmo a Nicole, hein? — indagou Isadora — Ela foi a sua penúltima namorada. Não foi?

— Não. Antepenúltima. Depois dela veio a Bruna e aí sim a Samantha. – confessou Vitor.

— Eu me lembro das duas. A Nicole disse que não estava pronta para algo sério. Já a Bruna namorou contigo por um tempo e falou no fim de três meses que queria se focar nos estudos. — relembrou a garota.

— É. Só que nestes dois casos eu não fiquei tão mal assim. A Nicole você já havia dito que ela não é muito de compromisso com ninguém. E a Bruna você me falou que ela é muito insegura e prefere enfiar a cara em um livro do que falar com uma pessoa.

— E você mesmo assim namorou as duas.

— Ah, eu estava meio chapado quando fiquei com a Nicole. Vimos que tínhamos interesse e resolvi arriscar. Já a Bruna eu estava meio carente mesmo.

— E qual foi a sua desculpa para namorar a Samantha?

— Atração física. — confessou Vitor na maior cara de pau.

A maioria das mulheres torceria o nariz para tal justificativa. Entretanto Isadora era sincera em confessar que já havia namorado homens por achá-los bonitos. Os relacionamentos não duravam muito, porém ao menos ela saciava a vontade. Já presenciei muito disto. E em vez de repudiar, ela riu e disse baseado em sua experiência:

— Relacionamentos assim não duram muito tempo mesmo. Você brigou com ela quando terminaram?

— Não. Ela veio a mim e disse que não queria mais. Eu quis uma justificativa e ela me contou que não queria mais por não esquecer o ex. Só.

— Hum… sinto muito. Mas se você só queria ficar com ela por atração, por que está tão mal?

— É que no fundo eu estava começando a gostar dela. Sabe… ela é uma garota legal. Meio sem ideia, mas é legal.

tumblr_lmic8yEZkF1qd3478o1_500

— Ahahahahah… sei como é.

— E você e o Thiago, como vão? — perguntou o rapaz tentando não ser o único alvo de perguntas.

— Nós também terminamos.

— Jura? – indagou o rapaz, surpreso — Por quê?

— Ele não queria nada comigo. Disse não estar afim de um relacionamento entre outras coisas. — desabafou Isadora.

— Quais?

— Prefiro não entrar em detalhes. — disse a garota, que ao ver a cara preocupada do amigo, completou — O nosso relacionamento não era muito bom. A gente não conversava… entende o que quero dizer?

— Entendi sim. — disse o rapaz finalmente tomando um gole de seu refrigerante e oferecendo um pouco para a amiga. – E agora o que vamos fazer?

Ela tomou um gole e disse:

- Ah, eu não sei. Eu queria encontrar uma pessoa legal. Que quisesse algo e com quem eu pudesse conversar.

— Isto é fácil. O duro é eu achar alguém que queira um relacionamento. — desabafou o rapaz.

— Eu quero.

Nesta hora meu caro leitor, se eu tivesse uma boca teria rido. Os dois fizeram um silêncio que soava até cômico e se olharam como se nunca tivessem se visto antes. Depois deram um beijo caloroso e rápido, daqueles que até faz um barulho de um estalo e quando se afastaram, ela falou:

— Bem… o que foi isto?

E ele, concluiu com um sorriso tão grande quanto o dela.

— Se você não sabe, temos muito a conversar.

Me adicione no Facebook: Nandy Martins

E faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/

  1. Erza Scarlet

    8 de agosto de 2013 em 21:36

    Fim de Friend zone tão fácil como esse, só mesmo em contos Minilua :p

    • Davi Paiva

      24 de agosto de 2013 em 14:41

      É realmente complicado. A vida tem dessas. Este conto foi inspirado em um amigo que conseguiu.

  2. Dark J

    8 de agosto de 2013 em 19:28

    Eu gostava mais daqueles contos de suspense. Gostei do conto, mas essa história foi meio que,… sei lá…

    • Davi Paiva

      24 de agosto de 2013 em 14:42

      “sei lá”? (risos)
      Não sei o que quis dizer, mas acho que gostei dele por esta quebra de ritmo nos padrões de contos do Minilua. Espero que tenha gostado.

