Costumes de uma época – As piores lembranças da infância

E sim, a cada semana, você confere os mais diferentes costumes. Com vocês, mais alguns interessantes, veja só:




Costumes de uma época - As piores lembranças da infância

1 - Ouvir a frase “engole o choro”: Pois é, e esta foi, durante anos, uma das frases mais conhecidas. Não menos importante, é claro, uma das mais irritantes, também.

2 - Ser chamado de “filhote” pelos pais: É, e se fosse apenas “filhote” tava bom né? Em outras palavras, “filhote”, “bebê,”anjinho”…

3 - Impedirem você de dormir tarde: É, e hoje, até que nem tanto, viu? Agora, no passado, sim! Todo mundo dormia cedo. Quando muito, no máximo até às 22h00.

4 - Sofrer bullying na escola: E sim, que atire a primeira pedra quem nunca passou por isso, não é mesmo? Os "apelidos", então, os piores possíveis, ou melhor: “magrito”, “zoinho”, “rolha de poço”, enfim. Isso é claro, sem mencionar o pior de todos eles: o lendário “quatro olhos”.

5 - Perder o ônibus da excursão: E claro, uma vez ou duas ainda vai, né? De chegar atrasado, de conseguir entrar. Agora, chegar na escola e perder o ônibus… Não, ninguém merece!

6 - Escrever na lousa sem vontade: “Crianças, vou dar uma saidinha agora, o Felipe vai escrever na lousa, tá bem? -“Mas prof.. -“Nem vem, Felipe, pode começar a escrever" (risos).

7 - Fazer a lição várias vezes: É, e dependendo do castigo, você fazia várias e várias vezes. E o pior: repetindo toda a matéria do ano.

8 - Usar uma roupa que não gosta: E claro, entre elas, uma série de roupas curiosas. Estão lembrados? camisas, camisetas, bermudas… E detalhe, uma mais florida que a outra.

9 - Sonhar com videogame, e receber meias de presente: Pois é, e por mais bizarro que seja, isso realmente acontecia, viu? Em alguns casos, as meias, luvas, cachecóis… Sim, haja paciência!

10 - Ser ameaçado pelos pais: “Molequeeeeeee, ou você estuda, ou vai levar cintada”…”Oh moleque maldito, quer ficar de castigo, seu inútil?” (risos)

11 - Esquecer o uniforme em casa: É, e pensando bem, não apenas o uniforme né? Sabe como é: as canetinhas, cadernos, o estojo…

12 - Ser obrigado a tomar vitamina de abacate: É, e antes que pergunte, não! Nada contra quem gosta. Ainda assim, ninguém merece tomar forçado.

  1. André Silva

    3 de dezembro de 2015 em 02:48

    Adoro vitamina de abacate, só perde pra de banana. Ainda sou chamado de filhote de vez em quando.

  2. Gabriel Frigini

    3 de dezembro de 2015 em 02:35

    bolinhas de sabão =)

  3. Lynn Rock

    2 de dezembro de 2015 em 17:06

    Sofri muito bullying na escola, em quase todos os anos, porque parecia a bety a feia, quando entrei no colegial fiz um makeover e voltei bonita, então o bullying parou e os meninos q me zuavam pediam pra ficar rsrsrsr o mundo gira muito. acho q é a pior lembrança da infância.

  4. Mari

    2 de dezembro de 2015 em 14:45

    Vitamina de abacate não é tão ruim, duro era beber gemada aff

  5. Jeff Dantas

    2 de dezembro de 2015 em 14:37

    “Oh moleque maldito, quer ficar de castigo, seu inútil?” (risos)http://gazetadiurna.com.br/wp-content/uploads/2014/11/headphone.jpg

  6. Wyvern Björk

    2 de dezembro de 2015 em 13:33

    Só li verdades kkk. De todos aí, acredito que o mais incômodo seja o bullying na escola, o pior acontece quando chega a proporções estrondosas. Ainda assim acredito que exista um lado positivo para quem supera esse mal.

    • Jeff Dantas

      2 de dezembro de 2015 em 14:41

      Eu, escrevendo na lousa..hauahahaha http://www.clicrbs.com.br/rbs/image/10600916.jpg

    • Mutley

      2 de dezembro de 2015 em 13:58

      Acho que eu nunca sofri bullyng em grandes proporções , mas por todas as séries que eu passei tinha sempre aquela galera que ficava me zuando no fundo da classe , odiava isso , ficavam cochichando coisas ruins sobre mim , mas parecia que falavam no tom ideal pra mim ouvir , porém era algo mais vedado, acho que isso ocorreu muito mais pelas campanhas de anti-bullyng nessa época , o bullyng do século 21 se tornou em algo mais ”indireto” digamos , não era como nos filmes dos anos 90 que o valentão puxava a cueca daquele cara nerd e juntava uma galera pra rir dele , hoje o bullyng é marginalizado , mas não excluído.

      • Wyvern Björk

        4 de dezembro de 2015 em 14:54

        Já cheguei a sofrer CyberBullying por muito tempo pelo facebook, na verdade eu nem tinha facebook, mas fiquei sabendo disso pelas próprias pessoas que estavam me zoando. Mas não vejo isso como um problema, porque me ajudou muito a formar meu caráter, sem falar que deixei de ser lerdo com as coisas.

      • Mutley

        2 de dezembro de 2015 em 13:59

        *eu ouvir

10 Comentários
mais Posts
Topo