A crítica arte de Sebastian Pytka

Sebastian Pytka é um artista e designer gráfico polonês. Em suas criações, ele não evita chamar a atenção para os problemas importantes do mundo moderno com temas da realidade cotidiana, que afeta a todos nós.

A série de ilustrações carrega um significado oculto e simbolismo profundo em cada imagem, levantando questões importantes como: dependência das redes sociais, trabalho escravo e o atual comportamento da humanidade como um todo.

Facebook

01

Estrela da Morte

02

Sinal

03

Em um relacionamento

04




"Em caso de ataque terrorista quebre o vidro"

05

“Isso é tudo que eu não disse”

07

Gênero

08

Talento x Trabalho

09

Último movimento

10

Fósforos

11

Alimento

12

Divórcio

13




Etiqueta de preço - "10 horas de sua vida"

14

Gostou da matéria? Então não esqueça de dar o seu joinha logo abaixo!

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/Minilua

E se inscreva em nosso canal para acompanhar nossos vídeos semanais clicando na imagem abaixo!

minilua.jpg

  1. The Guy

    15 de dezembro de 2015 em 16:34

    Achei bem fracas…

    • Eduardo Azrael

      16 de dezembro de 2015 em 13:06

      Como dizemos lá no Melhores do Mundo: faz melhor então.

  2. Eduardo Azrael

    14 de dezembro de 2015 em 14:36

    Acho interessante que se preocupam apenas com a crítica que ele faz em seus trabalhos e menos com a arte dele em si… achei muito impressionante o talento desse cara, o realismo que ele coloca nos desenhos!

    Quanto à crítica, acho que nem precisa ser discutida, como dizem uma imagem vale mais do que mil palavras… ou mais do que mil posts, neste caso. Acho que a única que merece uma leve explicação é a última: 10-12 horas é a média que leva para se fazer uma ilustração destas (e na etiqueta ainda está escrito “100% feito à mão”), ou seja, ele está simplesmente mostrando o quanto custa para si mesmo fazer seu trabalho (quisera eu chegar no nível desse cara, levo umas 40 horas para fazer um desenho desses e nem fica tão bom…), enquanto que o lucro que ele ganha não tem preço: o reconhecimento.

  3. Chuck Norris

    13 de dezembro de 2015 em 23:47

    Impressionante,extraordinário…

  4. Ione Vitória

    13 de dezembro de 2015 em 11:36

    Eu não entendi algumas…

  5. Deidara ????

    12 de dezembro de 2015 em 13:20

    Melhor do que o lixo esquerdista do compradinho do Vitor que vocês postaram anteriormente. Alias, só conheci gente chamado Vitor de péssimo caráter, incluindo tio.

  6. Willyam Ricardo

    12 de dezembro de 2015 em 11:58

    Muito boa as criticas , a imagem 11 caiu como uma luva , é desse jeito mesmo hj em dia .
    Principalmente aquelas imagens (q eu odeio ) que tem a imagem de jesus e do diabo e com a legenda “se vc ama ele curti se não só olha ” , isso que eu chamo de mendigação .

  7. Gabriel Frigini

    11 de dezembro de 2015 em 15:11

    forte essa do divórcio, muito talentoso

  8. Lynn Rock

    11 de dezembro de 2015 em 11:20

    muito legal.

  9. andrey hofma

    10 de dezembro de 2015 em 17:32

    Sou leitor do mini lua desde o tempo da internet movida a vapor.

  10. Wyvern Björk

    10 de dezembro de 2015 em 16:59

    Simplesmente amei a arte do Sebastian, tudo tão simples e ao mesmo tempo tão complexo.

11 Comentários
mais Posts
Topo