Minilua

Desabafo de um desabrigado: “Não sou um vagabundo, sou um ser humano”

Muitas vezes nos deparamos com desabrigados, moradores de rua e a primeira coisa que nos vem a cabeça é “se eu der dinheiro ele vai gastar com bebidas ou com drogas” e, em muitos casos é realmente o que acontece. Porém existem pessoas nessa situação que por inúmerios motivos perderam tudo, ou até mesmo já nasceram em uma situação em que não tiveram oportunidades.

Uma equipe estava fazendo uma reportagem sobre a vida dos desabrigados para uma emissora de TV de Chicago. Enquanto procurava, a equipe encontrou Ronald Davis, um morador de rua que, em frente as câmeras, fez um relato emocionante de como era seu dia a dia, que chocou a equipe.

Confira a entrevista da Ronald:

“…a humilhação de ficar todos os dias com um copo pedindo esmolas na esperança de conseguir o suficiente para matar a fome e não dormir de novo na rua. Triste por não poder ir embora como as outras pessoas no fim do dia e por ser chamado de vagabundo por uma situação que não consegue mudar”, disse Ronald.

Não se sabe mais informações sobre Ronald e se, depois de divulgada sua entrevista, ele recebeu algum tipo de ajuda.

 

Adaptado de Sedentario