  3. Davi Paiva

    8 de agosto de 2013 em 17:41

    Pessoal em primeiro lugar eu queria agradecer ao Jeff Dantas e a Nandy pela oportunidade e a paciência. Foram semanas bem complicadas e conversamos bastante sobre a publicação. Espero que tenham gostado.

    Agora eu queria divulgar os meus outros trabalhos, caso tenham gostado deste e queiram ver outros.

    PUBLICAÇÕES
    Antologia de contos Sopa de Letras (Andross Editora), com o conto A Street Fighting Man.
    Antologia de contos Quimera (Andross Editora), com o conto A Caçada.
    Antologia de contos Névoa (Andross Editora), com o conto Visita Especial.
    Antologia de contos Corações Entrelaçados (Andross Editora), com o conto Rádio Pirata.
    Reportagem no site Minilua sobre o ex-piloto Ayrton Senna, dos seus 18 anos de falecimento. Link: http://minilua.org/18-anos-sem-ayrton-senna/
    Artigo no blog Overshock sobre leitura obrigatória nas escolas. Link: http://www.blogovershock.com.br/2013/03/cronica-compartilhada-3-leituras_30.html

    SITES:
    Twitter no qual publico microcontos de até 127 caracteres com a hastag #tweetcontos. Link: https://twitter.com/DaviTweetcontos
    Site Recanto das Letras, onde atualmente estou publicando capítulos do meu romance intitulado Coração de Fogo vols, I, II, Especial – Memórias de Amadeus Koogan e vol III. Link: http://www.recantodasletras.com.br/autores/davipaiva
    Blog Espada, Arco e Machado. Criado em parceria com Rafael Nunes e Fernando Loiola, nele postamos artigos sobre atividades do mundo nerd. Link: http://espadaarcoemachado.wordpress.com/
    Quadro “Fala, Davi!” no blog Over Shock (de Ricardo Biazotto e vários outros autores) sobre a área da educação escolar: http://www.blogovershock.com.br/

    • Ana Carolina

      8 de agosto de 2013 em 18:56

      Irei ler, eu gostei muito do seu conto!

      • Davi Paiva

        9 de agosto de 2013 em 15:38

        Valeu, Ana.

  4. Lhama Charmosa

    8 de agosto de 2013 em 17:12

    achei o conto uma
    [img]http://quadrisonico.com.br/wp-content/uploads/2012/09/hebecamargo_gracinha.gif[/img]

    • Davi Paiva

      8 de agosto de 2013 em 17:26

      Obrigado pelo elogio.
      Como diria o Sheldon… “sarcasmo”?

  5. Emanuel Ribeiro

    8 de agosto de 2013 em 14:31

    Venceu a Firendzone 🙂

    • Davi Paiva

      8 de agosto de 2013 em 17:23

      Não sei se diria exatamente isto… a meta quando escrevi este conto era mostrar duas pessoas que depois de muito procurarem, perceberam o tempo todo que tinham uma a outra.

      Obrigado pela leitura

  6. Patrick Moraes (O BOSS)

    8 de agosto de 2013 em 00:03

    Só curto contos eróticos.

  7. Garota Infernal

    7 de agosto de 2013 em 23:05

    O conto usa um recurso pouco usado(talvez nunca usado) aqui no Minilua: O personagem inanimado,não é uma pessoa. É interessante trazer algo novo, assim não cai na mesmice que alguns usuários repararam nos últimos contos. Ele é diferente e trata de um assunto e gênero que talvez nunca tenham sido usados aqui: O cotidiano. Ver um retrato da vida de alguns jovens neste conto foi algo formidável, porém, acredito que os diálogos poderiam ter sido mais ousados, faltou a sensação de “O personagem está vindo para fora da tela”, eu não senti nenhum dos dois personagens e novamente, o diálogo poderia ser mais jovem, menos formal, apesar de não ser a linguagem formal, nós, jovens, percebemos que não usamos essas palavras ao falar com um amigo. Não me senti realmente prendida para ler o conto, li pois achei interessante, mas faltou aquele êxtase ao ler, faltou prestar atenção em cada palavra como se fosse a última, faltou vir aqui e dizer “Uma continuação, por favor.”. A ideia foi genial, retratar algo tão simples e singelo como o cotidiano de forma tão sutil.
    Nota: 8
    Prós: A ideia foi original e interessante.
    Contras: Não me prendeu a leitura e os diálogos deveriam ter sido mais soltos e ousados.

