Minilua

As diferentes tribos urbanas #29

1- Headbangers: No Brasil, um dos grupos mais populares. Em sua base de influência, as bandas Black Sabbath, Deep Purple, Metallica e Iron Maiden.

Principais características: cabelos longos, casacos de couro e patches de bandas.

2- Glam Rockers: Entre os fãs, diferentes combinações. Do blush e delineador, passando pelos brincos e calças justas.

Principais bandas: Poison, Sweet, Slade e T.Rex.

3- Punks: Revolucionários, eles se fazem presentes em diferentes países. Na Inglaterra, por exemplo, a sua maior disseminação, em especial, perante os fãs dos grupos Sex Pistols, The Clash e UK Subs.

 4- Góticos: No mundo todo, uma das subculturas mais respeitadas. Marcada, aliás, por suas referências artísticas e literárias.

Objetos utilizados: coturnos, anks e sobretudos. Não menos importante, a maquiagem temática, focada, pois, na dramaticidade do teatro e do cinema.

Bandas apreciadas: Entre as mais difundidas, Xmal Deutschland, Siouxsie and the Banshees, Sisters of Mercy, Clan of Xymox e Bauhaus.

 5- Clubbers: Adeptos da música eletrônica e das peças coloridas. Inovadores por definição, acabam por se reunir em casas noturnas e raves temáticas.

Principais influências: House, Tri-Hop, Trance e Techno.

Objetos utilizados: anéis, pulseiras e colares.

6- Psychobillies: Autênticos, eles cultuam o punk e o rockabilly. Entre os adeptos, os tradicionais topetes e as costeletas.

7-Mods: Nos pubs londrinos, a sua massificação total. Nestes, o encontro de seus membros, portando, claro, as inequívocas scooters.

8- Preppies: Nos Estados Unidos, os chamados “mauricinhos” de plantão. Com eles, as camisas e os ternos sociais.