Minilua

O efeito das músicas chicletes no seu cérebro

Certamente você já se perguntou o porquê de algumas músicas ficarem “coladas” na sua cabeça, fazendo você quase enlouquecer e não conseguir esquecer a tal letra de jeito nenhum. As horas passam e aquele som irritante fica ecoando na cabeça: “bara bara bere bere”, “tche tche rere”, “eu quero tchu, eu quero tchá”, “ah lelek lek lek lek” e por aí vai.

Enfim, estas músicas invadem nossos ouvidos, atacam o cérebro como um verme e de lá só saem quando bem entendem, por isso, este fenômeno foi apelidado como “earworm”, ou verme no ouvido.

Isso acontece pelo fato de o cérebro possuir um mau gosto musical, pois registra com maior facilidade as memórias a partir de um esquema de associação, ou seja, se você estiver andando na rua e passar em frente a uma loja onde esteja tocando “você, você, você quer?”, por exemplo, não adianta tapar os ouvidos e fazer de conta que não escutou, o seu córtex auditivo já captou a mensagem e gravou. Então, dali a algumas horas, o antes ignorado som toca estridentemente na sua cabeça, porque o cérebro precisa ocupar espaço e sendo assim, repete o que ouviu recentemente, formando uma espécie de looping cerebral. Até mesmo o fato de ler algum nome parecido com essas músicas grudentas pode facilitar o processo, também por associação.

O homem existe há quase duzentos mil anos atrás e o método da escrita foi desenvolvido há cerca de cinco mil anos, sendo assim, a expressão musical foi utilizada por muito tempo como meio de comunicação e memorização, assim, o cérebro reage muito bem às associações.

As músicas com estrutura mais simplória, com várias repetições tem maior chance de desencadear o earworm, pois são formadas por frases de fácil captação cerebral.

Agora, se você quiser se livrar desse efeito, basta entreter seu cérebro com outra atividade, como escutar outras músicas, ler um livro ou até mesmo, escrever frases aleatórias e fazer palavras cruzadas.

Qual a música que lhe causou o tal verme no ouvido? E o que você fez pra acabar com isso?