Deuses e Deusas da bruxaria ao redor do mundo #6

Wicca, como qualquer outra religião, tem mito e folclore em abundância. Durante séculos, os deuses e deusas da bruxaria tiveram seus contos espalhados por seus adoradores. Algumas dessas divindades são benevolentes, outras, nem tanto.




Hécate

hekate

Hécate, talvez acima de todas os outras deusas, é a deusa original e oficial de bruxaria. É conhecida como “a deusa das encruzilhadas”. É também a deusa da noite, da magia, da necromancia, da Lua, e dos fantasmas.

De acordo com as tradições mais comuns, Hécate era originalmente uma divindade Indo-Européia considerada deusa lunar (junta de Deméter e Artemis) e concedia ou retia bênçãos de abundância, vitória e sabedoria, dependendo de como seus adoradores a tratava.

Até o tempo dos trágicos gregos que ela tornou-se associada à bruxaria e à morte. A lenda surgiu dizendo que ela viajou para o submundo, depois de testemunhar o sequestro de Perséfone por Hades, onde se tornou companheira dos dois. Depois disso, ela começou a ser “considerada como um ser espectral, que de noite envia do mundo inferior todos os tipos de demônios e fantasmas terríveis, que ensinam feitiçaria e bruxaria. Ela própria também perambula com as almas dos mortos, e sua abordagem é anunciada pelo choramingar e uivos de cães”.

Hécate era geralmente representada em pinturas de vasos gregos como uma mulher segurando uma tocha em cada mão. Às vezes, ela estava vestida com saia e botas de caça na altura do joelho, muito parecida com Artemis. Outras vezes, Hécate era muitas vezes retratada em forma tríplice como uma deusa da encruzilhada.

220px-Hécate_-_Mallarmé

É de se admirar que, ainda hoje, Hécate é considerada a deusa indiscutível de bruxaria?

  1. Raphael Berkan

    13 de fevereiro de 2015 em 11:16

    Eu acompanho essa matéria faz um tempo já e quando chega a melhor parte vocês esculacham legal a história da Deusa Hécate!
    Esqueceram de dizer que o tipo de encruzilhada que é símbolo de Hécate é a encruzilhada tripla e pra piorar a situação escrevem demônios, como se na bruxaria acreditasse em demônios !!
    Se querem criar uma matéria que fale sobre bruxaria mostre os verdadeiros fatos e não a visão deturpada que filmes e crentelhos tem sobre o culto aos antigos !!

    [img]http://pbs.twimg.com/media/BIfT8KMCEAAJfFj.jpg:large[/img]

  2. Greengineer

    13 de fevereiro de 2015 em 10:00

    Mesmo com tantos deuses e deusas somos obrigado a sobreviver ao inferno do funk…

  3. Oseas da Silva Filho

    13 de fevereiro de 2015 em 02:39

    Tem uma Deusa bem interessante, seu nome é Bíscate, ela adora um bacanal!

  4. Blue

    13 de fevereiro de 2015 em 00:43

    Ideia pra próxima série: deuses gregos, depois nórdicos, egípcios, celtas, astecas, etc, descrições de deuses e deusas de várias religiões antigas, com informações, lendas, aparência, coisas do tipo, existem muitos deuses interessantes em várias religiões antigas, poderiam fazer um post para cada divindade.

  5. Gabriel Frigini

    12 de fevereiro de 2015 em 23:03

    me benzendo

  6. TKD kyosanim

    12 de fevereiro de 2015 em 21:32

    [img]http://www.itamardeogum.com.br/portal/img.content/estaticos/estatico35.jpg[/img]
    **
    Encruzilhada, eh o ponto de encontro com a entidade maligna …
    Perigoso , muito perigoso …
    =/
    Avoid at all costs !

    • Garota Infernal

      12 de fevereiro de 2015 em 21:55

      Uma vez eu passei por uma encruzilhada e vi um carro passando. Foi a experiencia mais sinistra de toda a minha vida.

    • Abominável Palhaço Triste

      12 de fevereiro de 2015 em 21:52

      Uma vez, eu estava em meu passeio matinal, quando, de repente, me deparei com uma encruzilhada, uma cruz vermelha, e uma estaca. Na hora, eu ignorei, atravessei a encruzilhada e fui para minha casa, não imaginam o que aconteceu depois… Nada.

    • Kuwabara

      12 de fevereiro de 2015 em 21:40

      Uma vez eu estava voltando da escola para casa e passei por um encontro de estradas e no meio dela tinha uma galinha preta morta e uma vassoura…

      • TKD kyosanim

        12 de fevereiro de 2015 em 21:53

        [img]http://www.anda.jor.br/wp-content/uploads/2013/05/animal-sacrificado.jpg[/img]
        **
        O sacrificio dos animais, tais como cortar a garganta do animal com um punhal, para oferecer o sangue, dentre outros objetos incluidos no feitico
        As oferendas sao entregues para a “entidade”, especificamente na encruzilhada (ponto de encontro), em troca de favores “obscuros” como algo que vc deseje “malignamente”…
        Eh muito perigoso, se envolver com estes tipos de espiritos malignos.
        =/

    • chapolim do mal

      12 de fevereiro de 2015 em 21:37

      Uma vez eu tava viajando e tinha um encontro de estradas e tinha uma cruz bem no meio, foi muito sinistro.

      • Kuzan

        13 de fevereiro de 2015 em 14:06

        Colocam isso as vezes quando acontece algum acidente e alguém morre. Eu sei disso porque meu vô tava viajando com a família para visitar uns parentes e bateu o carro e minha tia morreu, mas isso foi bem antes de eu nascer e ela era bem nova ainda, onde aconteceu o acidente hoje tem uma cruz.

      • Jeff Dantas

        12 de fevereiro de 2015 em 22:44

        Nossa, e onde foi isso?

  7. chapolim do mal

    12 de fevereiro de 2015 em 21:31

    Já que é a deusa final do wiccanismo, esse é o fim desse post?
    Wiccanismo, quanta diversidade ainda mais aliada ao grego antigo que era a mitologia mais fantástica que eu conheço, é tudo tão elaborado que a gente chega até a pensar que realmente aconteceu.

    • Raphael Berkan

      13 de fevereiro de 2015 em 11:18

      Ainda tem muitas deusas !! Hécate pode ser uma das principais mas mesmo assim há muitas !!
      Tem a Morrigan, Ran, Tiamat, Isís, bastet, shekmet, e muitos outros !!!

    • Blue

      13 de fevereiro de 2015 em 00:34

      A Grécia antiga foi incrível, o povo grego valorizava muito a arte e o conhecimento, a cultura deles era muito rica, glória Atena, eterna deusa de todo o conhecimento.

    • Abominável Palhaço Triste

      12 de fevereiro de 2015 em 21:56

      Quem me dera ter vivido na Grécia antiga, mas, infelizmente, eu estava muito ocupado, embrenhado na Amazônia, durante a segunda guerra de Jai.

17 Comentários
mais Posts
Topo