Minilua

As criaturas pré-históricas mais bizarras

Hoje em dia ainda existem muitos animais estranhos, mas em épocas passadas as coisas eram muito mais bizarras do que podemos imaginar:

 

1 – Dinotério

Apesar de parecer apenas um elefante, esse animal tem uma característica muito estranha, se olhar com atenção notará que ele tem duas presas embaixo do queixo. Pesquisadores dizem que elas servem para revirar o chão atrás de alimentos.

 

2 – Therizinosauridaes

Este estranho animal mais parece um monstro. Ele possui um enorme pescoço e garras em forma de foice nas mãos. Apesar da aparência agressiva, acredita-se que ele foi um herbívoro, possuindo até  penas. Esse dinossauro ficou conhecido, pois alguns fosseis encontrados tinham garras com 1 metro de comprimento.

 

3 – Epidexipteryx

Esse “pássaro-dinossauro” é um dos pontos mais importantes da evolução das aves. Devido a época em que viveram, 152 a 168 milhão anos atrás, eles mostram que as penas surgiram vários milhões de anos antes do vôo. O Epidexipteryx tinha apenas 10 cm, sem contar as penas.

 

4 – Epidendrosaurus

O Epidendrosaurus é outro “pássaro-dinossauro” e também teve papel importante na evolução das aves. Ele foi o primeiro a viver em árvores, que foi um dos fatores que contribuíram para que as aves voassem no futuro. Outro fato interessante sobre ele é que um seus dedos era muito comprido, possivelmente para auxiliar a pegar insetos em buracos.

 

5 – Microraptor

Apesar de ter 4 asas e um rabo penado, esse dinossauro não conseguia voar. Acredita-se que ele planava do mesmo modo que os esquilos voadores (vídeo abaixo). Os pesquisadores imaginam que ele seja a ligação entre os dinossauros e os pássaros.

 

6 – Longisquama

Esse dinossauro põe um dúvida na cabeça dos pesquisadores, pois ele era um tipo de lagarto, contudo apresentava penas e isso não se encaixa na cadeia evolutiva dos pássaros. A explicação mais comum é que na verdade essas penas são samambaias (não me pergunte o por que eles pensam assim, vai entender…).

 

7 – Tanystropheus

Esse era bastante estranho. Poderia descreve-lo como uma girafa de pescoço horizontal. Ele tinha 6 metros de comprimento, 3 só de pescoço! Acredita-se que esse pescoço enorme servia para ele comer peixes sem tem que entrar na água.

 

8 – Sharovipteryx

Esse é bem parecido com o Microraptor, pois também possui 4 asas e não voa.

 

9 – Nyctosaurus

Até agora os pesquisadores estão quebrando a cabeça para descobrir por que esse animal voador tinha esses chifres malucos na cabeça. Pesquisas mostraram que em vez de ajudar, eles atrapalhariam o vôo.

 

10 – Pterodaustro

O Pterodaustro talvez seja um parente distante dos flamingos, pois acredita-se que esse dentes, que mais parecem um filtro, eram usados para separar pequenos organismos aquáticos. Sendo um dinossauro voador ele se alimentava do mesmo modo dos flamingos, por isso também devia ter uma cor rosada.

 

11- Dunkleosteus

Esse é assustador, não só pela cara feia, mas por que ele provavelmente tinha umas das mordidas mais fortes que a Terra já viu. Além disso, era enorme, podendo chegar aos 10 metros de comprimento.

 

12 – Stethacanthus

Sabe-se que os tubarões estão presentes nos oceanos há mais de 400 milhões de anos, sem terem mudanças bruscas em sua evolução. Contudo esse animal é a famosa exceção para confirmar a regra. O stethacanthus possui uma barbatana em forma de bigorna nas costa. Imagina-se que ela sirva para defesa, pois era cheia de espinhos, assim como a formação estranha na cabeça.

 

13 – Helicoprion

Devido a essa boca estranha, quando foi descoberto, acharam que ele era um molusco e não um peixe. Depois se descobriu que aquilo era um boca, para lá de estranha.

 

14 – Deinocheirus

Esse dinossauro é uma polêmica do caramba, pois só conseguiram encontrar seus braços, nada de corpo. O esquisito é que esses braços mediam 2,5 metros, ou seja, ele tinham braços enormes para seu tamanho ou ele tinha 12 metros de altura.

 

15 – Fragillimus Amphicoelias

Esse dinossauro, se os cientista estiverem certo em sua suposição, foi o maior animal que já andou sob o sol. Em seu máximo tamanho, poderia ter até 60 metros de comprimentos. Mas isso é apenas suposição, pois apenas um vertebra dele foi encontrada até hoje.