    • Davi Paiva

      8 de agosto de 2013 em 17:38

      Oi, Garota. Tudo bem?
      Em primeiro lugar eu gostaria de agradecer pela leitura e em segundo, pela resenha.
      A ideia deste conto surgiu a partir da vida de um amigo que passou pela mesma coisa. Estudamos juntos desde o primeiro semestre do curso de Letras e ele sempre ficou/namorou várias garotas até se interessar pela primeira que conheceu lá. E teve sorte do sentimento ser mútuo. Daí o fato dele ser tão cotidiano.
      O personagem eu pensei como um Bon Vivant no estilo Brás Cubas autor. Um ser que tivesse eloquência e elegância ao falar. Como os dois jovens são rasos demais pra isto, resolvi criá-lo e creio que fui bem sucedido.
      Estou ciente sobre a metodologia “tradicional” da criação de contos (trama, drama e clímax) e como não sou da mesma época literária dos grandes mestres, quis fazer algo mais contemporâneo. Editoras brasileiras especializadas em antologias de contos como a Terracota, Andross e Navras têm visto tal abordagem com bons olhos. Daí não pude criar personagens que tinham diálogos complexos e cheios de pompa. Era só um rapaz perdido e uma garota recém abandonada quando os dois percebem que têm um ao outro. Raso? Sim. Algo no estilo comédia romântica de Hollywood? Confesso que nunca vi filmes de romance de outros países e esta foi a base mais sólida que eu encontrei. Algo diferenciado, que não precisou da tela preta do Minilua nem as músicas das creepypastas para prender? Creio que sim também.

      • Garota Infernal

        8 de agosto de 2013 em 22:05

        Agradeço pela resposta, sou uma resenhista e como um conto do minilua não é um livro do qual temos acesso a informações sobre a obra, o que resta é ler, compreender e escrever. Gostei bastante dele, não é por causa de duas coisas que não supriram minhas expectativas que deixarei de dizer que você foi muito bem e deve escrever mais.

        • Davi Paiva

          9 de agosto de 2013 em 15:38

          Por favor procure entre os comentários daqui um feito por mim. É um “currículo de escritor” com o nome de todos os livros dos quais participei até o momento e os links dos sites em que escrevo.

  8. Luís Felipe

    7 de agosto de 2013 em 22:10

    Conto do gênero miguxês…

    • Davi Paiva

      8 de agosto de 2013 em 17:26

      Nem tanto, Luis. Tá mais pra “sortudês” (risos)

      • Luís Felipe

        9 de agosto de 2013 em 00:14

        É q essa história é meio “fofuxa”, sabe?
        N gosto muito, mas foi bem escrita.
        Parabéns.

  9. Xion

    7 de agosto de 2013 em 22:09

    Tá,depois eu leio.

    • Davi Paiva

      8 de agosto de 2013 em 17:25

      Espero que leia tanto quanto espero que goste, Tachibana.

    • Slender Junior

      8 de agosto de 2013 em 16:35

      Ebá vai casar com o papai primeiro depois vai ler né ? *-*

  10. Shun dlç

    7 de agosto de 2013 em 21:53

    Nandy, pq fez isso com a gente? kk

    • Nandy Martins

      8 de agosto de 2013 em 20:14

      kkkkkkkkk xD Isso ai

    • Shun dlç

      7 de agosto de 2013 em 22:00

      Mas valeu a trollagem, pq pelo menos não vamos ficar sem contos \o/

  11. Lucas Rodrigues

    7 de agosto de 2013 em 19:51

    Avaliando o conto: Narrativa simples, discreta, o enredo não foca muito em detalhes, o diálogo entre os dois personagens não é cansativo, conto muito bom, mas faltou empolgação no enredo.
    Nota: 7,5 – Bom

    • Davi Paiva

      8 de agosto de 2013 em 17:24

      Obrigado pela opinião tanto quanto pela leitura, Lucas

  12. Wagner

    7 de agosto de 2013 em 19:40

    Esse vai ser mais um dos posts trolladores da história do Minilua.
    Nandy escreveu quase igual ao Jeff .-.

    • Nandy Martins

      25 de agosto de 2013 em 12:06

      kkkkkkkkkkkkkkkkkk amo trollar vcs Pigzinho!

