Dick e Rick: Pai, um exemplo de amor (vídeo)

Hoje, como dia dos pais, resolvemos homenagear aqueles a quem realmente este nome faz jus. Homens que, com carinho e afeto sabem nos guiar, nos dar conselhos, como se da nossa idade fossem, por vezes aquele amigo a quem, com segurança, podemos confiar.

Circula pela internet há algum tempo a história de Dick Hoyt e seu filho mais velho, Rick, um exemplo de superação, de amor de pai. 

Rick nasceu sem poder falar ou controlar os movimentos, mas mesmo contrariando os médicos, os pais decidiram em vez de interná-lo, levá-lo para casa e tratá-lo como uma criança normal, na medida do possível. 

Graças a um programa de computador, Rick conversa com as pessoas. E foi sua a ideia de começar a correr com o pai, ele em sua cadeira de rodas, para ajudar um amigo da escola que havia ficado paralítico. Foi organizada então uma corrida e Rick, para mostrar ao seu amigo que vida continua, decidiu participar.

De acordo com Dick, ao término da corrida Rick tinha em seu rosto o maior sorriso que ele já tinha visto. "No momento da corrida me senti como um pássaro, livre. Era como se toda minha deficiência tivesse desaparecido", disse Rick a seu pai.

Com o tempo, Dick e Rick decidiram participar da  Ironman Triathlon, uma competição em que o atleta precisa saber nadar, pedalar e correr muito… E conseguiram.

Dick aprendeu a nadar, reaprendeu a andar de bicicleta para poder participar, junto ao seu filho da competição.

Este vídeo, muitos já conhecem, acredito que a grande maioria, mas ele exprime em toda a sua essência o significado da palavra PAI, superando obstáculos para ver o sorriso, a alegria do filho.

À todos os pais, a equipe do Minilua deseja um feliz dia dos pais, com muitas alegrias e com todo amor do mundo.

  1. FeniX

    6 de outubro de 2011 em 01:17

    Realmente a história do pai e seu filho foi comovente…
    Mas no meu caso,eu odeio meu pai,quero que ele morra da pior forma possível por ter abandonado a mim e minha mãe quando eu nem sequer tinha nascido =)

  2. RaphaeL

    19 de agosto de 2010 em 22:16

    eu nunca brinquei com o meu pai,desde q eu me entendo por gente so somos eu e minha mae

  3. Bruno ......

    8 de agosto de 2010 em 20:21

    Legal, emocionante…

  4. BRUNO LIMA

    8 de agosto de 2010 em 18:31

    O CARA AMA MESMO O FILHO!! =)

  5. Lenon Cristian

    8 de agosto de 2010 em 12:32

    Nossa, muito bom, esse pai eh um verdadeiro guerreiro, nao tinha visto esse video ainda,
    obrigado Gerusa, ótima matéria!!

    • Gerusa Luiz

      8 de agosto de 2010 em 18:35

      Obrigada Lenon,
      Adoro esse vídeo, é comovente!

6 Comentários
mais Posts
Topo