Divórcios mais caros da história #2

Você já se perguntou quais são os divórcios mais caros da história? Nós sabemos. Em filmes de Hollywood geralmente tudo tem um final feliz, onde o mocinho salva o mundo, beija a garota, e eles vão viver felizes para sempre. No entanto, na vida real os casamentos de muitas celebridades, magnatas dos negócios, e pessoas glamourosas não são tão felizes e ideais como nos filmes (e geralmente, as conseqüências não são baratas).
Confira:




Samathur Li Kin-kan e Florença Tsang-Chiu-wing (US$ 157 MILHÕES)

5hongkong

Samathur Li Kin-kan é um magnata imobiliário e um dos bilionários mais famosos e poderosos de Hong Kong. Ele tornou-se ainda mais famoso quando ele se divorciou de sua esposa porque ela se recusou a fazer um aborto. O valor foi e continua a ser o maior da história asiática.




Boris Berezovsky e Galina Besharova (US$ 160 milhões)

Boris Berezovsky--and-Galina-Besharova

Boris Berezovsky começou sua carreira como professor ganhando apenas US$ 70 por mês na ex-União Soviética, porém mais tarde se tornou um dos mais poderosos empresários da Rússia. Casou-se com Galina Besharova em 1991, mas o casal se divorciou em 2010.




Michael e Juanita Jordan (US$ 168 milhões)

Michael Jordan e Juanita JordanEstamos acostumados a ver Michael Jordan como uma lenda vencedora nas quadras de basquete, mas fora dela não foi o caso, embora a decisão de dividir os bens ser mútua. Juanita recebeu US$ 168 milhões no divórcio, junto com a custódia de seus três filhos e suas sete mansões em Chicago.




Michael e Maya Polsky (US$ 184 MILHÕES)

Michael-e-Maya-Polsky

Quando Michael e Maya Polsky mudaram para os EUA em 1976, eles tinham apenas US$ 500 no bolso, mas seus corações estavam cheios de amor e esperança. Depois de trinta e um anos de casamento, Maya se divorciou de Michael, o fundador da Invenergy LLC, e saiu do tribunal com US$ 184 milhões.




Charles Fipke e Marlene Fipke (US$ 200 milhões)

Charles Edgar Fipke e Marlene Fipke

Charles Fipke pode ter sido o primeiro homem a descobrir diamantes em Territórios do Noroeste do Canadá, mas sua ex-esposa, Marlene Fipke, não estava tão impressionada com ele. Depois que ela pediu o divórcio Marlene recebeu cerca de 20 por cento da companhia de Charles, US$ 123 milhões em dinheiro, e algumas outras coisas que totalizaram cerca de US$ 200 milhões.




Roman Abramovich e Irina (US$ 300 milhões)

De Roman Abramovich e Irina Abramovich

Irina Malandina pediu o divórcio do magnata russo Roman Abramovich sob especulações não tão absurdas de que ele estava tendo um caso. Malandina foi atrás da fortuna de Abramovich, cerca de US$ 6 bilhões, mas ela deixou as cortes com cerca de US$ 300 milhões.




Robert Johnson e Sheila Crump (US$ 400 milhões)

Robert Johnson e Sheila Crump

Os referidos co-fundadores da BET foram casados ​​de 1969 a 2002. Robert se tornou o primeiro bilionário Africano, por isso, quando o casal se divorciou, Sheila recebeu cerca de US$ 400 milhões.

  1. chapolim do mal

    15 de setembro de 2015 em 18:55

    São tantos homens na lista que dão o dinheiro e mulheres que recebem que faz pensar que elas são grandes interesseiras.

  2. Sr.Leafeon

    15 de setembro de 2015 em 16:52

    Se a Gretchen pagasse o tanto que eles pagam para se divorciar dos maridos que ela teve (e olha que ela teve mais maridos do que tem em dedos nas mãos) com certeza ela teria falido.

2 Comentários
mais Posts
Topo