    • Nandy Martins

      8 de agosto de 2013 em 20:13

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk adoro trollar… ainda mais vc seu piggg! kkk

      • Wagner

        8 de agosto de 2013 em 22:04

        Porq ocê faz içu? ;-;
        Apesar de gostar bastante, quase nunca dá certo shaushaush

    • Davi Paiva

      8 de agosto de 2013 em 17:25

      Eu que sou o autor do conto, Wagner. Mas ainda assim agradeço a leitura.

      • Wagner

        8 de agosto de 2013 em 19:32

        Eu sei que foi você ¬_¬’
        Tô falando do início do post, já que o Jeff escreve daquele jeito.
        E nem li seu texto.

  13. Lucas Rodrigues

    7 de agosto de 2013 em 19:38

    Eu estava certo, o Jeff saiu do minilua, que pena… :'(
    Vou ter que enviar a segunda parte do meu conto pra esse novo e-mail urgente.

    • Nandy Martins

      25 de agosto de 2013 em 12:05

      Não saiu Lucas. O Jeff faz parte da equipe. Jaja ele retoma os posts. xD

    • Garota Infernal

      7 de agosto de 2013 em 22:57

      Jeff não pode ter saído não, não viajem pessoal, o nome dele ainda está na equipe e ele iria fazer um post de despedida, o “homi” não pode nem tirar férias.

    • Matheus S.

      7 de agosto de 2013 em 22:31

      O Jeff não pode ter saido…pois ele ainda não fez o Big Hits Detroit Metal City.

    • [email protected]

      7 de agosto de 2013 em 20:58

      Na verdade fui eu que falei primeiro e senti falta , porque ficava ancioso esperando os Contos , lendo no mesmo minuto que foi postado …
      E fiquei triste quando vi que nao era o Jeff , mas Feliz Pela Iniciativa da Nandy de continuar com o melhor post do ML .

      • Estudante

        7 de agosto de 2013 em 21:36

        Só vou acreditar que ele saiu do minilua quando tirarem o nome dele da equipe como tiraram o da Gerusa,até lá vocês estão errados 😀

      • Lucas Rodrigues

        7 de agosto de 2013 em 21:31

        Ele vai deixar saudades e vai ficar na memória de todos os minilunáticos. Acho que deveria ser assim:
        Nandy continua as séries Contos Minilua e Costumes de uma época.
        Saadeh continua a série Big Hits e Monte a sua matéria.

        • Nandy Martins

          25 de agosto de 2013 em 12:06

          Por enquanto tentarei dar continuidade aos posts. Mas fiquem tranquilos que o Jeffinho voltará sim!

  14. Estudante

    7 de agosto de 2013 em 19:16

    Logo quando eu vi que era um conto achei que tinha sido postado pelo Jeff,mas eu estava enganado .-.

    • Waldenis Angélico (Like a angel)

      8 de agosto de 2013 em 19:44

      Acho que o Jeff saiu do site!!

      • Nandy Martins

        8 de agosto de 2013 em 20:13

        O Jeff só está dando uma pausa galera. Ele voltará ^^ Jajá o Jeff aparece por aqui.

        • Shiemi Chan

          11 de agosto de 2013 em 18:52

          #CAMPANHAVOLTAJEFF ;-;

        • Lucas Rodrigues

          8 de agosto de 2013 em 20:39

          Ele vai voltar, QUE ÓTIMO!!!!!!! XD

      • Lucas Rodrigues

        8 de agosto de 2013 em 20:07

        Espero que isso não seja verdade :O

    • Patrick Moraes (O BOSS)

      8 de agosto de 2013 em 00:06

      Vão postar um conto sobre o estudante.

      Contos Minilua: O pirata do minilua #118

      çoç.

    • Garota Infernal

      7 de agosto de 2013 em 23:07

      Meu coração quase explodiu, tenho saudade dos posts dele, eu ficaria triste se ele fosse embora(para de viajar, garota!).

      • Estudante

        7 de agosto de 2013 em 23:24

        Os melhores posts eram os do Fabrício e do Saadeh…Quando eles postavam o MDS.

    • Ana Carolina

      7 de agosto de 2013 em 19:29

      Eu pensei a mesma coisa!

51 Comentários
Topo