Minilua

Costumes de uma época #38

343: Usar vestidos na igreja: Em nosso país, um dos costumes mais frequentes. Os vestidos então, um mais longo que a outro.

344: Não assistir televisão: E para os pastores, um dos objetos mais demoníacos. Sua utilização, motivo de ira e de apreensão.

345: Queimar um alimento: Sim, e muitos alimentos eram queimados. Do arroz da mãe, a feijoada do pai. Em comum é claro, o desespero de ambos.

346: Doar sangue sem querer: Concordo algo muito tedioso. Se não fossem as torradas. Hummmm!

347: Beber café em velórios: Fala sério, né? Cachaça que não seria. Já imaginou a cena? (risos)

348: Temer as injeções: E vou te dizer, como as nádegas sofriam. Acredite, era cada picada. Uiiiiiiiiiiiii!

349: Zerar em uma prova: Química, física, matemática. Enfim, motivos não faltavam. Pior: matérias também não…

350: Atacar um enxame: Com ou sem abelhas, um ato pouco sensato. Entre os alérgicos, um desmaio na certa.

351: Cultivar um bigode: Um bigodinho básico, sem problemas. Já uma taturana na cara…

352: Sonhar com fantasmas: E há quem goste. Um fantasminha aqui, um poltergeist ali.